conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil prende Juína mandante da morte de mulher em Castanheira

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil cumpriu mandado de prisão preventiva contra Marta Souza Amorim, 26 anos, acusada de mandar matar uma jovem de 22 anos na  cidade de Castanheira (779 km a Noroeste).

A prisão foi efetuada nesta quarta-feira (23), em Juína (735 km a Noroeste), e pode ter sido motivada por dívida relacionada ao tráfico de drogas. Dois homens que participaram da execução foram presos na ocasião do crime.

O crime ocorreu no dia 17 de janeiro, vitimando Raquel Meira Duarte, de 22 anos. O irmão da vítima estava junto e conseguiu escapar ileso dos tiros disparados por um suspeito, correndo para o outro lado da estrada e se escondendo em uma mata. Após duas horas escondido, ele pegou carona em um ônibus que passava pelo local e conseguiu chegar em sua casa.

Segundo o irmão da vítima, o suspeito acompanhado de outro homem foi até sua casa em uma moto e chamou ele e sua irmã para irem buscar uma motocicleta na MT-170, próximo a linha Novo Horizonte e que daria entorpecentes para eles no caminho.

Ao chegarem ao local, o homem que estava na garupa da moto, sacou um revólver da cintura e começou a fazer disparos contra as vítimas, vindo a acertar sua irmã Raquel Meira Duarte, que foi à óbito ainda no local de crime.

Ao ouvir os disparos, o jovem de 18 anos (irmão da vítima) saiu correndo e o suspeito começou a atirar em sua direção, porém, não conseguiu atingi-lo. A vítima correu para o outro lado da estrada e se escondeu em uma mata. Após duas horas escondido, ele pegou carona em um ônibus que passava pelo local e conseguiu chegar em sua casa.

Na ocasião do crime, dois homens foram presos. São eles: Alex do Ouro da Silva, 31 anos, e Wagner da Silva Ramos, 19 anos. O suspeito Alex do Ouro confessou ter efetuados os disparos e Wagner deu apoio levando o executor até o local na motocicleta. A arma do crime e a motocicleta foram encontrados cerca de 4 km do local do crime. O revólver calibre 357 estava enrolado em uma jaqueta dentro de um capacete escondido em uma moita.

As investigações apontam que Marta Souza Amorim comanda o tráfico de drogas na região e pertence a uma facção criminosa. Ela teria encomendado a morte dos irmãos por dívidas ou rixa ligada ao tráfico drogas. Ela responde a três processos criminais na Justiça. Seu marido e irmã também têm envolvimento com o tráfico de drogas e estão presos na cadeia pública da região.

Durante a prisão, foi encontrada na casa da mulher cerca de  três quilos de entorpecentes, uma balança de precisão, duas motocicletas, sendo uma a que foi usada para levar o executor até Castanheira e outra usada na distribuição de drogas. Também foi apreendido R$ 5.670,80, cadernos de anotações de dívidas de drogas,  comprovantes de depósitos, e outros materiais.

Um adolescente de 16 anos também foi encontrado na casa da mandante e segundo os levantamentos ambos são responsáveis por efetuarem cobranças e recolhimentos de dinheiros junto a traficantes. Em buscas na casa dele, em outro endereço, foram encontrados drogas, balança, um simulacro de arma de fogo e outros apetrechos.

A mãe do menor também foi levada para delegacia e autuada em flagrante por associação ao tráfico. O adolescente responderá ato infracional de tráfico de drogas e por integrar organização criminosa.

A mandante ainda será interrogada e após será autuada também em flagrante por tráfico de drogas, resistência, desacato e lesão corporal (por ter agredido um dos policiais no momento da prisão) e organização criminosa.

 

Comentários Facebook

Polícia

Polícia Civil cumpre ordem judicial contra menor envolvido em roubo de loja de celulares em Água Boa

Publicado

por


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um adolescente envolvido no roubo de uma loja de celulares em Água Boa (730 km a Leste de Cuiabá) teve o mandado de busca e apreensão cumprido, no domingo (26.07),  após ser identificado em investigações da Polícia Civil do município. O menor, de 15 anos, teve a ordem judicial expedida pelo ato infracional análogo ao crime de roubo majorado.

O roubo ocorreu no dia 17 de junho por volta das 16h30 no estabelecimento comercial localizado na região central de Água Boa. Na ocasião, dois adolescentes, um deles em posse de uma arma de fogo entraram na loja e mediante grave ameaça fizeram quatro pessoas reféns. Os infratores subtraíram aparelhos celulares e dinheiro e em seguida fugiram do estabelecimento.

Assim que foi acionada, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações e através das imagens do circuito interno de segurança da loja conseguiu identificar os dois menores envolvidos no assalto.  As vítimas foram ouvidas na Delegacia de Água Boa  e fizeram o reconhecimento dos suspeitos através do arquivo fotográfico da unidade.

Diante das evidências, o procedimento foi encaminhado ao Ministério Público, sendo expedidos os mandados de busca e apreensão contra os menores no dia 26 de junho. Com a ordem judicial em mãos, os investigadores da Delegacia de Água Boa localizou um dos adolescentes que foi apreendido e encaminhado para a unidade policial, onde aguarda vaga de internação em unidade socioeducativa.

O outro menor infrator não foi localizado e continua sendo procurado pela Polícia.

 

 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Delegacia Regional inicia operação para limpar pátios de delegacias

Publicado

por


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Delegacia Regional da Polícia Civil em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) deu início à operação Pátio Limpo para dar destinação final aos veículos apreendidos nos pátios das unidades, assim como os que estão em depósito judicial. A ação é baseada em projeto desenvolvido em Cuiabá pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva).

Na primeira etapa foram catalogadas 181 motocicletas que há anos estavam no pátio do Auto Socorro Trevo, abandonadas e sujeitas diretamente aos danos causados pela ação do tempo. O delegado regional Williney Santana Borges destaca que a ação pretende sanar um problema rotineiro que existe há muito tempo nas unidades policiais. O trabalho deverá seguir por todo o segundo semestre deste ano.

As motocicletas possuem apenas restrições administrativas e foram encaminhadas para a Ciretran de Barra do Garças, em uma parceria firmada com o órgão, que destinará os veículos para leilão e/ou sucateamento, conforme a legislação vigente.

A segunda etapa da operação será o levantamento da situação dos automóveis e, posteriormente, solicitação ao Poder Judiciário da autorização para reciclagem.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana