conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

PM flagra suspeitos carregando objetos e frustra a ação criminosa

Publicado

Dois homens acabaram presos com duas armas e 54 munições intactas, e um menor foi detido, no Centro de Nova Mutum, quando praticavam um roubo encomendado. A intenção era roubar uma Hilux, que seria levada para a Bolívia onde seria trocada por entorpecentes. A ação foi frustrada por um policial militar, que posteriormente contou com apoio da Força Tática do 26º Batalhão.

O proprietário da residência estava em uma comemoração com amigos, por volta das 22h desta terça-feira (13.11) quando foi avisado pela empresa de segurança de que os alarmes de sua casa tinham disparado. Imediatamente ele e um policial militar que estava entre os convidados se deslocaram para o endereço, no Centro de Nova Mutum, surpreendendo os suspeitos que carregavam vários pertences da vítima.

Assim que receberam voz de prisão os suspeitos Guilherme de Souza, 27 anos, e W.V.S., 17,  apontaram as armas contra o militar que revidou a injusta agressão. Guilherme que portava o revólver 38 com quatro munições intactas foi atingido no braço esquerdo e o projétil estaria alojado nas costelas, e no menor que estava com a pistola .380 com cinco munições, o tiro foi no braço direito, que transfixou o peito. Ambos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros Militar até o pronto socorro municipal e permaneceram, segundo o boletim de ocorrência, sob cuidados médicos.

Um terceiro envolvido identificado como Denilson Lemes dos Santos, 18, conseguiu fugir do cerco policial. Diligências foram realizadas na casa dele na tentativa de localizá-lo, mas sem êxito.

Equipes da Força Tática localizaram duas mochilas com diversos pertences da vítima e várias munições que estariam em poder dos suspeitos.

Segundo relato dos detidos, a ação criminosa foi a mando de Bruno Ojeda Amorim, que teria encomendado e planejado o roubo da caminhonete.

As armas, incluindo uma faca e 54 munições foram encaminhadas para a delegacia de polícia, bem como os objetos retirados da residência, dois notebooks com carregadores, câmera digital da marca Canon, Ipod, celular Iphone, frascos de perfume, garrafa de uísque, entre outros. 

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana