conecte-se conosco


Polícia

Polícia Civil cumpre prisão de autor de violência doméstica que continuava ameaçar vítima

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado por crimes de violência doméstica e familiar foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, nesta quinta-feira (04.06). A ação foi realizada para cumprimento de mandado de prisão preventiva, decretada pela Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. 

As investigações iniciaram no dia 18 de maio, após a vítima procurar a Polícia Civil e relatar as graves ameaças de morte que vinha sofrendo por parte do ex-companheiro. Segundo a comunicante, o suspeito não respeitava as restrições das medidas protetiva impostas pela Justiça e sempre perturbava sua tranquilidade.

O agressor foi preso em flagrante no dia 24 de abril, porém depois de ser solto passou novamente a transgredir contra a vítima, encaminhando constantes mensagens com teores de ameaça, contra a ex-companheira, dizendo que a vítima estava no corredor da morte e ainda sofreria um “salve” que seria aplicado por uma organização criminosa.

Como prova foram apresentados áudios e mensagens que comprovaram as informações. Para garantir efetividade às medidas protetivas, e com intuito de evitar um possível feminicídio, a a delegada Mariell Antonini representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foi deferido pela Justiça.

Diante da ordem judicial, os policiais da Delegacia Especializada em Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande conseguiram localizar e prender o suspeito nesta quinta-feira (04), o qual foi encaminhado para uma unidade prisional à disposição do Poder Judiciário.  

De acordo com a delegada que coordenou as investigações, Mariell Antonini Dias Viana, mesmo em período de pandemia a Polícia Judiciária Civil continua trabalhando firmemente com intuito de prevenir e apurar delitos.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

PM tira armas de fogo e réplicas de circulação na área metropolitana e cidades do interior

Publicado

por


.

Policiais militares prenderam sábado e madrugada deste domingo (11 e 12.07) cinco homens por porte ilegal de arma de fogo.

Em Vila Bela da Santíssima Trindade, a ocorrência foi atendida pelas equipes da Rotam e do Grupo de Fronteira (Gefron) que prenderam um homem e apreenderam dois rifles, um revólver calibre 38, 118 munições de calibres 22, 38 e 36, além de três estojos vazios.

Os agentes realizavam a Operação Vigia quando deram ordem de abordagem ao motorista de uma caminhonete S10 branca, parada numa área isolada. Na abordagem, o homem disse que não estava com a carteira de habilitação e os documentos pessoais.

Os policiais foram com ele até o hotel onde estava hospedado. No quarto, os militares encontraram as munições. Logo depois se dirigiram até a fazenda onde ele mora, onde encontraram as três armas de fogo.

Na região metropolitana, os policiais da 20ª Companhia de Força Tática foram informados por meio de denúncia que um homem  monitorado por tornozeleira eletrônica estaria praticando vários roubos em bairros na capital e Várzea Grande. Em diligência, o suspeito foi abordado e levou os policiais até a sua casa no bairro Jardim Ikarai, em Várzea Grande, onde foi encontrado o revólver calibre 32, com uma munição e uma réplica de pistola.  

Em Sinop, a equipe do 11º BPM foi informada que um homem estaria armado em uma conveniência, na área central da cidade. No local, os militares confirmaram a informação apreendendo com o denunciado uma pistola calibre 380, com 14 munições.  

Em Castanheira, os policiais do 20º BPM realizavam patrulhamento quando solicitaram ordem de abordagem no motorista do veículo HB20 cinza. Na vistoria no carro, os policiais encontraram um revólver calibre 22 – numeração raspada, com cinco munições. Perceberam também que a placa do veículo era falsa e via sistema foi encontrado queixa de roubo ocorrido em maio do ano passado, em Cuiabá.    

Em Juara, os policiais da 21º BPM apreenderam três adolescente que estavam com uma réplica de revólver, no bairro João de Barro. A denúncia via 190 descrevia a casa onde o grupo estava como ponto de uso de droga. Na vistoria, foi encontrado apenas o simulacro e o trio encaminhado à delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

PM encontra festa promovida por organização criminosa e prende 13 pessoas em Barra do Bugres

Publicado

por

Policiais militares da 12ª Companhia de Barra do Bugres encaminharam à delegacia na madrugada deste domingo (12), 13 pessoas por infringirem a determinação de evitar aglomeração em período de pandemia.  Eram sete homens, quatro mulheres e dois adolescentes de 15 anos.

Segundo denúncia, uma festa era promovida por organização criminosa em uma casa na MT-447, com consumo de álcool e droga e presença de menores de idade. Quando os policiais chegavam foram recebidos com arremessos de garrafas e pedras, além de pessoas correndo para uma área de mata. A situação foi contida e parte do grupo abordado – confirmando a informação passada pela denúncia.

Na abordagem, foram encontrados no bolso de uma dos homens sete porções de maconha e no seu veículo, um Renault Clio vermelho mais uma porção maior da mesma droga. Ele seria o organizador da festa e membro de uma organização criminosa.

Na ação, foram apreendidos oito veículos, sendo eles Corsa, Celta, Strada, Gol, três motocicletas, além do Clio com a droga.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana