conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Policiais civis e militares deflagram operação contra ações criminosa em Cáceres

Publicado


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar deflagraram na manhã deste sábado (25.09), no município de Cáceres (225 km a oeste de Cáceres), a operação “Pacto pela Vida”, visando intensificar o combate à criminalidade na região de fronteira.

A ação integrada foi realizada das 5 às 11 horas da manhã, e teve como objetivo principal a repressão aos pontos de venda de drogas, coleta de provas para esclarecimentos de ocorrências de homicídio, bem como a desarticulação de organização criminosa instalada na cidade.

Foram cumpridos mandados de busca que resultaram na prisão de 5 pessoas em flagrante, sendo três autuadas por tráfico de drogas, duas por tráfico e associação para o tráfico, e outra presa por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. Duas pessoas também foram detidas por crime de menor potencial ofensivo, e responderão Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) de uso de entorpecentes.

Ao todo foram apreendidas 18 porções nos tamanhos pequenas e médias de substâncias ilícitas, 38 aparelhos celulares, 12 munições de diferentes calibres, 2 armas de fogo, 1 veículo, 4 televisores, 2 máquinas de cartão de crédito e débito, entre outros materiais como balança de precisão e relógios de marca sem comprovação fiscal. 

Também foram retirados de circulação a quantia monetária de mais de R$ 26 mil em dinheiro, além de notas bolivianas e dólares, os quais foram obtidos através de práticas ilícitas, bem como estavam sob a guarda de integrantes da organização criminosa.

Conforme o delegado de polícia Wilson Souza Santos, a primeira etapa compreendeu a produção de conhecimento acerca da forma de atuação da associação criminosa em Cáceres, e da localização dos pontos de vendas de drogas nos bairros, bem como na identificação de autores e das pessoas que os apoiam na execução de homicídio recentemente ocorridos na região.  

“Em seguida foi representado junto ao Poder Judiciário pela expedição dos mandados de busca e apreensão domiciliares, razão pela qual deflagrou-se a ação integrada voltada à efetivação das medidas deferidas pela Justiça”, destacou o delegado.

Participaram da operação “Pacto pela Vida”, policiais civis de Cáceres lotados na Delegacia Regional, 1ª Delegacia de Polícia, Delegacia de Defesa da Mulher, Delegacia Especializada do Adolescente, Delegacia Especial de Fronteira, e policiais militares do 6º Comando Regional, 6º Batalhão PM, Força Tática, Grupo Especial de Fronteira, equipes do CANILFRON e do CIOPAER.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Idoso é baleado em tentativa de homicídio e recebe voz de prisão por porte ilegal de armas

Publicado

por


A Polícia Militar apreendeu uma espingarda e dois revólveres, na noite desta quinta-feira (21.10), após uma tentativa de homicídio em um bar na região central de Rondonópolis. O dono das armas, um homem de 67 anos, que foi baleado, recebeu voz de prisão. Ele está internado no Hospital Regional.

Por volta das 21h, populares acionaram a Polícia Militar, via 190, relatando que dois suspeitos em uma motocicleta teriam atirado em um homem, em frente a um bar. A vítima foi socorrida por terceiros.  Testemunhas contaram à polícia que a vítima chegou a revidar contra a dupla na motocicleta utilizando um revólver e, que antes de ser encaminhado ao hospital, ele entregou para uma mulher (não identificada) e deixou o local. A dupla que efetuou os disparos contra o idoso não foi encontrada.

Os policias foram até o bar e localizaram uma caixa de munição calibre 22 atrás do balcão e um coldre de arma de fogo. Na residência da vítima, a PM apreendeu 101 munições, uma espingarda, um revólver calibre 22 e uma pistola calibre 380 com vestígios de sangue. A equipe da PM foi até o Hospital Regional de Rondonópolis custodiar a vítima que precisou ser entubada e segue em estado grave.

A  ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.  

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Suspeitos envolvidos em roubo de fazenda em Poconé são presos durante operação contra organizações criminosas

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um roubo com emprego de arma de fogo e cárcere privado das vítimas ocorrido em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil, na quinta-feira (21.10), com a prisão em flagrante de três pessoas e recuperação de parte dos objetos subtraídos.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada.

A ação, realizada pelos policiais civis da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia de Poconé, integra a Operação Vitae, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) de combate a atuação de organizações criminosas na região panteira do estado.

As equipes policiais estavam em diligências para apurar um roubo majorado ocorrido na fazenda no dia 16 de outubro, ocasião em que três criminosas armados invadiram a propriedade, renderam funcionários, que foram amarrados e ameaçadas para que dizer onde estavam objetos de valor e armas da propriedade.

No roubo, os suspeitos subtraíram diversos objetos como telefones celulares, bebidas alcoólicas e armas antigas.

Logo após a comunicação do crime e com base nas informações passadas pelas vítimas, as equipes da Polícia Civil iniciaram as diligências, realizando entrevistas com pessoas, consulta em banco de dados, fazendo a ligação entre as informações. Na quinta-feira (21), os policiais receberam denúncia sobre o local, onde estariam as armas e bebidas subtraídas.

Na residência no bairro Jardim dos Estados, os policiais realizaram a abordagem de dois suspeitos. Em buscas no local, os policiais apreenderam uma pistola, calibre 22 e uma balança de precisão utilizada para o tráfico de drogas.

Questionado, o suspeito levou os policiais até a casa de um comparsa, onde ele escondeu as garrafas de bebidas subtraídas no roubo. Diante das evidências, os três suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Poconé, onde após serem interrogados pelo delegado Maurício Pereira Maciel, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada.

“Com a prisão dos suspeitos, as investigações continuam para descobrir novos elementos de crime que possam levar a identificação de outros envolvidos e desarticulação do grupo criminoso”, disse o delegado.

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, está tendo uma cobrança muito grande para combate de atuação de organizações criminosas na região de Poconé e por isso, foi organizada uma força-tarefa pela Sesp na região. “Essa ação tranquiliza a população e mostra que o trabalho realizado pelas forças de segurança na região estão dando resultados”, destacou.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana