conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende três suspeitos de matar caseiro a golpes de faca em assentamento de Tangará da Serra

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Três homens suspeitos de um homicídio ocorrido em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte) foram presos em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (10). Os presos: Luiz Gonçalves de Andrade, 51, Marcilei Mamedes Gomes, 39, e Gilmar Alves Soares, 42 anos, são apontados como os autores do assassinato de Claudinei Dias Rodrigues, 45, ocorrido na quarta-feira (09).

Os três suspeitos foram presos no Assentamento Bezerro Vermelho, em Tangará da Serra, pela Delegacia de Polícia Civil, após tomar conhecimento de um corpo encontrado com golpes  profundos de arma branca (faca tipo açougueiro), em uma propriedade no mesmo assentamento. No corpo da vítima também havia marcas de chinelo.

A vítima foi encontrada com duas perfurações no pescoço e outra no peito. Ela morava sozinha e era caseiro do sítio. Segundo informações colhidas no local, na noite anterior, quarta-feira (09), a vítima estava bebendo com mais três pessoas, identificadas como sendo os três suspeitos, sendo que dois deles tinham desavenças com a vítima, fato que motivou o crime.

A Polícia Civil apurou, que a vítima e os três suspeitos (Luiz Gonçalves de Andrade,  Marcilei Mamedes Gomes e Gilmar Alves Soares), após deixarem o local onde estavam bebendo, voltaram a se encontrar e continuaram a ingerir bebida alcoólica e também a fazer uso de entorpecente.

Os policiais ainda apuraram que a desavença estaria relacionada ao valor de R$ 250,00. O suspeito Luiz Gonçalves acreditava que a vítima havia furtado de sua casa, que fica no sítio vizinho ao que a vítima morava.

O terceiro suspeito mal conhecia a vitima, porém, aceitou participar do crime. Todos os três foram autuados em flagrante por homicídio doloso.

Comentários Facebook

Polícia

Rotam captura foragido por homicídio durante atendimento de ocorrência

Publicado

por


.

Uma equipe da Rotam capturou na tarde deste sábado (30.05), um foragido da justiça, no Residencial Esplanada, no bairro Tijucal, na capital.

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes atendiam uma situação de localização de veículo e durante a abordagem de um dos moradores, ele passou informações desconexas.

Devido a suspeita, os militares buscaram mais detalhes do cidadão via banco de dados e encontraram o mandado aberto, expedido pela Comarca da cidade de Sinop, pelo crime de homicídio.  

Os agentes foram ainda em seu apartamento, onde encontraram seis celulares que o fugitivo não soube explicar a procedência.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Suspeito de aplicar golpe de venda pela internet é detido em bairro de Várzea Grande

Publicado

por


.

Policiais militares do 4º Batalhão de Várzea Grande prenderam neste sábado (30.05), um homem por receptação, estelionato e porte ilegal de arma de fogo, no bairro Jardim Eldorado. Sua esposa também foi conduzida à delegacia por impedir a ação policial.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados para conter um homem que estava com o som do veículo muito alto. No local, os agentes confirmaram a informação e descobriram se tratar de um suspeito já detido em outras ocasiões, além de ser monitorado por tornozeleira eletrônica.

O homem estava alcoolizado e se recusou desligar o som do veículo que incomodava os moradores. Devido à recusa, ele foi algemado. Durante o procedimento, sua esposa tentou impedir a ação policial e também foi contida.

Na revista dentro do carro, um GM Classic, os policiais encontraram uma porção de cocaína e uma munição calibre 380. Questionado, o suspeito disse já ter vendido a arma de fogo.

Devido a suspeita, os policiais foram até a casa do casal, onde encontraram a pistola, com 13 munições, um revólver calibre 22, com duas munições, além de 23 chips usados, 22 chips novos e um celular que estava bloqueado e seria produto de roubo. O suspeito confirmou praticar golpe via site de compra e venda.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana