conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Policia Federal

Polícia Federal combate esquema de câmbio ilegal e evasão de divisas na fronteira com o Uruguai

Publicado


Santana do Livramento/RS: A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (30/3), a Operação Cisplatina II, destinada a investigar um núcleo de operadores financeiros especializado nas práticas de evasão de divisas, de câmbio ilegal e de lavagem de dinheiro. O núcleo investigado tem estreita vinculação com os investigados na primeira fase da operação (em SET/2020).

Policiais federais cumprem sete mandados de busca e apreensão, além do bloqueio de contas bancárias e apreensão de veículos, no Município de Santana do Livramento. As medidas foram expedidas pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal em Porto Alegre.

O grupo criminoso investigado é radicado na fronteira do Brasil (Santana do Livramento) com o Uruguai (Rivera) e é responsável por uma longeva atividade no mercado financeiro paralelo. Os alvos da operação estão vinculados ao grupo que já foi alvo de investigação pela Polícia Federal. Demonstrou-se que, apesar da atuação da Polícia Federal em 2020, parcela dos operadores manteve-se em atividade, inclusive absorvendo o trabalho que era desenvolvido pelo grupo que foi preso.

A investigação demonstra que, desde 2013, os investigados atuam no recebimento de valores e na posterior remessa ao exterior. O mapeamento das atividades indica que o grupo recebeu, aproximadamente, 140 milhões de pessoas e empresas de todo o país, interessadas no envio desses valores ao Uruguai. Somente no período entre 2018 e 2021, o grupo movimentou ao menos R$ 61 milhões.

A Polícia Federal mantém-se firme no combate a crimes contra o Sistema Financeiro Nacional cometidos na região da fronteira, em Santana do Livramento. O enfoque dado se deve ao grande volume de dinheiro que circula paralelamente na região da fronteira com o Uruguai.

Atuando em face de operadores do mercado paralelo de câmbio, a Polícia Federal acaba atingindo o fluxo financeiro de grande parte dos crimes transnacionais cometidos por intermédio da fronteira. O monitoramento econômico das atividades criminosas deixa evidente que, a cada operação que focaliza o mercado paralelo de câmbio, delitos como o tráfico de drogas e de armas, o contrabando e o descaminho são fortemente impactados financeiramente.

Comunicação Social da Polícia Federal em Santana do Livramento

Fone: (55) 3241-9000/(55) 99125-9987

 

Comentários Facebook

Policia Federal

PF combate crime de moeda falsa no interior do Maranhão

Publicado

por


São Luís/MA – A Polícia Federal prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (7/4), uma pessoa na cidade de Parnarama/MA, pela prática do crime de moeda falsa (art. 289, § 1º do Código Penal), sendo apreendidas 10 cédulas falsas em posse do indivíduo, todas no valor de R$ 100.

Policiais federais fizeram o acompanhamento da entrega de encomenda enviada através dos Correios, efetuando a prisão em flagrante após o recebimento das notas falsas pelo destinatário no município de Parnarama/MA. Em interrogatório, em sede policial, a pessoa investigada confessou que havia solicitado e pago pelo recebimento das cédulas falsas.

A ação faz parte da fiscalização permanente que a Polícia Federal vem realizando em todos os Estados do Brasil. A relevância de trabalhos desta natureza evita a circulação de cédulas falsas, o que pode gerar diversos entraves não somente para os indivíduos que recebem as cédulas falsas repassadas, mas também para o sistema econômico-financeiro como um todo.

Comunicação Social da Polícia Federal em São Luís/MA

Contato: (98) 3131-5105

Coordenação-Geral de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: (61) 2024-8142

Continue lendo

Policia Federal

Polícia Federal apreende grande quantidade de cigarros contrabandeados e maconha

Publicado

por


Guaíra/PR – Na quarta-feira (6/4), a Polícia Federal apreendeu grande quantidade de maconha, cigarros contrabandeados, veículo e embarcações utilizadas pelo crime organizado.

Em diligências na região de Altônia/PR, policiais federais constataram intensa movimentação nas margens do Rio Pacaraí. Durante a abordagem, grande parte dos criminosos fugiu em meio à mata existente no local, abandonando diversos fardos de maconha, que totalizaram 671 kg da droga, uma arma de fogo, 200 mil maços de cigarro, 1 caminhão e 2 lanchas equipadas com motor 200 HP’s, que eram utilizados no transporte dos materiais ilícitos.

Uma pessoa foi presa na ação, sendo indiciada pelos crimes de tráfico internacional de entorpecentes, porte ilegal de arma de fogo e contrabando.

Comunicação Social da Polícia Federal em Maringá/PR

Telefone: (44) 3220-1436

Coordenação-Geral de Comunicação Social da Polícia Federal

Contato: (61) 2024-8142

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana