conecte-se conosco


Mato Grosso

Portal Transparência registra mais de 1,1 milhão de acessos em 2019

Publicado

O Portal Transparência do Governo de Mato Grosso obteve 1.162.302 de acessos em 2019. O quantitativo é 20,3% superior ao número de acessos do ano anterior, quando a página somou 965.732 visualizações.

Os dados foram gerados pela Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) e pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), responsável pela gestão de conteúdo e pelo suporte técnico da página, respectivamente.

As visualizações do Portal Transparência em 2019 foram feitas por 216.339 usuários. Os assuntos mais procurados foram lotação e remuneração dos servidores estaduais, despesas e contratos administrativos.  

Do total de visualizações, 98% foram originárias do Brasil e o restante de usuários dos seguintes países: Estados Unidos, Portugal, Alemanha, Inglaterra, Bolívia, Argentina, Moçambique, Espanha, Índia, Canadá, Japão e Paraguai.

Das 98% visualizações originárias do Brasil, 63,32% foram de usuários de Mato Grosso e as demais de outros estados. As unidades da federação que mais originaram acessos foram: Distrito Federal, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Paraná, que, juntas, somaram 24,91% das visualizações.

Segundo o secretário-adjunto de Ouvidoria Geral e Transparência da CGE-MT, Vilson Nery, algumas reformulações na interface e o esforço para manter as informações atualizadas na página foram alguns dos motivos para o crescimento no número de acessos ao portal.

“Mas ainda temos muito a melhorar, tanto na forma de apresentação do conteúdo quanto na transformação da transparência passiva em ativa, ou seja, na disponibilização no Portal Transparência de informações reiteradamente solicitadas pelo cidadão, para possibilitar que a população fiscalize, de forma simples e rápida, como os recursos públicos estão sendo aplicados pelo Poder Executivo Estadual”, observa o adjunto.

Mira Cidadão

Já o Mira Cidadão, outra ferramenta de transparência do Poder Executivo Estadual, obteve 20.483 visualizações em 2019. Os assuntos mais acessados foram remuneração dos servidores estaduais e repasses de recursos aos poderes constituídos.

Desenvolvido pela CGE, o Mira Cidadão capta em tempo real as informações acerca das despesas do Poder Executivo registradas no Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças (Fiplan) do Estado e as disponibiliza em linguagem de fácil compreensão e com uma configuração clara e intuitiva.

Com apenas 1 (um) clique ou com busca de conteúdo semelhante ao formato do Google, o cidadão pode fazer análises comparativas das despesas por ano, mês, secretaria, ação estratégica, fornecedores e destinação dos recursos. A ferramenta é atualizada diariamente para que todo cidadão possa fiscalizar cada centavo aplicado pelo Estado em despesas de custeio, investimento, pessoal, dívida pública etc.

Coordenação

Em 2019, a CGE-MT passou a coordenar também a transparência ativa das informações públicas estaduais, que é a divulgação de informações de interesse geral, na Internet e em outros meios, independentemente de terem sido solicitadas. Na prática, a CGE passou a fazer a gestão não somente do Mira Cidadão mas também do Portal da Transparência do Estado, atividade que era de competência do extinto Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC).

“Mas precisamos considerar que a transparência não é responsabilidade somente da CGE, mas de cada secretaria e entidade do Poder Executivo”, ressalta adjunto da CGE-MT.

Isso porque, apesar da coordenação das atividades de transparência serem de competência da Controladoria, os órgãos estaduais devem fornecer as respectivas informações de forma clara, objetiva, em linguagem de fácil compreensão, conforme determina o Decreto nº 1.973/2013, que regulamentou a Lei de Acesso à Informação no Estado.

No caso da transparência ativa, os órgãos devem encaminhar à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) as informações gerais de interesse coletivo, produzidas ou custodiadas pelo Estado. Posteriormente, cabe à Seplag estruturar os conteúdos e enviá-los à CGE para publicação no Portal Transparência.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo convoca candidatos classificados no processo seletivo de quatro hospitais regionais

Publicado

por

A Secretaria estadual de Saúde (SES-MT) divulgou no Diário Oficial do Estado que circulou nesta sexta-feira (28.02), os resultados dos processos seletivos simplificados para o preenchimento de vagas em quatro hospitais regionais.

Para o Hospital Regional de Alta Floresta, foram convocados oito candidatos classificados às vagas de enfermeiro, maqueiro e técnico de enfermagem. Para o Hospital Regional de Rondonópolis, são 14 candidatos classificados às vagas de técnico de enfermagem, maqueiro, enfermeiro, técnico de segurança do trabalho, fisioterapeuta, auxiliar de farmácia e técnico de radiologia.

Já para trabalhar no Hospital Regional de Sinop, foram classificados 34 candidatos que vão atuar nas áreas de: contador, assistente social, enfermeiro, maqueiro e médico. O Hospital Regional de Cáceres também foi contemplado com a convocação de quatro candidatos classificados e que irão trabalhar nas áreas de enfermagem e de técnico em radiologia.

Os candidatos classificados devem se apresentar nos dias uteis entre 28 de fevereiro e 05 de março de 2020 no setor Recursos Humanos das respectivas unidades de saúde, com documentos pessoais citados no edital.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Setasc participa de mais uma edição do Ribeirinho Cidadão

Publicado

por

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) participa de mais uma edição do Projeto Ribeirinho Cidadão. A iniciativa é organizada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e pela Defensoria Pública, e tem como objetivo levar serviços essenciais de assistência, cidadania e de justiça à população mais carente. O lançamento do projeto foi realizado na manhã dessa sexta-feira (28.02), no município de Santo Antônio de Leverger, a 34 km de Cuiabá.

A secretária Rosamaria Carvalho destacou os trabalhos executados pela Pasta na edição passada. Foram realizados quase 20 mil atendimentos nas duas etapas do Ribeirinho Cidadão em 2019 como a confecção da segunda via de documentos pessoais, plastificação e registro de fotos 3×4. “Em projetos como esse conseguimos viabilizar a cidadania para a população mais carente, que tem dificuldades de obter informações e acesso aos serviços básicos”.  

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, que na ocasião representava o governador Mauro Mendes, pontuou a participação do Estado nas ações de cidadania. “O projeto leva dignidade para as pessoas e é resultado da parceria e empenho de todos os envolvidos”. O presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha falou do desafio em iniciar o projeto que já está em sua 13ª edição.  “Sabemos da importância para a sociedade, não somente para o lado da assistência, com ações de cidadania, como para o lado social, do entretenimento”, pontuou.

O Ribeirinho Cidadão terá início com a etapa fluvial, entre os dias 28 de fevereiro e 8 de março e etapa terrestre de 12 a 22 de março. Nesta edição, com apoio de mais de 50 parceiros, serão atendidas 52 comunidades dos municípios de Santo Antônio de Leverger, Barão de Melgaço e Poconé, que fazem parte do Pantanal mato-grossense. Será levada uma série de serviços à população ribeirinha que incluem, por exemplo, além de encaminhamentos jurídicos e de infância, ações de cidadania, meio ambiente, educação e saúde.  Nos 12 anos de Ribeirinho foram registrados mais de 41 mil atendimentos.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana