conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil recupera carga de carnes avaliada em mais de R$ 500 mil em Várzea Grande

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Duas pessoas envolvidas no desvio de uma carga de carne avaliada em R$ 520 mil foram presas em flagrante pela Polícia Civil, na segunda-feira (12.08), durante investigações desencadeadas pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE). A ação resultou ainda na apreensão de dois veículos que davam apoio a ação criminosa.

O suspeito, Jean Davis Soares Pinto e o motorista da carreta, Edson Rodrigues de Godoi, foram autuados em flagrante pelos crimes de furto e associação criminosa. Jean ofereceu dinheiro aos policiais para não ser preso e também responderá pelo crime de corrupção ativa.

As investigações iniciaram após os policiais da DRE receberem informações de que os suspeitos utilizariam um caminhão Mercedes Benz para transportar drogas na Rodovia dos Imigrantes, região do Trevo do Capão Grande. Em monitoramento da região, os policiais visualizaram o caminhão próximo ao galpão de uma empresa, com as portas da câmara fria abertas conjugado com outro caminhão também com portas abertas.

Diante das suspeitas, os policiais mantiveram a vigilância do local conseguindo identificar dois veículos, um Toyota Corolla e um Chevrolet Cobalt, que acompanhava e dava apoio a ação dos criminosos. Cerca de uma hora após o início do monitoramento, o caminhão saiu do galpão escoltado pelo veículo Chevrolet Cobalt.

Os policiais seguiram a carreta que foi estacionada próximo a empresa Energisa em Várzea Grande. Com base no monitoramento, os investigadores conseguiram identificar alguns integrantes da quadrilha e por volta de 02 horas da manhã, realizaram a abordagem do suspeito Jean em sua residência, no bairro Hélio Ponce.

Leia mais:  Núcleo de Pessoas Desaparecidas preserva privacidade de vítimas localizadas

Questionado, o suspeito confessou que o caminhão estava com uma carga de carnes furtada, avaliada em cerca de R$ 520 mil, e que seria vendida pelos criminosos pelo valor de R$ 140 mil. No momento da prisão, Jean ofereceu dinheiro aos policiais para que não fosse preso, cometendo também o crime de corrupção ativa.

Após a prisão do suspeito, os policiais conseguiram localizar os veículos Corolla e Cobalt que davam apoio a ação criminosa na residência da mãe de outro integrante do grupo.

Em continuidade as diligências, caminhão que estaria transportando a carga, um caminhão cavalo e semirreboque antes de ser furtada, foi identificado sendo constatado que o motorista também tinha participação no furto. Ao ser abordado, o condutor da carreta, confessou que receberia R$ 10 mil, para fingir ter sido vítima de roubo da carga, fato que seria noticiado na cidade de São Paulo SP.


Os suspeitos foram conduzidos a DRE onde após serem interrogados pelo delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, foram autuados em flagrante pelos crimes de furto e associação criminosa. “O procedimento foi encaminhado a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande, que dará andamento nas investigações, uma vez que outros integrantes da quadrilha já foram identificados”, disse o delegado.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Polícia

Foragido da Justiça de SP tem dois mandados de prisão cumpridas em Jaciara

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Um foragido da Justiça de São Paulo teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (13.12), no município de Jaciara (144 km ao Sul de Cuiabá).

O suspeito, Roberto Rivelino de Toleto, 47, estava com ordens de prisão decretadas pela 2ª Vara da Comarca de Monte Aprazível, pelos crimes de furto e estupro de vulnerável.

A prisão do foragido ocorreu quando ele compareceu a Delegacia de Jaciara para registrar um boletim de ocorrência.

Durante checagem de praxe, os policiais descobriram dois mandados de prisão em aberto contra o suspeito, sendo um por furto e outro por estupro de vulnerável, todos cometidos no estado de São Paulo.


Com base nas evidências, foi dado cumprimento as ordens judiciais e após as providências de praxe, o suspeito foi encaminhado à Cadeia Pública de Jaciara.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Núcleo de Pessoas Desaparecidas preserva privacidade de vítimas localizadas
Continue lendo

Polícia

Sete pessoas são presas em ações distintas de combate a criminalidade em Rondonópolis

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

 

Sete homens foram presos e um adolescente apreendido pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá), durante diferentes ações deflagradas na região.

As prisões ocorreram no decorrer da quinta-feira (12.12), após intenso trabalho investigativo visando o combate ao tráfico de drogas e crimes de roubo. Além das prisões as diligências resultaram na apreensão de drogas, dinheiro e um veículo.

A primeira prisão ocorreu em cumprimento a mandado judicial. O procurado, Fábio Ferreira de Jesus, 31, estava com a ordem de prisão decretada pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá. Ele foi abordado pelos policiais civis em uma rua no bairro Jardim das Flores.

O segundo detido, Roniclei Felipak Luciano da Silva, 33, conhecido como “Roni”, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Na casa do suspeito, no bairro Vila Rica, os investigadores da Derf apreenderam cinco porções grandes da maconha, uma arma parcialmente desmontada, mais de R$ 600 em dinheiro e uma motocicleta.

Roniclei Felipak Luciano da Silva vinha sendo monitorado há cerca de duas semanas por suspeitas de atuar no comércio doméstico de entorpecentes (vendendo em pequenas porções), e na modalidade de disque entrega utilizando a motocicleta apreendida.

A terceira prisão aconteceu em uma residência no bairro Jardim Ipiranga, onde Valdinei Leopoldino Veira, 22, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e lesão corporal. No local foram apreendidas dezesseis porções de maconha, uma balança de precisão e mais de R$ 200 em dinheiro.

Leia mais:  Feridos em acidentes com caminhões reduz 57% durante Operação Safra

Portador de tornozeleira eletrônica, Valdinei Leopoldino Veira é apontado como vendedor de entorpecentes por meio de aplicativo de celular (WhatsApp). No momento da chegada dos policiais na residência, o suspeito tentou fugir mas foi contido.

A quarta ação resultou na prisão do jovem Adeilson Rodrigues dos Santos, 20. Na casa do suspeito, no bairro Jardim Kenia, foram localizadas sete trouxas de cocaína, sendo uma grande e seis menores.

Adeilson Rodrigues dos Santos era observado há aproximadamente um mês por suspeitas de tráfico de drogas. Também cometido através de aplicativo de celular e na modalidade conhecida como “formiguinha” (quando o traficante anda com pouca droga com intuito de configurar-se como usuário).

Ainda na abordagem policial, Adeilson Rodrigues dos Santos, tentou dispensar um pacote em uma matagal nas proximidades, porém sem êxito.

O quinto suspeito, Silvio César Fernandes Paes, 18, foi preso já na tarde de quinta-feira (12), ocasião em que junto o menor F.M.R.,16, foram surpreendidos em flagrante em uma residência no bairro Santa Cruz.

Ambos foram identificados nas diligências da Derf Rondonópolis para identificar indivíduos que vinham praticado o tráfico de drogas por meio de redes sociais. Em poder dos envolvidos foi encontrado um pedaço grande de maconha, outras porções da mesma substância, balança de precisão e droga sintética conhecida como LSD, além de outros objetos sem comprovação fiscal.

Leia mais:  Televisões furtadas são recuperadas pela Polícia Civil em Barra do Bugres

O sexto preso, Gabriel Wellington Gomes da Silva, 25, é acusado de ser um dos autores de roubo cometido no início do mês, contra um policial federal. Gabriel é monitorado dos tornozeleira eletrônica, e foi surpreendido pelos policiais civis no bairro Jardim Mato Grosso.

Logo que abordado, o suspeito assumiu a participação no assalto, sendo assim conduzido para Derf de Rondonópolis.

Já a última prisão realizada no final da tarde de quinta-feira (12), foi a de, Adriel Vitor Vieira Farias, 23, conhecido como “Berê”. O suspeito foi localizado em uma casa no bairro Residencial Farias, em poder de uma sacola contendo uma porção grande de maconha, outro pacote com várias pedras de pasta base de cocaína, a quantia de R$ 240 e uma balança de precisão.

Entrevistado, o suspeito contou que comercializa entorpecentes pelo valor de R$ 10 cada trouxinha, bem como já possui antecedente criminal por tráfico e tentativa de homicídio.


Todos os sete suspeitos e um adolescente foram conduzidos para Derf de Rondonópolis, onde foram interrogados a cerca das prisões e autuados em flagrante delito e ato infracional, sendo posteriormente colocados à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana