conecte-se conosco


Solidariedade

Policiais Militares se unem e vão a Cuiabá para doar sangue ao soldado Batista

Publicado

Policiais Militares embarcaram na manhã desta quarta-feira (08) em um micro-ônibus da PM, com destino ao Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosan), para doar sangue em Cuiabá.

A intenção do grupo, é colaborar com a campanha de coleta de sangue para o soldado Dirceu Batista Gomes de 26 anos, diagnosticado nesta semana, com Leucemia Linfoide Aguda (LLA), tipo B. O tipo sanguíneo de Batista é o AB+, que pode receber doação de todos os grupos: A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB.  Devido ao tratamento, o militar está recebendo transfusão de plaquetas e plasma de 12 em 12 horas.

De acordo com a esposa, Batista deverá iniciar até sexta-feira (10) o tratamento de quimioterapia. A campanha de doação de sangue superou as expectativas e atingiu a meta determinada pela equipe médica, encerrando temporariamente a coleta.

Critérios para a doação

Documentação: Para doar sangue é preciso que você esteja munido de um documento oficial com foto, como a carteira de identidade ou de motorista.

Idade: Os doadores precisam ter entre 16 e 69 anos. Há uma ressalva para quem tem 16 e 17 anos: o menor de idade tem que estar acompanhado de pai ou mãe ou responsável legal, ou então pode retirar na unidade de doação um modelo de declaração, levar para mãe ou pai ou responsável legal assinar e então reconhecer firma desta assinatura.

Leia mais:  SERRA DE DECIOLÂNDIA: Risco de rompimento motiva pedido de providências urgentes na AL

Caso o menor de idade seja emancipado pode vir doar sozinho trazendo o documento de emancipação. Se for casado  traz a certidão de casamento que já é suficiente para a liberação. Também é importante lembrar que a primeira doação somente pode ser feita até 60 anos. Acima desta idade, apenas para quem já é doador de sangue.

Peso: Embora a nova lei permita a doação de pessoas abaixo de 50 Kg, a Rede Hemosul-MS reserva-se o direito de aceitar apenas doadores com 55 kg ou mais, para a melhor utilização do sangue coletado e segurança do doador.

Intervalo de doação: homens podem doar até quatro vezes ao ano com um intervalo mínimo de dois meses. Mulheres podem doar até três vezes ao ano com um intervalo mínimo de três meses.


Doenças que impedem a doação: doenças hematológicas, cardíacas, renais, pulmonares, hepáticas, autoimunes, diabetes, hipertireoidismo, hanseníase, tuberculose, câncer, sangramentos anormais, convulsões, ou portadores de doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue como Doença de Chagas, Hepatite, AIDS, Sífilis. Se estiver com gripe ou alergia deve esperar sete dias após sarar para doar sangue.

Comentários Facebook

Ação Social

Internado com leucemia, PM de Tangará precisa de doação de sangue

Publicado

O soldado Dirceu Batista Gomes Filho, que atua na Força Tática pelo 7º Comando Regional de Tangará da Serra precisa de doação de sangue. Ele está internado em um hospital de Cuiabá, após ter sido diagnosticado com Leucemia Linfoide Aguda (LLA), tipo B.

De acordo com a família, o tipo sanguíneo de Batista é o AB+, que pode receber doação de todos os grupos(A+, B+, O+, AB+, A-, B-, O- e AB).  Devido ao tratamento, o militar está recebendo transfusão de plaquetas e plasma de 12 em 12 horas e, como o corpo não tem reagido, deve iniciar nos próximos dias a quimioterapia, e por essa razão, necessita de mais doação de sangue e plaquetas.

Para ser um doador e ajudar o soldado Batista, o interessando deve se deslocar até o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosan). O banco de sangue que fica em Cuiabá, está localizado em anexo ao Hospital Santa Helena, na Rua Maria do Carmo Rego, nº 23, no Bairro Santa Helena. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 17h00. Para mais informações, entre em contato pelo Fone: (65) 3621-6667.


***Da Redação com informações Tangará em Foco

Comentários Facebook
Leia mais:  Programa que incentiva o empreendedorismo é lançado durante Jornada de Ensino
Continue lendo

Ação Social

Natal: amigos arrecadam brinquedos e presenteiam alunos de escola municipal de Tangará da Serra

Publicado

O Papai Noel chegou mais cedo, na Escola Municipal Gentila Susin Muraro, no Bairro Jardim San Diego em Tangará da Serra. Na manhã do último sábado (14) a magia do Natal, tomou conta do ambiente escolar, e as crianças se divertiram, lancharam e ganharam presentes.

A iniciativa surgiu no ano passado, quando um grupo de amigos, decidiu se unir para presentear crianças carentes. Nesta edição, houve maior empenho e mais crianças puderam ser beneficiadas. A arrecadação ocorrida em grupos de aplicativo de mensagens, conquistou novos adeptos, e a “corrente do bem”, atraiu empresários e professores, que juntos, promoveram o sucesso da campanha em 2019.

“Somos amigos desde a infância. E, no ano passado já fomos surpreendidos pela arrecadação, agora, ficamos ainda mais felizes com o resultado da campanha. É muito gratificante, vivenciar a alegria deles. Todos nós entramos no clima da festa, no ano passado eu me fantasiei de Papai Noel, e a emoção foi ainda maior. Agradecemos o empenho de todos que colaboraram para tornar o Natal da criançada, mais feliz”, enfatiza Wariston Sales.


Com a união de esforços, foi possível presentear mais de 200 crianças do pré ao 3° ano, destaca o diretor da instituição Rodrigo Parreira. “Ao longo do ano realizamos diversas ações, e trabalhamos atividades sociais na área esportiva, cultural, saúde e claro educacionais. O Natal é um momento especial e buscamos também, orientar os alunos sobre a questão religiosa, sobre a ressurreição de Cristo. Ações possíveis, com o apoio e envolvimento de amigos, empresários e professores, que contribuem financeiramente para a realização das atividades”, destaca.

Leia mais:  Unimed: academia ao ar livre é inaugurada em parceria com a PM e Prefeitura no Bairro Jardim Aeroporto

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana