conecte-se conosco


Mato Grosso

Polícia Civil cumpre dois mandados de prisão por homicídio ocorrido na capital

Publicado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) cumpriu nesta semana mais dois mandados de prisão preventiva em desfavor de R.A.S e P.A.G, suspeitos da morte de Gilberto Gomes Duarte, ocorrida em julho de 2016. A vítima era padrasto de um dos investigados. Os mandados de prisões foram deferidos pela 12ª Vara Criminal de Cuiabá.

Ambos já haviam sido presos temporariamente no início de setembro deste ano por representação da Polícia Civil que investigava o crime, que chocou a vizinhança do residencial Salvador Costa Marques, na capital, pela agressividade com que foi cometido.

De acordo com o delegado Olímpio da Cunha Fernandes Júnior, a vítima foi brutalmente golpeada com uma faca e morreu em decorrência do ferimento.

Os dois serão indiciados por homicídio qualificado e alteração da cena do crime, tendo em vista que o local da ocorrência foi modificado para tentar encobrir a dinâmica da ação criminosa.

Um dos presos, R.A.S, enteado da vítima, já cumpriu pena de cinco ano por outro homicídio na cidade de Alto Araguaia e desta vez, além do crime de homicídio com qualificadora, poderá ser responsabilizado pela adulteração da cena do crime.

Conforme investigações da DHPP, a princípio, o crime parecia ter ocorrido na cozinha externa do imóvel, pois só lá haveria sangue e outros sinais, porém, a perícia técnica comprovou que o local foi modificado na tentativa de atrapalhar as investigações. Posteriormente, com o resultado da perícia foi possível verificar que também havia sangue dentro da residência.

Além das evidências, os dois identificados foram vistos saindo da cena do crime, logo após o ocorrido. Ouvidos em declarações durante as investigações, os dois suspeitos negaram a participação no crime.

Comentários Facebook

Educação

Mato Grosso não tem previsão para o retorno das aulas presenciais

Publicado

As aulas presenciais na rede estadual não têm data de retorno em Mato Grosso e a previsão mais curta aponta para um cenário favorável a partir do fim de setembro. 

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) diz que aguarda a avaliação de autoridades em saúde para começar a discutir e, no momento, não possui estimativa de quando será possível programar a liberação de alunos nas escolas. 

Estudos apontam que o momento seguro para a volta das aulas seria quando a taxa de contágio ficar abaixo de 1 pessoa a cada grupo de 100 mil pessoas. Em Mato Grosso, conforme pesquisa da Universidade Federal Mato Grosso (UFMT), haverá registros em momentos diferentes desse fenômeno.  

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso distribuiu 23,8 mil testes para a região Oeste

Publicado

por


.

O Governo de Mato Grosso enviou 23,8 mil testes rápidos de covid-19 para os 22 municípios que compõem a região Oeste do estado, a exemplo de Pontes e Lacerda e Sapezal (veja a lista completa ao final da matéria).

Todos os testes já foram recebidos pelas prefeituras, que devem encaminhá-los para a atenção básica de Saúde. No total, o Estado adquiriu 400 mil testes rápidos, sendo que 300 mil estão sendo distribuídos para os 141 municípios de Mato Grosso.

Os outros 100 mil estão à disposição do Centro de Triagem Covid-19, na Arena Pantanal, e dos hospitais administrados pelo Executivo. Além destes, mais 100 mil testes foram doados por uma empresa.

“Sabemos que há uma dificuldade muito grande dos municípios para a aquisição, e por isso o Estado têm dado mais essa contribuição”, afirmou o governador Mauro Mendes.

O governador ressaltou que a testagem auxilia as pessoas com sintomas leves a iniciarem o tratamento de forma precoce. A base de cálculo usada para a distribuição é de 8,5% da população de cada município.

“Com o teste rápido disponível já na UPA, na policlínica ou no PSF, o paciente que estiver contaminado já consegue descobrir a doença no início e partir para o tratamento precoce. Isso evita que a situação se agrave e ele venha a precisar de uma UTI. É uma ferramenta que ajuda a salvar vidas”, destacou.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa é uma forma do Governo de Mato Grosso incentivar a testagem e reforçar a atuação da atenção primária à Saúde, “que é uma responsabilidade dos municípios”.

“Além de fornecer testes, o Estado também atua fortemente no Centro de Triagem da Covid-19, que amplia consideravelmente o número de diagnósticos realizados da Baixada Cuiabana e facilita o acesso ao tratamento precoce”, pontuou Figueiredo.

Os testes adquiridos pelo Governo custaram até 11 vezes mais baratos que os adquiridos em outros estados. Enquanto os preços praticados nos demais estados variaram entre R$ 55 a R$ 199 por cada teste, o Governo de Mato Grosso conseguiu adquirir diretamente de uma fabricante chinesa por U$S 3 dólares, ou seja, R$ 17,83, considerando frete e o valor do dólar pago nas aquisições.

Confira a quantidade distribuída para cada um dos 22 municípios da região oeste:

MUNICÍPIO

TESTES DISTRIBUÍDOS

ARAPUTANGA

1.425

CAMPO NOVO DO PARECIS

3.000

CAMPOS DE JÚLIO

575

COMODORO

1.775

CONQUISTA D’OESTE

350

CURVELÂNDIA

450

FIGUEIRÓPOLIS D’OESTE

300

GLÓRIA D’OESTE

250

INDIAVAÍ

225

JAURU

750

LAMBARI D’OESTE

525

MIRASSOL D’OESTE

2.350

NOVA LACERDA

575

PONTES E LACERDA

3.850

PORTO ESPERIDIÃO

1.025

RESERVA DO CABAÇAL

225

RIO BRANCO

450

SALTO DO CÉU

275

SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

1.600

SAPEZAL

2.200

VALE DE SÃO DOMINGOS

275

VILA BELA DA SANTÍSSIMA TRINDADE

1.375

TOTAL

23.825

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana