conecte-se conosco


Mato Grosso

Policial de Mato Grosso salva mulher que se jogou de ponte em MS

Publicado

No final da tarde deste sábado (09.02), enquanto compartilhava momentos de lazer com amigos à margem do Rio Taquari, em Coxim, Mato Grosso do Sul, o soldado da Polícia Militar mato-grossense Ricardo Silva de Oliveira não pensou que teria de entrar em ação para salvar uma vida.


Lotado na Companhia de Polícia Militar Ambiental de Rondonópolis, unidade do Batalhão Especializado Ambiental, Ricardo, 26 anos, acostumado à rotina de fiscalização da pesca e resgate de animais silvestres, foi surpreendido pela cena de uma mulher se atirando da ponte do mesmo rio.

No ato seguinte, lá estava ele em um barco de amigos para alcançar a vítima e retirá-la da água. Ricardo conta que entrou no rio, mergulhou, mas a mulher submergiu por duas vezes antes que ele conseguisse segurá-la e mantê-la com a cabeça fora da água. “Cheguei a pensar que ela já estava morta”, relata.

Ainda dentro do barco o soldado começou a fazer massagem cardíaca até que a vítima recobrasse a consciência e começasse a eliminar a água que havia engolido. O salvamento também contou com a ajuda dos amigos Leandro Farias e Paulo Sérgio.

Logo depois, conta o policial, chegou uma equipe o Corpo de Bombeiros que a levou para o Hospital Álvaro Fontoura. Na manhã deste domingo (10.02), Ricardo recebeu a notícia de que a mulher está bem, recebeu alta hospitalar e encontra-se sob os cuidados de familiares.

Leia mais:  Carreta roubada em Castanheira é recuperada em Brasnorte

O caso

De acordo com o soldado Ricardo, a vítima é uma mulher de pouco mais de 30 anos. Ela teria saído do bairro Senhor Divido em um mototáxi e teria como destino o bairro Piracema. Quando solicitou a corrida pediu ao piloto que a levasse até o Piracema, mas antes, quando passavam sobre a ponte do Rio Taquari, pediu para fazer uma parada. Logo depois de descer a motocicleta entregou o capacete ao piloto e se jogou no rio.     

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Autoescolas deverão cumprir índice de aprovação de 60% para manter credenciamento

Publicado

por

Os Centros de Formação de Condutores (CFCs) deverão cumprir índice de 60% de aprovação de seus candidatos à obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para renovarem o credenciamento junto ao Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT).  É o que determina a Portaria n° 223/2019, publicada este mês pela autarquia.


Segundo a determinação, o controle e a avaliação das atividades e resultados dos alunos dos Centros de Formação de Condutores serão feitos mensalmente pelo Detran-MT. Quando os percentuais de aprovação não atingirem o índice mínimo exigido, os CFCs deverão apresentar Plano Pedagógico para a melhoria no processo de ensino e aprendizagem.

A aplicabilidade do plano e mudanças devem ser apresentadas em até três meses e se persistindo o índice inferior ao mínimo de 60% os instrutores e diretores dos CFCs deverão participar de cursos de capacitação promovidos pela autarquia. Os CFCs terão a renovação do cadastro negada caso, ao fim de 12 meses, persista o índice de aprovação dos candidatos inferior ao determinado.

Os índices se referem à exames teóricos e práticos de direção veicular em qualquer processo para obtenção da permissão para dirigir; obtenção, atualização e renovação, adição e mudança de categoria; reciclagem de condutores infratores e reabilitação da CNH aplicados para as categorias A, B e AB.

Segundo o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro Alencar, o órgão já registra cerca de 200 notificações, de um total de 300 CFCs credenciados no Estado. Ao todo, 90% dos CFCs apresentaram índices de aprovação abaixo do mínimo. Em um dos casos, após avaliações feitas nos primeiros meses deste ano, um dos credenciados apresentou índice de 7% de aprovação dos candidatos.

Leia mais:  PM prende jovem com droga e R$ 14,6 mil em dinheiro

“Já começaremos a exigir a apresentação dos planos pedagógicos aos CFCs nessa situação e, permanecendo os baixos índices em setembro deste ano o Detran-MT começará a utilizar o índice abaixo dos 60% para fins de descredenciamento”, conta ele, lembrado que a exigência segue Resolução 358 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Barreira da PM impede fuga de suspeitos de arrastão em bar

Publicado

por

A Polícia Militar de Várzea Grande prendeu seis pessoas na madrugada deste sábado (20.04), cinco delas suspeitas de fazer um arrastão em um bar na Cohab Cristo Rei. Foram apreendidas duas armas de fogo e um veículo.


Os suspeitos A.C.M.C. (20), O.J.C. (42), A.A.A. (22), A.N.N.F. (21) e L.G.S. (24) foram presos em uma barreira policial da PM na Rodovia Mário Andreazza.

O grupo conduzia um carro Fiat Uno em alta velocidade, tentando fugir do cerco policial, um deles de dentro do veículo efetuou disparou contra a guarnição, mas acabaram sendo presos.

No interior do carro, os policiais encontraram jóias, celulares e carteiras. Em diligência à residência do suspeito A.A.A., no bairro Jequitibá, a polícia se deparou com G.F.M.S. (25) em posse de uma espingarda calibre 32 com seis munições.

Já na casa do suspeito L.G.S. (24) foi apreendida uma porção grande de maconha, um revólver calibre 38 e outros materiais utilizados para a comercialização de entorpecentes, como ácido bórico, acetona e uma balança de precisão.

Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia. Cinco dos seis suspeitos presos, foram reconhecidos pelas vítimas do roubo ao bar localizado na Cohab Cristo Rei.

Os objetos apreendidos  no veículo foram também foram devolvidos às vítimas do roubo.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Cedca capacita conselheiros municipais de Mato Grosso
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana