conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Polícia Civil cumpre mandados em operação de combate ao tráfico em Guarantã do Norte

Publicado


Uma operação com objetivo de coibir o tráfico de drogas em Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) foi deflagrada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (07.04), para cumprimento de 20 ordens judiciais, sendo 13 mandados de prisão e sete de busca e apreensão.

A operação “Leyeda”, deflagra pela Delegacia de Guarantã do Norte e parceria da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis, contou com o apoio de policias de todo o estado, com equipes de Tangará Da Serra, Juína, Sinop, Peixoto de Azevedo, Matupá, Cuiabá, Itaúba, Terra Nova do Norte, Nova Mutum, Marcelândia e Alta Floresta, contando com mais de 80 policiais civis envolvidos.

No total, foram cumpridos 12 mandados em Guarantã do Norte, quatro mandados dentro de presídios em Sinop, Colíder e Peixoto de Azevedo, dois mandados de prisão em Rondonópolis e um em Juara.

Em Rondonópolis, foram cumpridos mandados contra os chefes do tráfico de drogas em Guarantã do Norte, um deles considerado foragido da Justiça com dois mandados de prisão em aberto por homicídios.

A esposa do suspeito também foi presa como responsável pela arrecadação advindos das “bocas de fumo” na cidade. Nas contas bancárias da suspeita foram bloqueados e sequestrados os valores referentes ao crime.

Na casa do casal responsável por gerir a distribuição de entorpecentes e a contabilidade do tráfico de drogas nos dois municípios, localizada no bairro Paiaguás em Rondonópolis, foram apreendidos entorpecentes e apetrechos para o tráfico de drogas, além de um simulacro de arma de fogo.

Durante o cumprimento dos mandados na cidade de Guarantã do Norte, foram apreendidos entorpecentes, balanças de precisão, embalagens de drogas e quase 10 mil reais em dinheiro.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Victor Hugo Caetano de Freitas, com a operação, há o sentimento de entrega de paz social à sociedade, uma vez que o tráfico de droga fomenta outros crimes. “A desarticulação do tráfico na cidade é uma ação efetiva de combate à criminalidade, uma vez que o comércio de drogas deriva em roubos, furtos, homicídios e outros crimes que foram e serão evitados”, destacou o delegado. .

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Cidades

Quatro morrem carbonizados e um fica ferido em acidente na BR-364

Publicado

Quatro pessoas morreram carbonizadas nesta segunda-feira, 04, após uma grave colisão entre uma Toyota Hilux e uma carreta, na BR-364, entre Comodoro e Campos de Júlio (389 e 313 km de Tangará da Serra, respectivamente). Além dos mortos, uma pessoa ficou gravemente ferida.

Veja abaixo o vídeo do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos bateram de frente. O trecho na região está interditado para o atendimento da ocorrência.

Vídeo do local do acidente mostra o estrago. A caminhonete partiu ao meio com a batida. A carroceria ficou “para trás” e a cabine foi arrastada alguns metros. Veja vídeo no fim da matéria.

Nas imagens é possível ver bastante fumaça no local e alguns focos de incêndio às margens da pista.

O vídeo também mostra o corpo de um homem carbonizado no meio da pista e outros dois dentro da Hilux. “Gente queimando vivo aqui, gente, que acidente horrível. Você está doido”, narra.

O homem que gravou as imagens ainda conta que o motorista da carreta estava vivo dentro do veículo.

ATENÇÃO: IMAGENS SÃO FORTES

Com Repórter MT

Continue lendo

Barra do Bugres

Pai e filhos são presos na Barra por matar homem com tiro e golpes de facão em Alagoas

Publicado

O Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, coordenado pelo Delegado Adil Pinheiro de Paula, com apoio da Delegacia de Barra do Bugres e atendendo a uma solicitação do Núcleo de Inteligência da SSP de Alagoas, cumpriu nesta manhã de quinta-feira, 30, três mandados de prisão pelo crime de homícidio.

Os três indivíduos presos são pai e filhos. O crime aconteceu no Assentamento São Luiz, Povoado de Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia no Estado de Alagoas.

Segundo o Delegado Adil Pinheiro, os suspeitos em dezembro de 2012 assassinaram a vítima Jakson Batista da Silva com disparo de arma de fogo e golpes de facão. Os criminosos estavam escondidos em Barra do Bugres.

De acordo com a PJC, os presos passaram por exame de corpo delito e foram encaminhados para a Cadeia Pública de Barra do Bugres, onde ficam a disposição da justiça.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana