conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Polícia Civil cumpre prisão de homem que invadiu ótica em Pedra Preta e desferiu golpes de faca na ex-esposa

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Pedra Preta prendeu na tarde desta sexta-feira (09) o autor da tentativa de feminicídio ocorrida na última segunda-feira, dentro da ótica em que a vítima trabalhava, no centro da cidade.

G.A.S., de 41 anos, invadiu o local de trabalho da ex-mulher, de 33 anos, e desferiu diversos golpes de facas que atingiram órgãos vitais da vítima. Ela foi socorrida ao hospital de Pedra Preta e depois encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Rondonópolis.

A Polícia Civil foi acionada pelo proprietário da ótica e teve acesso a imagens das câmeras de segurança da ótica que mostraram o suspeito chegando ao local, quando deixa o capacete em cima de um balcão. Outro ângulo das câmeras mostraram ele fugindo da ótica, com um objeto na mão, mas sem o capacete.

Equipes da Delegacia da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, realizaram diligências logo após o crime, inclusive na zona rural do município, onde havia informações de que ele estaria, mas não conseguiram localizar o suspeito.

A Polícia Civil apurou que o suspeito não aceitava o término do relacionamento com a ex-mulher. A partir dos indícios coletados, a delegada Lígia Avelar encaminhou na quarta-feira, representação ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do suspeito, uma vez que ele estava foragido.

Nesta sexta-feira, o suspeito foi apresentado na delegacia, acompanhado por um advogado, contudo, a prisão já havia sido decretada.

Após a formalização dos procedimentos na delegacia, o suspeito será encaminhado para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis.

A vítima segue internada em uma unidade de tratamento intensivo do Hospital Regional. Ela teve diversos órgãos vitais atingidos com os golpes desferidos pelo suspeito.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Depois de diversas tentativas de se esconder, foragido de MT por homicídio bárbaro é localizado no litoral catarinense

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A trajetória de fugas de um foragido da Justiça, que cometeu um bárbaro homicídio no interior de Mato Grosso, chegou ao fim com a captura do criminoso nesta segunda-feira (10), na cidade de Balneário Camboriú, no litoral catarinense. A prisão ocorreu depois de informações repassadas pela Gerência de Polinter e Capturas de Mato Grosso à Polícia Civil de Santa Catarina, que levaram à prisão do homem de 30 anos. 

A Polinter recebeu no início deste ano uma solicitação de apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres para localizar o atual paradeiro do fugitivo, que foi identificado como autor de brutal homicídio ocorrido o em 11 de fevereiro de 2011, que vitimou Benedita de Paula Nunes, de 27 anos. A vítima foi cruelmente espancada e torturada até a morte e encontrada em sua residência totalmente despida e com várias lesões no corpo. O crime chocou moradores da cidade diante da gravidade e da forma cruel como a vítima foi morta.

Com o avanço das investigações realizadas pela DEDM de Cáceres e com a autoria do crime definida, após representação criminal da autoridade policial, o Poder Judiciário decretou em outubro de 2019 a prisão preventiva do investigado. Desde então, o autor do crime passou a ser considerado foragido da justiça.

Por diversas vezes, a Polícia Civil tentou capturá-lo, mas sem sucesso, pois ele se refugiava na Bolívia, de onde  retornou poucas vezes ao Brasil.

Em fevereiro deste ano, a Polinter chegou a enviar uma equipe a Cáceres, mas as buscas pelo foragido não tiveram êxito. Uma última tentativa foi realizada para localizá-lo em Goiânia, contudo, com os dados obtidos no decorrer das investigações, a equipe da Polinter conseguiu apurar o possível paradeiro do foragido, cujas informações levavam à região Sul do Brasil.

Em um trabalho em conjunto com a equipe do delegado Vicente Soares, da Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú, os policiais civis do município catarinense checaram prováveis locais onde ele poderia esta e com apoio da Polícia Militar local conseguiram realizar a prisão nesta segunda-feira.

As buscas pelo foragido contaram também com o auxílio da Delegacia Regional de Cáceres.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, para onde o foragido deverá ser recambiado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Suspeito de roubos a bancos com dois mandados de prisão em aberto morre em confronto

Publicado

por


Durante ação na manhã de hoje(11.05) em Campo Verde(131 km de Cuiabá), policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e da 8ª Companhia de Polícia Militares prenderam uma mulher(35 anos), apreenderam droga e celulares e um suspeito com dois mandados de prisão morreu em confronto.  

Armado, ao perceber que seria abordado o suspeito(40 anos) saiu em alta velocidade com seu veículo, um Cívic, por ruas de Campo Verde. Quando estava sendo alcançado pelas equipes da PM, reagiu apontando a arma na direção dos policiais enquanto ainda descia do veículo. Durante a perseguição policial duas viaturas do Bope chegaram a colidir, sem feridos. Com o suspeito os policiais apreenderam uma pistola 9mm.

Foragido da Justiça, o suspeito responde a processos e inquéritos por tráfico de droga e organização criminosa. As equipes da PM descobriram ainda que ele estava usando identidade falsa.

Essa ocorrência de hoje(11) se deu em continuidade a   operação que o Bope desencadeou no dia seis deste mês na região de Primavera dos Leste(321 km de Cuiabá) e região, desencadeada com o objetivo de desmontar plano de roubos a bancos na modalidade ‘novo cangaço’.

A partir de informações produzidas pelo Serviço de Inteligência sobre a descoberta desse plano, o Comando do Batalhão expediu a ordem de serviço 022/2021 e as equipes deslocaram para Primavera e posteriormente para Campo Verde.

A mulher presa é esposa do suspeito morto no confronto. Na casa onde o casal vivia ocorreram as apreensões de droga e dos celulares.  

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana