conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil participa de seminário sobre trabalho infantil

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Coordenadoria de Polícia Comunitária da Polícia Civil de Mato Grosso participou do seminário “Trabalho Infantil: Fortalecimento da Rede de proteção em Mato Grosso”, realizado nos dias 10 e 11 de junho, pelo Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti/MT), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MT 23ª Região), em Cuiabá, em comemoração ao Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, intitulado no dia 12 de junho.

Os investigadores de polícia Ademar Torres, Edmir Soares de Sena, Tatiane Castro e a analista Alcimara Neuza Perin, estiveram presentes no seminário que objetivou sensibilizar, mobilizar e articular com profissionais de diversas instituições e órgãos envolvidos na temática, formas de proteger e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes em situação de extremo risco e vulnerabilidade social, levando-os a uma situação de trabalho precoce.

O investigador Ademar Torres, no momento da apresentação argumentou que a prevenção realizada pelos projetos sociais nas escolas por meio de diálogos formativos, roda de conversas, debates sobre drogas, violência, sexualidade, direito e deveres busca orientar jovens acerca do fenômeno das drogas que por sua vez, se desdobra em crimes como violência doméstica, violência de trânsito, violência urbana, assassinatos, trabalho infantil, abuso e exploração sexual comercial de crianças e adolescentes.

“O fato de a Polícia Civil poder se deslocar até as escolas e levar informações precisas fortalece a rede de proteção”, destacou.

O evento foi organizado pelos Auditores-Fiscais do Trabalho (AFTs) da Superintendência Regional do Trabalho (SRT/MT), Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Poder Judiciário de Mato Grosso, Comissão para Erradicação do Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho (TRT/MT 23ª Região) Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), e Comissão do Direito do Trabalho da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB/MT).

Comentários Facebook

Polícia

Policiais resgatam bebê de dois meses deixado trancado em carro

Publicado

por


.

Na madrugada desta sexta – feira (31) a Polícia Militar resgatou um bebê de dois meses que havia ficado trancado em um automóvel, em Peixoto de Azevedo. Um homem de 34 anos veículo foi preso por maus tratos e por dirigir embriagado.

Por volta da meia noite, os policiais foram acionados via 190 pela mãe da criança que denunciava que o suspeito havia levado seu filho no carro dele e dirigia em alta velocidade pela cidade. A PM foi até a residência no bairro Liberdade e a mulher relatou que estava bebendo na casa de sua irmã, quando o suspeito chegou e ficou com elas bebendo cerveja.

A mulher então pediu ao suspeito para que ele a deixasse colocar o filho de dois meses que dormia em uma cadeira conforto em seu carro para evitar que criança ficasse no sereno. O homem aceitou e colocou a criança deitada na cadeira conforto no banco traseiro do seu automóvel. O grupo continuou a beber por algumas horas até de repente o homem decidiu ir embora, fechou o carro e saiu em alta velocidade com a criança da comunicante.

De imediato a PM pegou as informações e iniciou as diligências atrás do automóvel com a criança. Foi quando uma equipe de policiais localizou o carro Prisma estacionado na Avenida Itamar Dias, nas proximidades de uma distribuidora de bebidas.

A mãe chegou até o local e reconheceu o veículo do suspeito e a cadeira do filho. Para procurar a criança, a polícia quebrou um dos vidros traseiros do carro que estava trancado. A criança estava embaixo do banco do motorista dormindo e a cadeira conforto revirada no banco do automóvel. Sem ferimentos, a criança aparentava está bem e foi entregue a mãe.

Um homem apareceu durante a verificação do homem e se identificou como dono do carro e irmão do suspeito que foi preso na casa do familiar em visível estado de embriaguez. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes por maus tratos e dirigir veículo automotor sob efeito de bebida alcoólica.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Foragidos capturados durante rondas e por denúncia em Cuiabá e Alto Araguaia

Publicado

por


.

Quatro foragidos da justiça foram capturados nesta quinta-feira (30.07), sendo uma mulher e três homens. Em Cuiabá, foram três ocorrências, sendo duas no bairro Dom Aquino.

Na primeira, a equipe da Rotam realizava patrulhamento pela Rua São Gonçalo quando, na abordagem de um homem, foi descoberto mandado aberto expedido pela 2ª Vara Criminal da capital por roubo. Ele ainda carregava uma carteira de cigarros, com cinco pontas de fumo com resquícios de maconha.

Em seu nome constaram várias passagens criminais por roubo, homicídio tentado, direção perigosa, porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha, lesão corporal e adulteração de sinal identificador de veículo, uso e tráfico de droga.

A segunda ocorrência no mesmo bairro foi atendida pela equipe do 10º BPM. O homem monitorado por tornozeleira eletrônica foi capturado depois que uma denúncia identificou sua localização. Em seu nome constou mandado aberto expedido pela Vara Especializada de Violência Doméstica – Comarca de Várzea Grande.  

No bairro Novo Horizonte, a equipe da 20ª Companhia de Força Tática durante uma abordagem. O mandado aberto do homem era por crime de tráfico de droga.

Na cidade de Alto Araguaia, a ocorrência foi atendida pela equipe do 15º BPM com a detenção de uma mulher com mandado aberto por tráfico de droga, no bairro Atlântico. Ela foi abordada durante procedimento de rotina e encontrado o registro junto ao Conselho Nacional de Justiça.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana