conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende três pessoas com 101 comprimidos de droga sintética na Capital

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Mais de cem comprimidos de ecstasy foram apreendidos pela Polícia Civil, no final da tarde de quinta-feira (28.05), em Cuiabá. O trabalho da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE)  resultou também na prisão de três pessoas e na apreensão de porções de maconha, dinheiro e celulares.

Dois homens de 29 e 26 anos, e uma mulher de 21 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, após serem surpreendidos em uma residência no bairro Boa Esperança, a pouco mais de 200 metros de uma universidade federal na região. 

Os  policiais civis da DRE realizavam diligências quando identificaram uma casa cujo morador atuava com a venda de drogas sintéticas. Diante dos fatos, a equipe passou a monitorar o endereço, e na tarde de quinta-feira (28) flagraram o momento em que um jovem chegou ao local.

Em abordagem, foi encontrado no bolso dele um pacote com dois comprimidos de ecstasy. Em seguida, os policiais foram até a residência suspeita do comércio ilícito, onde encontraram as outras duas pessoas. Durante busca, foram apreendidos uma grande quantidade da droga totalizando 101 comprimidos de ecstasy, além de três porções médias de maconha, mais de R$ 50 em dinheiro e vários materiais usados para embalar entorpecentes.

Segundo o delegado da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeria, o imòvel aparentava situação de abandono com lixo acumulado e fezes de animais domésticos por todos os cômodos. 

Com o flagrante, o trio foi conduzido para DRE, onde foram interrogados e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após a confecção dos autos os dois rapazes e a moça foram encaminhados para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Em duas ocorrências, PM de Cáceres prende quatro por furto, receptação e tráfico de droga

Publicado

por


.

Policiais militares do 6º BPM de Cáceres (a 225 km de Cuiabá) prenderam na terça-feira (14.07), quatro homens, sendo dois por furto e receptação e dois por tráfico de droga. As ocorrências foram em dois bairros da cidade.

O primeiro, no Massa Barro, depois que o proprietário de um mercado denunciou um furto no seu estabelecimento. Via imagens do circuito de segurança, o suspeito era um conhecido por vários crimes cometidos na região.

Em diligência, os policiais encontraram o denunciado que estava na companhia de outro homem. Na abordagem, ele confirmou o crime e apontou o comparsa como o responsável em esconder a televisão furtada. Os policiais encontraram o aparelho em um matagal e conduziram a dupla à delegacia.

A segunda ocorrência foi no bairro Jardim das Oliveiras. Os policiais estavam em ronda quando perceberam um homem entregando algo para outro em uma bicicleta. Devido à situação, foi iniciado o procedimento de abordagem. O que estava na bicicleta correu, não sendo localizado.

O que ficou resistiu à abordagem, sendo necessário o uso de algemas. Ele carregava cinco porções de pasta base de cocaína. Dentro da casa, estava outro homem que também alterado precisou ser algemado. Com este foram encontradas mais cinco porções da mesma droga, além mais porções em dois cômodos da casa. A dupla a todo o momento gritava ser membro de uma organização criminosa e que a ação policial não ficaria barata.

Na ação foram apreendidas 18 porções de pasta base de cocaína, uma réplica de arma de fogo e uma touca ninja.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mulher se disfarça de técnica de enfermagem para ver marido na UTI vitima da Covid-19

Publicado

por


.

Uma mulher foi conduzida à delegacia na tarde desta quarta-feira (15.07), por falsidade ideológica. Ela tentava entrar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), da Santa Casa de Misericórdia quando foi impedida pela equipe de segurança.

A cidadã alegou para os seguranças que seria o seu primeiro dia de trabalho como técnica de enfermagem. Disse ainda que precisava se apresentar para a enfermeira responsável pela UTI da unidade.

Durante o procedimento foi descoberto à falsidade e a PM acionada. Questionada, ela disse que precisa ver o marido que está internado na UTI, vítima da Covid-19, antes dele ser entubado. Contou que também foi diagnosticada com o vírus, mas estava curada.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana