conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

PM prende suspeitos de sequestrar e matar ex-jogador de futebol

Publicado


A Polícia Militar do 11º Batalhão prendeu dois homens de 30 e 21 anos por sequestro e homicídio da vítima identificada como William Sant’Ana de 21 anos, na última sexta-feira (17), em Sinop. Ele era ex-jogador de futebol e os suspeitos confessaram que participaram do crime e informaram onde haviam ocultado o corpo da vítima.  

A ação contou com o apoio de policiais do Grupo Raio, do GAP (Grupo de Apoio) e da Agência Regional de Inteligência (ARI). Segundo o boletim de ocorrência, após a Polícia Militar solicitar análise local de uma tornozeleira eletrônica à ARI, foi verificado que o homem de 30 anos esteve na hora e no local do crime. Diante das informações, os policiais iniciaram patrulhamento pelo bairro Boa Esperança, em Sinop, e localizaram o primeiro suspeito. 

Durante a abordagem, o suspeito confessou o crime e contou que a vítima teria praticado um crime de estupro e que durante o sequestro, dentro do carro, a quadrilha havia feito vídeochamada por celular mostrando a vítima para integrantes de uma organização criminosa. O suspeito contou ainda que ficou no carro, enquanto a vítima era executada e que chegou a ouvir dois disparos de arma de fogo. 

O suspeito indicou para a PM o local que onde haviam escondido o corpo da vítima, uma mata de difícil acesso, às margens do Rio 15. Os policiais fizeram o isolamento da área e acionaram a Polícia Judiciária Civil.  O homem já preso pela PM informou ainda o envolvimento de um outro indivíduo, de 19 anos, que foi localizado no bairro Boa Esperança pela guarnição do RAIO.

O comparsa confirmou os fatos narrados pelo primeiro suspeito preso. Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Visitas presenciais em cadeias e penitenciárias serão retomadas a partir do dia 29

Publicado

por


As visitas presenciais nas unidades penais de Mato Grosso vão retornar a partir de 29 de outubro de 2021. A portaria 070/2021, que estabelece as diretrizes para a retomada das visitas e atendimento presencial no Sistema Penitenciário, ainda será publicada no Diário Oficial do Estado até segunda-feira (25.10). 

Dentre as medidas está um visitante por recluso, exigência da apresentação da carteira de vacinação comprovando que tenha tomado as duas doses da vacina contra a covid-19 ou a vacina de dose única. Visitantes com sintomas característicos da covid-19 não vão poder ingressar na unidade. As carteiras individuais de visita terão a validade prorrogada pelo período de 8 meses, após a publicação da portaria em Diário Oficial. 

Também será obrigatório o uso de máscaras de proteção, distanciamento social de 1,5 metro, aferição de temperatura, além da ausência dos sintomas e imunização completa.

Cada unidade penal vai estabelecer a data, período e horário de visitação, que nunca poderá ser inferior a 1 hora. No dia da visita não será permitido a entrada de materiais como alimentos, medicamentos e materiais permanentes, havendo dias específicos para este fim.

Na Penitenciária Central do Estado (PCE) e no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), ambas na capital, as visitas presenciais não retornam dia 29. Nestas unidades as visitas serão retomadas após 15 dias da segunda dose da vacinação contra a Covid-19. A imunização encerra nesta sexta-feira (22). 

As atividades religiosas serão permitidas com a entrada de um representante por período. Da mesma forma, está autorizado o atendimento presencial dos advogados, respeitando as orientações do diretor de cada unidade.

As medidas previstas na portaria poderão ser reavaliadas a qualquer momento pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, por meio da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP).

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Turma Recursal do Procon aplica 3,4 milhões em multas no mês de outubro

Publicado

por


A Turma Recursal do Procon Estadual julgou 87 recursos no mês de outubro. O valor das multas aplicadas na sessão de julgamento, realizada na quinta-feira (14.10), resultou no total de R$ 3.450.444,34.

As sanções são aplicadas aos fornecedores por infrações ao Código de Defesa do Consumidor (CDC) e outras legislações consumeristas. Os processos têm origem em reclamações registradas pelos consumidores junto ao Procon Estadual. Outros casos resultam de ações de fiscalização realizadas pela Coordenadoria de Fiscalização, Controle e Monitoramento de Mercado do Procon-MT.

Em outubro, a maioria dos processos julgados referem-se a produtos e serviços (26 processos); energia elétrica (18); serviços financeiros (16); postos de combustíveis (11); transportes (08); água e esgoto (05).

Até dezembro, a Turma Recursal irá julgar 1.058 processos de segunda instância, que tramitam no Procon Estadual de 2011 a 2017. No total, serão realizadas nove sessões de julgamento, sendo uma por mês. 

O calendário completo de julgamentos da Turma de 2021, os editais e as atas das sessões já realizadas estão disponíveis aqui.

Turma Recursal

A Turma Recursal é responsável pelo julgamento definitivo de todos os processos com caráter administrativo do Procon Estadual. Os processos são julgados em decisão colegiada composta pelos membros da Turma e pelo secretário-adjunto do órgão de defesa do consumidor, Edmundo Taques. 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana