conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

PM prende três suspeitos e apreende droga e dinheiro em duas ocorrências em Várzea Grande

Publicado


Em duas ações distintas na repressão permanente ao tráfico de drogas, policiais militares prenderam três suspeitos e apreenderam droga e dinheiro no início da noite desta sexta-feira(15.01) em Várzea Grande, nos bairros Jardim Umuarama 2 e Jardim Maringá I, ambos na região do Grande Cristo Rei.

No Jardim Umuarama, por volta das 20hs, policiais da 15ª Companhia de Força Tática do 2º Comando Regional abordaram um homem(de 29 anos) e apreenderam com ele um tablete de maconha. A ação continuou e na casa dele foram apreendidas mais cinco barras e três pedaços grandes da mesma droga.

Na casa, que ele disse ser usada somente como esconderijo de droga, a equipe da Cia FT ainda apreendeu um rolo de papel filme e uma mochila que supostamente era usada para armazenar entorpecente quando saia para fazer entrega. A consulta do nome do suspeito apontou que tem quatro passagens criminais por tráfico e outros crimes.

No Jardim Maringá I, pouco antes, as 18hs, policiais do Grupo de Apoio(GAp) do 25º Batalhão de PM prenderam mãe e filho, a mulher de 43 anos e o filho de 22, por tráfico de droga.

Na sala de visita da casa a equipe GAp flagrou o preparo de droga para venda em porções e apreendeu 110 porções de maconha e pasta base, além de R$ 355,90 em espécie, recipientes onde misturavam os produtos, sacolas plásticas cortadas, entre outros produtos.

Os policiais continuam fazendo buscas aos dois homens que estavam em uma motocicleta próxima ao suspeito preso no momento da primeira tentativa de abordagem, ainda na rua, na frente da casa onde ocorreram as prisões. Esse suspeito correu para o interior da residência, onde estava a mãe embalando a droga, enquanto os motociclistas saíram em alta velocidade.

Os presos, a droga e demais materiais apreendidos nas duas ocorrências foram entregues no plantão da Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Cis Parque do Lago.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Polícia

Derf Confresa completa um ano de funcionamento com redução de roubos e furtos no município

Publicado

por


Assessoria | Polícia Civil-MT

O mês de fevereiro de 2021 marcou um ano de funcionamento da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) na cidade de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá). Durante o período, a unidade especializada apresentou elevado grande produtividade, contribuindo para a redução em crimes contra o patrimônio no município e região.

Após a instalação da Delegacia de Roubos e Furtos no município no ano de 2020 ocorreu a diminuição dos crimes patrimoniais (roubos, furtos e receptação) reduzindo os índices em 82% em relação ano de 2019.

O delegado da Derf Confresa, Bruno Gomes, disse que em fevereiro de 2020 houve um aumento nos índices de roubos no município, porém com a instalação da especializada nos meses seguintes foi possível perceber a grande redução dos índices.

A diminuição dos índices de roubos e furtos no comparativo entre os anos de 2019/2020 variaram mês a mês, havendo a redução de 75% em abril, 78% em maio e 40% em junho. O ápice ocorreu no mês de setembro quando a redução chegou a 100%, ocasião em que não foi registrado nenhum crime de roubo na cidade de Confresa.

No balanço anual, englobando todos os meses de 2020, a redução nos crimes de roubos e furtos em Confresa foi de  82% em comparação ao ano de 2019. Segundo o delegado, durante o ano a  Derf Confresa concluiu  51 inquéritos policiais com autoria identificada que foram encaminhados ao Poder Judiciário. 

 “Podemos considerar 51 pessoas ou 51 fatos de roubo e furto que foram devidamente apurados, na maioria deles os autores presos, sendo os procedimentos remetidos à Justiça com cópia para o Ministério Público Estadual para prosseguimento da ação penal, e ao final do processo o indivíduo possa ser condenado”, disse o delegado. 

Bruno Gomes agradeceu a toda equipe de policiais civis que desempenham suas funções com dedicação e comprometimento, além da população pela confiança que tem na Polícia Civil do município e afirmou que os trabalhos seguem visando trazer cada vez mais segurança para o cidadão de Confresa. 

“A Polícia Civil de Confresa está combatendo de forma brilhante esses tipos de crimes que incomodam as pessoas, pois os criminosos invadem as residências, os comércios e tem os seus patrimônios e bens materiais subtraídos, muitas das vezes de forma violenta e agressiva”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Suspeito de tentar matar companheira em Tangará da Serra é preso pela Polícia Civil cinco dias após o crime

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de uma tentativa de feminicídio ocorrida na segunda-feira (01.03) no município de Tangará da Serra teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, neste sábado em ação da Delegacia Especializada da Defesa da Mulher do município com apoio das equipes do Centro de Detenção Provisória (CDP) e da Delegacia de Campo Novo do Parecis.

 O suspeito de 28 anos teve o mandado de prisão expedido pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05), sendo a ordem judicial cumprida menos de 24 horas depois no município de Campo Novo do Parecis.

O crime ocorreu na noite de segunda-feira (01) quando o suspeito e a vítima tiveram uma discussão, momento em que ele pegou uma faca e desferiu dois golpes contra a companheira, a atingindo na região da cabeça e da barriga. A vítima também teve um corte no dedo enquanto tentava se defender dos golpes Logo após o crime o suspeito fugiu do local.

Uma vizinha que acionou a equipe do Samu e da Polícia, porém antes da chegada dos primeiros socorros, a vítima sofreu convulsões e desmaiou em decorrência dos ferimentos. Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências para localizar o suspeito, porém a vítima só teve condições de ser ouvida na quarta-feira (03).

O suspeito já era monitorado por tornozeleira eletrônica em razão de violência doméstica praticado contra outra mulher no município de Barra do Bugres.  

Com base na oitiva da vítima, a delegada Liliane Soares Diogo representou pela prisão preventiva pelo crime de feminicídio, a qual foi deferida pela Justiça no final da tarde de sexta-feira (05).

Imediatamente após a expedição do mandado, a equipe da DEDM de Tangará da Serra iniciou os trabalhos para prender o suspeito e na manhã deste sábado (06), com informações fornecidas pela Centro de Detenção Provisória conseguiu informações de que o procurado estava em Campo Novo do Parecis.

Foi solicitado o apoio da equipe da Polícia Civil do município que conseguiu dar o efetivo cumprimento ao mandado de prisão do suspeito. Ele foi conduzido à delegacia para as providências de praxe e posteriormente será encaminhado para a unidade prisional à disposição da Justiça.  

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana