conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil cumpre prisões contra autores de tráfico, roubos e organização criminosa em Sorriso

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil de Sorriso (442 km ao Norte da Capital) deflagrou na manhã desta sexta-feira (08.11), a Operação Parentela, com objetivo de dar cumprimento a 12 mandados de prisões relacionados a crimes de tráfico de drogas roubos, receptação e organização criminosa.

Segundo o delegado André Eduardo Ribeiro, grande parte dos alvos são pessoas que já estão detidas, porém, que continuavam a cometer crimes, enviando ordens de dentro da unidade prisional para comparsas do lado de fora.

No total, foram doze mandados de prisão expedidos pela Justiça com base nas investigações da Polícia Civil de Sorriso, sendo cumpridos 9 das ordens judiciais até o momento, sendo 8 delas dentro de presídios. Três dos suspeitos continuam foragidos e são procurados pela Polícia. 

Em muitos casos identificados nas investigações, os detentos, mesmo estando presos, mantinham contato com o mundo externo, dando ordens para cometimento de crime de roubo e tráfico de drogas. “Uma das situações que chama atenção é de um presidiário que instrui a mãe e os irmãos a atuarem com o comércio de entorpecentes”, disse o delegado.


Outro caso identificado é o de uma detenta, que cobra valores que são repassados a uma facção criminosa e que também atua em julgamentos realizados por membros da organização criminosa. Nas investigações, foi identificado que a suspeita é uma das chefes da facção e faz com que todos os membros do grupo se reportem a ela.

Leia mais:  Policial Civil registra boletim de ocorrência contra organizadores da festa "MT no Mundão", por constrangimento

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook

Polícia

Proprietário de imóvel é agredido por “inquilinos” após pedir desocupação em Tangará da Serra

Publicado

O proprietário de uma quitinete localizada na Rua 07, no Centro, foi agredido na noite desta quarta-feira (20) por um grupo de pessoas após pedir  que desocupassem o imóvel em Tangará da Serra.

Segundo informações da rádio Gazeta FM, a Polícia Militar foi acionada por volta das 23h30 para atender ocorrência de briga generalizada. No local, se depararam com um homem caído, e com profundo corte na cabeça. A vítima contou a equipe que foi verificar uma baderna na residência e quando chegou, viu um grupo usando drogas. Ao pedir que saíssem do local foi agredido por um dos suspeitos.

Na quitinete a PM localizou e apreendeu diversos produtos de procedência duvidosa, sendo quatro mini autofalantes, dois cabos USB novos, duas caixas de som JBL Charge, dois rádios portáteis, duas relações Cofap, onze rolamentos, um fone de ouvido novo, nove facas com bainha, uma bainha, duas mochilas pretas, uma caixa com vários anzóis, uma bolsa vermelha com roupas, um notebook Philco, quatro linhas de pesca, um aparelho de som Pioneer, uma potência de som pirâmide, dois celulares, duas botas Texana, uma bicicleta preta com amortecedor e uma bicicleta azul de garupa.


Os suspeitos Lucimara de Araújo, 37 anos, Beatriz da Silva Araújo, 19 anos presas e os menores  J.V.A.S., 17 anos, M.H.A.S. de 14 anos, F.A.C., 13 anos, e G.B.A., 12 anos de idade apreendidos, todos foram autuados pelos crimes de receptação e tentativa de homicídio.

Leia mais:  Polícia Civil prende ladrão que escalou parede para furtar oficina

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Autor de estupro de vulnerável em Sinop é preso pela Polícia Civil em Marcelândia

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

O autor de um crime de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na segunda-feira (18.11), em ação integrada da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso (DEDMCAI) de Sinop (499 km ao Norte de Cuiabá) com apoio da Delegacia de Marcelândia (710 km ao Norte de Cuiabá).

O suspeito, F.M.Z., de 39 anos, teve o mandado de prisão expedido pela 2ª vara criminal de Sinop com base em investigações realizadas pela DEDMCAI que constataram o crime de estupro de vulnerável. Desde de que teve a ordem de prisão decretada, o acusado estava foragido.

Com informações de que o suspeito estava viajando em uma van em direção a cidade de Marcelândia, os policiais da DEDMCAI acionaram a equipe da Delegacia do município, comunicando sobre a ordem de prisão em aberto contra o investigado.

Os investigadores então pegaram a Rodovia e nas proximidades do Distrito de Atlântica conseguiram identificar e realizar a abordagem da van, em que o suspeito viajava. O procurado foi localizado no interior do veículo, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão.


Após ter a ordem judicial cumprida, o suspeito foi conduzido a Delegacia de Marcelândia para as providências de praxe.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em casas de adolescentes que proferiram ameaças em escolas
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana