conecte-se conosco


Nacional

Policial é baleado em assalto e testemunhas lincham suspeito

Publicado


source
Sirene viatura
Creative Commons

Assaltantes tentaram roubar moto de tenente do Rocam.

Um tenente da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) foi baleado depois que tentou reagir a uma tentativa de assalto em Manaus na noite da última quinta-feira (30).  Testemunhas conseguiram deter um dos suspeitos e lincharam o rapaz.

De acordo com a polícia, os suspeitos tentaram roubar a moto do oficial, que não estava em serviço. A corporação diz ainda que um carro estava ajudando os assaltantes durante o crime. O oficial, que foi atingido na região do abdômen, está internado e não corre risco de vida.

Testemunhas que presenciaram a ação conseguiram deter um dos suspeitos e agrediram o rapaz até que a polícia chegasse no local. Ele foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro assaltante fugiu do local. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Comentários Facebook

Nacional

Moro recebe mais ataques de bolsonaristas do que da esquerda

Publicado

por


source
Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro
Agência Brasil

Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro é alvo de críticas nas redes sociais desde a época em que foi juiz da Lava Jato. A diferença, agora, é que desde que  deixou o governo de Bolsonaro a maior parte dos ataques virtuais parte de apoiadores do presidente e não de militantes ou simpatizantes de esquerda.

É o que mostra um levantamento feito 29 de junho e 29 de julho pelo especialista em monitoramento de redes sociais Pedro Barciela. Segundo ele, o maior volume de ataques contra Moro parte de bolsonaristas.

Dos ataques, 45,79% vieram de contas identificadas como bolsonaristas e 33,45% de perfis ditos como de esquerda ou progressista. Outros 18% das críticas a Moro vem do que Barciela caracteriza como lavajatista – antipetistas, políticos que já se conectaram a Bolsonaro e setores da imprensa tradicional.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Seguranças do metrô de São Paulo usarão câmeras no uniforme

Publicado

por


source
câmeras
Eduarda Esteves/iG

Modelo que será utilizado por seguranças do metrô é semelhante às câmeras adquiridas pela Polícia Militar

O governador João Doria anunciou, nesta sexta-feira (31), o uso de câmeras portáteis pelos profissionais que atuam na segurança do metrô de São Paulo, que serão utilizadas a partir de segunda-feira. O Estado, que investiu cerca de R$ 400 mil em 350 câmeras portáteis, afirma que a medida busca garantir transparência à atuação dos seguranças. 

No início do mês, o estado também anunciou a inserção da medida no cotidiano da Polícia Militar de São Paulo. De acordo com o secretário de transportes metropolitanos , Alexandre Baldy, “o metrô já fez a aquisição de 350 câmeras, que serão usadas exclusivamente para que melhoras significativa do serviço”. Ainda segundo o secretário, até o dia 30 de outubro a expectativa é de que 1,2 mil profissionais utilizem a câmera acoplada.

As câmeras serão enviadas para as bases de segurança, onde os agentes devem ser instruídos sobre a forma correta de uso. Em agosto serão enviadas para oito bases das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata; em setembro para outras oito bases das linhas 1, 2 e 3; e em outubro para as duas últimas bases da linha 1-Azul.

O modelo das câmeras corporais é o mesmo que será utilizado pela Polícia Militar a partir de agosto. De acordo com o governo do estado, a tecnologia deve auxiliar na proteção dos profissionais de segurança, além de conter excessos no exercício da função. Outro argumento para defesa dos aparelhos é a facilidade na coleta de provas.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana