conecte-se conosco


Mato Grosso

Policial de Mato Grosso salva mulher que se jogou de ponte em MS

Publicado

No final da tarde deste sábado (09.02), enquanto compartilhava momentos de lazer com amigos à margem do Rio Taquari, em Coxim, Mato Grosso do Sul, o soldado da Polícia Militar mato-grossense Ricardo Silva de Oliveira não pensou que teria de entrar em ação para salvar uma vida.

Lotado na Companhia de Polícia Militar Ambiental de Rondonópolis, unidade do Batalhão Especializado Ambiental, Ricardo, 26 anos, acostumado à rotina de fiscalização da pesca e resgate de animais silvestres, foi surpreendido pela cena de uma mulher se atirando da ponte do mesmo rio.

No ato seguinte, lá estava ele em um barco de amigos para alcançar a vítima e retirá-la da água. Ricardo conta que entrou no rio, mergulhou, mas a mulher submergiu por duas vezes antes que ele conseguisse segurá-la e mantê-la com a cabeça fora da água. “Cheguei a pensar que ela já estava morta”, relata.

Ainda dentro do barco o soldado começou a fazer massagem cardíaca até que a vítima recobrasse a consciência e começasse a eliminar a água que havia engolido. O salvamento também contou com a ajuda dos amigos Leandro Farias e Paulo Sérgio.

Logo depois, conta o policial, chegou uma equipe o Corpo de Bombeiros que a levou para o Hospital Álvaro Fontoura. Na manhã deste domingo (10.02), Ricardo recebeu a notícia de que a mulher está bem, recebeu alta hospitalar e encontra-se sob os cuidados de familiares.

Leia mais:  Governador cobra providências para retomada de duplicação da BR 163

O caso


De acordo com o soldado Ricardo, a vítima é uma mulher de pouco mais de 30 anos. Ela teria saído do bairro Senhor Divido em um mototáxi e teria como destino o bairro Piracema. Quando solicitou a corrida pediu ao piloto que a levasse até o Piracema, mas antes, quando passavam sobre a ponte do Rio Taquari, pediu para fazer uma parada. Logo depois de descer a motocicleta entregou o capacete ao piloto e se jogou no rio.     

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Alunos demonstram potencial em Olímpiada Nacional de Ciências

Publicado

por

A Escola Estadual 12 de Abril, localizada no município de Tabaporã (a 643 quilômetros ao médio-norte de Cuiabá), realizou a 1ª etapa da Olímpiada Nacional de Ciências (ONC) para 36 alunos do ensino médio. Os estudantes responderam a 15 questões objetivas de física, química, biologia e astronomia. A prova ocorreu na sexta-feira (16.08), nas dependências da escola.

A estudante Hilary Maria relata que teve uma experiência positiva nessa primeira fase da ONC e agora está na expectativa de realizar a segunda etapa. “Foi uma experiência incrível porque proporcionou várias oportunidades. Se eu for para a próxima etapa, que é a estadual, ficaria muito feliz”, frisa.

Para a aluna Maria Luiza, passar da segunda para a terceira fase nacional será uma grande conquista, pois os vencedores ganharão, não só medalhas ou bolsa de estudo, mas grande visibilidade. “É uma oportunidade de crescermos no conhecimento em ciências”, ressalta.

Segundo a professora de física Ângela Gargioni, responsável pela organização da ONC na escola, os alunos classificados para a segunda fase deverão ser avaliados com questões subjetivas e experiências dos estudantes.  O resultado dos aprovados para a segunda fase será divulgado no dia 30 de agosto, mas a expectativa é que todos participem.

“Na segunda etapa, os alunos apresentam um trabalho prático, poderão demonstrar o potencial que identificamos dentro da ONC e que tenham perfil na área de ciências. Foi uma surpresa positiva nessa primeira participação dos nossos alunos porque estudamos de forma intensiva. Como professora de física, me sinto lisonjeada pelo empenho de nossos alunos”, comemora.

Leia mais:  Empresários são conduzidos à delegacia por fabricação ilegal de reboques

ONC

A ONC é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e constitui um programa das Sociedade Brasileira de Física (SBF), Associação Brasileira de Química (ABQ) e Instituto Butantã, responsáveis por sua execução.

O foco da ONC é despertar e estimular o interesse pelo estudo das ciências naturais, física, química, biologia e astronomia. A competição é dividida em três etapas.

O estabelecimento de ensino que participar da 1ª fase terá automaticamente inscritos para a 2ª fase todos os estudantes que atingirem o número mínimo de acertos estipulado pela Comissão da ONC.

As provas da 2ª fase serão aplicadas em um sábado, nas subcoordenações estaduais definidas por cada comissão estadual, na data determinada no calendário da ONC, aprovado e publicado na página de divulgação digital da ONC de cada ano. A premiação dos alunos compreenderá dois níveis: estadual e nacional. A ONC concederá até 5.000 medalhas divididas em três categorias: ouro, prata, bronze.


Além disso, todos os que receberem medalhas e menção honrosa receberão seus certificados impressos. O número de medalhas em cada categoria dependerá do desempenho dos estudantes em cada série/ano.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Pessoa com deficiência e bullying foram temas de palestras para comunidade escolar

Publicado

por

A Escola Estadual Alfredo Treuherz, localizada na região de Nova Fronteira, em Tabaporã (643 quilômetros a Médio-Norte da Capital), foi palco de uma palestra sobre a Inclusão da Pessoa com Deficiência e Bullying. O encontro possibilitou a interação dos participantes que tiraram as dúvidas sobre o assunto. A palestra ocorreu na última sexta-feira (16.08) e teve participação dos alunos da escola e da comunidade escolar.

Segundo a diretora Claudia Reffatti Grassi, o tema foi escolhido pois a escola atende a alunos com algum tipo de deficiência. Com a ajuda da mãe de uma aluna especial, conseguiram levar Tais Augusta de Paula, da Casa Civil de Mato Grosso, e Luiz Carlos Grassi, do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência (Conede) para falar sobre o assunto.

“A palestra foi muito importante, tendo em vista que enfrentamos desafios no dia a dia escolar e precisamos estar capacitados para atender aos alunos da melhor maneira possível. A comunidade escolar, que participou em peso, gostou muito da maneira como foi abordado o tema em questão”, ressalta.


A EE Alfredo Treuherz atende 207 alunos matriculados nos ensinos fundamental e médio.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  PM esclarece furto de armas em Alto Paraguai e prende envolvidos
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana