conecte-se conosco


Polícia

PM recupera veículo que ainda não tinha sido emplacado em Campo Verde

Publicado


.

Policiais militares da 8ª Companhia de Campo Verde (a 131 km de Cuiabá) recuperaram na madrugada desta terça-feira (04.08), um veículo Hyundai Creta, no bairro Jaupiara.

Os agentes foram informados de um roubo a residência, no bairro Jardim Campo Verde. Quando chegaram ao local, encontrando a vítima, um senhor, que contou ter sido rendido por três homens.

Um dos criminosos o obrigou a ir até o seu estabelecimento comercial localizado em outro endereço e entregar o dinheiro do caixa. Os dois que ficaram levaram objetos eletrônicos e o seu veículo que ainda não tinha sido emplacado.

Em diligência, na busca dos envolvidos, os policiais encontraram o carro abandonado em uma travessa. Os suspeitos não foram localizados.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

 

 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Polícia

Polícia Civil prende casal por latrocínio que vitimou professor aposentado em Pedra Preta

Publicado

por


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um casal que teve o envolvimento identificado em um latrocínio ocorrido em Pedra Preta (238 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (04.08), após ser identificado nas investigações da delegacia do município.

O crime que vitimou o professor municipal recém-aposentado, Sérgio Ferreira Dias Neto, de 55 anos, ocorreu no dia 11 de março de 2019. A vítima estava em seu sítio na zona rural de Pedra Preta quando foi surpreendida pelos criminosos e atingida com diversas pauladas na cabeça.

O corpo foi localizado na manhã seguinte, já sem vida, com lesões na cabeça e mãos amarradas para trás. Os suspeitos subtraíram a caminhonete GM S-10 da vítima e uma espingarda.

Assim que tomou conhecimento dos fatos, a equipe de policiais civis de Pedra Preta passou a realizar diversas diligências para esclarecimento do crime. A investigação apontou que um funcionário que trabalhava no sítio da vítima era o mentor do crime.

Com base no relatório de investigação, o delegado João Paulo Praisner representou pela prisão preventiva do casal de funcionários, um homem de 32 anos e uma mulher de 37, que foram decretadas pela Justiça.

As ordens de prisão foram cumpridas nesta terça-feira (07), sendo a mulher localizada na região central de Pedra Preta enquanto fazia compras. O suspeito por sua vez teve o mandado de prisão cumprido na Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, onde já estava recolhido por cometimento de tráfico de drogas.

A suspeita foi encaminhada para a Delegacia de Polícia de Pedra Preta, onde interrogada, confessou que tinha conhecimento do planejamento do crime, confirmando que o companheiro foi um dos executores do latrocínio. Ela revelou que a princípio a intenção do companheiro era subtrair a caminhonete, porém durante a execução do roubo a vítima acabou sendo morta a pauladas.

O delegado parabenizou o toda a equipe de policiais civis de Pedra Preta pelo empenho na elucidação do caso. “É mais um crime grave esclarecido no município, sendo a vítima era um professor recém-aposentado e pessoa bastante conhecida na cidade”, disse João Paulo Praisner

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Casal tenta despistar barreira, mas PM descobre roupas furtadas de lojas em Cláudia e Sinop

Publicado

por


.

Policiais militares do 3º Pelotão de Cláudia (a 620 km de Cuiabá) prenderam nesta segunda-feira (03.08), um homem e uma mulher por furtos.

A equipe realizava bloqueio policial na MT-423 sentido cidade de Marcelância quando percebeu que o motorista de um veículo manobrou seguindo outra direção. Devido à atitude, foi iniciado o acompanhamento e abordagem.

No veículo estava uma mulher e várias roupas novas com etiquetas no banco de trás. Questionado, o homem disse que tinha comprado as peças em Goiânia para revender em Peixoto de Azevedo, porém, foi indagado por estar fora da rota do destino.

Com a contradição, os policiais iniciaram a vistoria nas peças e, encontraram as etiquetas de duas lojas localizadas em Cláudia e Sinop. Em contato com os proprietários, confirmaram os furtos e as  características dos suspeitos batiam com as do casal.

A dupla confessou. Um entrava na loja e despistava o vendedor enquanto outro vestia mais de duas peças no provador. Logo em seguida, saiam com a desculpa que iam buscar o cartão do banco que tinha ficado no carro.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana