conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Polícia Civil capacita profissionais de segurança em cumprimento de mandados de alto risco

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Vinte profissionais de forças de segurança que atuam nas cidades de Sinop, Sorriso e Nova Ubiratã concluíram um curso de capacitação em Cumprimento de Mandados de Alto Risco (Comar) promovido pela Polícia Civil de Mato Grosso, com apoio de instituições parceiras.

Realizado em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), o curso foi coordenado pela Gerência de Operações Especiais (GOE) e apoio da Delegacia Regional de Sinop, Delegacia de Sorriso e Conselho Comunitário de Segurança de Sorriso, com carga horária de 60 horas. Os participantes receberão certificação pela Academia da Polícia Civil.

O delegado regional de Sinop, Carlos Eduardo Muniz, destaca a importância de aprimorar e aperfeiçoar as atividades policiais para que os profissionais atuem com eficiência no cumprimento de missões de alto risco. “A atualização de conhecimento e técnicas é fundamental para que nossos profissionais possam executar as ações empregando táticas modernas, especialmente em situações que envolvam alto risco”, disse Muniz.

A capacitação foi realizada de 11 a 16 de janeiro e contou com a participação de policiais civis da região e integrantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Penal e Ciopaer que passaram por instruções práticas e conhecimentos modernos em táticas policiais para cumprimento de mandados visando aumentar a eficiência e a segurança dos profissionais no ambiente operacional.

O delegado de Sorriso, Márcio Henrique Portella, enfatiza que treinamento e capacitação são fundamentais para todos os servidores, independentemente da área de atuação, pois a sociedade ganha uma polícia mais preparada e com melhores condições de exercer seu trabalho com mais eficiência e operacionalidade.

“Na área da segurança pública assumem papel ainda mais relevante, tendo em vista a variedade de problemas que a polícia tem que enfrentar diariamente. Poder participar de um curso de extrema qualidade técnica e grau de especialização ministrado por profissionais comprometidos, e com a participação integrada das forças de segurança é enriquecedor do ponto de vista profissional e pessoal.

Durante os seis dias de curso, realizado no Clube de Tiro de Sorriso e na unidade do Ciopaer, os profissionais de segurança receberam instruções da equipe da GOE e aulas teóricas ministradas pelo professor e promotor de Justiça, Luiz Fernando Rossi Pipino.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Polícia

Suspeito de tentar matar companheira em Tangará da Serra é preso pela Polícia Civil cinco dias após o crime

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de uma tentativa de feminicídio ocorrida na segunda-feira (01.03) no município de Tangará da Serra teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, neste sábado em ação da Delegacia Especializada da Defesa da Mulher do município com apoio das equipes do Centro de Detenção Provisória (CDP) e da Delegacia de Campo Novo do Parecis.

 O suspeito de 28 anos teve o mandado de prisão expedido pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05), sendo a ordem judicial cumprida menos de 24 horas depois no município de Campo Novo do Parecis.

O crime ocorreu na noite de segunda-feira (01) quando o suspeito e a vítima tiveram uma discussão, momento em que ele pegou uma faca e desferiu dois golpes contra a companheira, a atingindo na região da cabeça e da barriga. A vítima também teve um corte no dedo enquanto tentava se defender dos golpes Logo após o crime o suspeito fugiu do local.

Uma vizinha que acionou a equipe do Samu e da Polícia, porém antes da chegada dos primeiros socorros, a vítima sofreu convulsões e desmaiou em decorrência dos ferimentos. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o suspeito, porém a vítima só teve condições de ser ouvida na quarta-feira (03).

O suspeito já era monitorado por tornozeleira eletrônica em razão de violência doméstica praticado contra outra mulher no município de Barra do Bugres.  

Com base na oitiva da vítima, a delegada Liliane Soares Diogo representou pela prisão preventiva pelo crime de feminicídio, a qual foi deferida pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05).

Imediatamente após a expedição do mandado, a equipe da DEDM de Tangará da Serra iniciou os trabalhos para prender o suspeito e na manhã deste sábado (06), com informações fornecidas pela Centro de Detenção Provisória conseguiu informações de que o procurado estava em Campo Novo do Parecis.

Foi solicitado o apoio da equipe da Polícia Civil do município que conseguiu dar o efetivo cumprimento ao mandado de prisão do suspeito. Ele foi conduzido à delegacia para as providências de praxe e posteriormente será encaminhado para a unidade prisional à disposição da Justiça.  

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Batalhão Ambiental encontra homens com pescado proibido e aplica multa de R$ 10 mil

Publicado

por


Uma equipe do Batalhão de Proteção Ambiental em Porto Estrela (a 194 km de Cuiabá) encaminhou à delegacia, nesta sexta-feira (05.03), dois homens (40 e 58 anos), por pesca predatória.

Os policiais realizavam patrulhamento pela Estrada do Boi Morto, nas proximidades da MT-343 e deram ordem de parada ao motorista do Fiat Strada branco, na companhia de um passageiro. Na abordagem, os dois se identificaram como pescadores e na vistoria, os agentes encontraram dois exemplares de peixe Dourado.

Questionados, alegaram que tinham acabado de pescar e levavam para consumo em casa. Disseram terem conhecimento da proibição da pesca desse tipo de pescado.

Diante a situação, foram emitidos autos de inspeção, infração e apreensão, além da multa no valor de R$ 10 mil.  

Serviço

Conforme  a Lei 9.794/2012, que segue em vigor, fica vedada a captura, comercialização e transporte das espécies Dourado (Salminus brasiliensis) e Piraíba (Brachyplatystoma filamentosum), no Estado de Mato Grosso. O que significa que mesmo após o fim do período de defeso da Piracema, a pesca das duas espécies não é permitida em todo território estadual.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana