conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Civil e Conselho Tutelar apuram denúncias do Disque 100

Publicado

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica) e em parceria com Conselho Tutelar, deflagrou uma operação de combate a violência contra mulheres, na quarta-feira (06.11) com objetivo de apurar três denúncias recebidas pelo “Disque 100” e o 197 da Polícia Civil.

Uma das denúncias informava que duas adolescentes, com idades de 13 e 16 anos, estavam sendo vítimas de exploração sexual, no bairro Jardim Passaredo. Com base nas informações, os policiais da Deddica e conselheiros tutelares se deslocaram até o endereço para averiguação da denúncia.

As menores, junto a mãe, foram encaminhadas à Deddica para tomadas das providências cabíveis e passarão pela equipe multidisciplinar para que recebem atendimento especializado.

Outra denúncia, relatava que uma adolescente, de 17 anos, moradora do bairro Pedra 90, estava sendo aliciada para fins de prostituição. No local, as equipes encontraram duas adolescentes em companhia do suspeito, A.S.A. (29 anos). Questionado, ele disse que estava na casa com as adolescentes por ser amigo de uma delas.

Conduzido a delegacia, o suspeito mudou a versão e disse apenas conversar com a menor no interior da residência, porém negou ter mantido relações sexuais com ela. As adolescentes foram submetidas a exame de corpo de delito e também passaram por atendimento psicológico.

Em continuidade aos trabalhos da operação, os policiais diligenciaram em procura de quatro foragidos da justiça, acusados de estupro de vulnerável e que estão com ordens de prisão em aberto, porém nenhum dos alvos foi localizado e as buscas continuam em andamento.

Leia mais:  Prefeita de VG apresenta projeto de uso de tabletes no ensino público ao Procurador-geral do MP

Caso Nilo Póvoas

A Deddica e o Conselho Tutelar também atuam de forma conjunta no caso da adolescente, de 15 anos, que tentou se jogar do 2º piso da Escola Estadual Nilo Póvoas, na Capital.

O trabalho, realizado por meio da oitiva de pessoas próximas a vítima, visa identificar motivações que teriam levado a menor a praticar o ato.


A Polícia Civil aguarda a adolescente receber alta do hospital para que também possa ser ouvida pela equipe psicossocial da Deddica.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook

Economia

Lorenzetti: identificar um bom produto é garantir qualidade e segurança na aquisição de materiais elétricos

Publicado

Boa parte dos incêndios residenciais são atribuídos a curtos-circuitos que ocorrem na rede elétrica causando vários danos e riscos. Ao seguir os padrões de qualidade e inovação, a Lorenzetti Materiais de Construção, realizou na última quinta-feira (14) na unidade centro, um treinamento dedicado ao time de profissionais e clientes sobre a qualidade dos produtos elétricos.


Há mais de 30 anos no mercado a Lorenzetti, oferece um mix de produtos, com tudo para construir e reformar. Do básico ao acabamento, busca compartilhar conhecimentos e promover constante aprimoramento dos funcionários e clientes, conforme destaca o colaborador, Felipe Anibale.

“Nós estamos com uma média de duas palestras por mês. Com mais este conteúdo já somamos oito eventos. A maioria dos temas são escolhidos por nossos clientes e desta vez, o foco foi na parte elétrica. Eletricistas e funcionários evoluem ao terem conhecimento sobre as novidades do mercado, novos conhecimentos que refletem diretamente nas vendas, com inovação e a qualidade de nossos produtos e serviços cativamos novos clientes”, destaca o comprador.

Instalações elétricas malfeitas e material elétrico de baixa qualidade representam um grande perigo para a segurança do imóvel. Durante o evento, o consultor de vendas da FAME, Aelson da Silva, apresentou uma nova linha de tomadas e interruptores. “Basta um fio de má qualidade ou instalado de forma errada, para causar uma sobrecarga de energia e um curto circuito. A durabilidade do quadro de distribuição e da instalação elétrica é fundamental para a segurança da casa e estes produtos priorizam a qualidade em primeiro lugar”, ressalta.

Leia mais:  Policiais civis e militares prendem oito pessoas e retiram sete armas de fogo de circulação

Acidentes de origem elétrica podem acontecer em qualquer ambiente, a melhor maneira de lidar com esse tipo de ocorrência, é identificar os riscos e trabalhar de modo preventivo com a equipe, destaca o vendedor Jeferson Nascimento. “Você conhece o produto, mas com o treinamento a gente se qualifica mais e podemos oferecer aos clientes soluções e confiabilidade”, salienta.


Com estrutura moderna, ambiente climatizado e reunindo as marcas mais conceituadas do mercado, a Lorenzetti Materiais de Construção, oferece as melhores opções para você construir e reformar pelos melhores preços.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Criança morre após ser atacada por cão da raça pitbull enquanto dormia em Claudia

Publicado

Uma menina de 1 ano e três meses morreu na tarde desta segunda-feira (18) após de ter sido atacada por um cachorro em Cláudia.

Foto: TV Centro América

Segundo testemunhas, a criança dormia em uma rede na casa dos patrões da mãe dela quando foi atacada na cabeça pelo cachorro. Vitória Ribeiro dos Santos, recebeu os primeiros socorros no hospital em Claudia e morreu a caminho do Hospital Regional de Sinop. Conforme relatou um dos profissionais que atendeu a criança, a menina sofreu diversos ferimentos na cabeça. A causa da morte não foi confirmada.

Vitória morreu no dia do aniversário da mãe dela. O corpo da criança será liberado para velório e enterro ainda nesta terça-feira (19) em Claudia. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Comentários Facebook
Leia mais:  Campanha inicia distribuição de cobertores aos municípios
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana