conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil de Cáceres recupera lancha de luxo furtada em Barão de Melgaço

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Uma lancha de luxo furtada na cidade de Barão de Melgaço (113 km ao Sul) foi recuperada pela Polícia Civil de Cáceres (228 km a Oeste), na tarde desta quarta-feira (15.05), em um estacionamento de barcos no município. O suspeito de deixar a embarcação no local foi identificado e possui passagens anteriores por roubo e adulteração de sinal identificador de veículo. 

As investigações iniciaram após os policiais da Delegacia de Cáceres serem informados de que em uma marina, no bairro Jardim Paraíso, havia uma lancha, cachara de 20 pés, com motor Mercury de 150 HP – 4 tempos,, acoplada em uma carretinha de transporte.

Em checagem no sistema, foi verificado que o veículo náutico foi furtado na cidade de Barão de Melgaço, no dia 15 de fevereiro deste ano. Diante da informação, própria empresa entrou em contato com a vítima, informado o paradeiro da embarcação.

O veículo foi encaminhado para o pátio da 1ª Delegacia de Polícia de Cáceres. Posteriormente a vítima compareceu a Delegacia Regional, onde realizou o reconhecimento da lancha, do motor e da carretinha, apresentando os documentos probatórios.

Em continuidade as investigações, os policiais identificaram a pessoa que teria deixado a embarcação na marina, sendo que verificado que o suspeito possui passagens anteriores pelos crimes de roubo e adulteração de sinal de veículo automotor.

Leia mais:  Operação combate a pirataria e apreende produtos falsificados em comércio da Capital

Foram realizadas diversas diligências em busca do suspeito, porém ele não foi localizado e deverá responder em inquérito policial pelo crime de receptação.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Idoso é preso por invadir casa e assediar mulher e filha no Bairro Dona Julia

Publicado

Um idoso de 70 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (22), depois invadir uma casa e assediar mãe e filha, no Bairro Dona Julia em Tangará da Serra.

Isaias Fernandes da Silva, possui mandado de prisão em aberto por homicídio.

Segundo a vítima, ela a filha e mais duas pessoas estavam sentadas na área de casa quando o suspeito invadiu o local. Intransigente, começou a provocar supondo que a mulher amamentasse o filho “dando o peito” a ele. Além das insinuações cometidas, ele aborreceu a menina, tocando nela e impedindo a criança de sair da rede.

A vítima conseguiu expulsar o idoso do local e acionou a Polícia Militar, que realizou buscas pela região e encontrou Isaias Fernandes da Silva, próximo à casa. Preso em flagrante foi encaminhado à Delegacia Judiciária Civil. Em checagem aos registros, constataram haver mandado de prisão em aberto contra o suspeito, expedido em 2014, pela Comarca de Cuiabá, por homicídio. Diante da nova acusação, o idoso poderá ser indiciado por atentado violento ao pudor e ameaça.

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil prende 7 de associação criminosa de roubos a residência
Continue lendo

Polícia

Ex-morador de Tangará da Serra morre em acidente na BR-174

Publicado

Rivelino Ribas de Neira, de 41 anos, morreu na noite do último domingo (19) em um acidente envolvendo dois veículos na BR-174, região do município de Porto Esperidião (MT). Ele era músico e residiu em Tangará da Serra por alguns anos, onde se apresentou em diversas ocasiões.

De acordo com Jhonny Ribas, primo de Rivelino, a vítima viajava na carroceria de um Fiat Fiorino, com placas de Tangará da Serra, quando o veículo quando foi atingido por um VW Gol. Com impacto, Rivelino foi arremessado e morreu na hora.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), informou que o condutor do Gol seguia sentido a cidade de Cáceres, em alta velocidade, e não conseguiu desviar do Fiorino, que seguia logo a frente, no mesmo sentido, vindo a bater na traseira do carro.

Além de Rivelino, outra pessoa, que estava na carroceria, foi arremessada a vários metros, mas sobreviveu.

Ainda de acordo com a PRF, o condutor do veículo Gol apresentou CNH suspensa e apresentava sinais de embriaguez, porém, se negou a fazer o teste de etilômetro (bafômetro). Já o condutor do veículo Fiat Fiorino não é habilitado e transportava pessoas na carroceria, o que também é ilegal.

O caso está sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil.

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil conclui investigações e indicia autores de latrocínio contra servidor público em Várzea Grande
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana