conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

PM descobre desmanche de motocicleta e prende suspeito em Cuiabá

Publicado


Policiais militares do 10º BPM prenderam nesta terça-feira (12.01) um homem por furto, no bairro Ribeirão do Lipa, na capital.

A informação via 190 descrevia o suspeito em uma motocicleta entrando em uma área de mata. Devido à atitude suspeita, foi iniciado o procedimento de abordagem.

Na vistoria na moto que ele pilotava foi descoberto queixa de furto e o homem confessou o crime e que tinha removido o rastreador. Em contato com o proprietário, o senhor disse que o veículo tinha sido levado de frente do Shopping Pantanal.

O criminoso ainda contou ter escondido outra motocicleta furtada na segunda-feira (11), próximo do local. Uma moto Honda XRE verde. Durante a vistoria no local, mais uma motocicleta Honda CG Fan foi localizada. Ambas com queixa de furto.

O homem contou que os veículos seriam levados para um desmanche, no bairro Jardim das Oliveiras. No imóvel denunciado, foram encontrados 10 motores de motocicletas com a numeração raspada.

Em conversa com vizinhos, eles apontaram que a casa seria do dono de uma oficina, informação confirmada pelo homem detido que acrescentou que receberia R$ 1 mil por cada moto deixada na casa.

No estabelecimento comercial, os policiais foram recebidos pelo responsável pela oficina. Na vistoria, foram identificadas várias peças desmontadas de motocicletas XR2, mas não foi possível vincular aos motores apreendidos.

Três motocicletas foram recuperadas na ação                                              Foto: PMMT

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook

Polícia

Academia de Polícia Militar Costa Verde é reconhecida pelo Conselho Estadual de Educação

Publicado

por


Em solenidade realizada na noite de quinta-feira (02.12), a Academia de Polícia Militar Costa Verde (APMCV) foi reconhecida pelo Conselho Estadual de Educação como Escola de Governo Militar. Durante a cerimônia alusiva aos 34 anos de criação da unidade de ensino, foi inaugurada a pista de atletismo e realizada a entrega de 39 moedas honoríficas à autoridades civis e militares.

A cerimônia foi presidida pelo coronel Jonildo José de Assis, comandante geral da Polícia Militar de Mato Grosso que, juntamente com o tenente coronel Almir de França Ferraz, comandante da APMCV, realizou o descerramento das placas de inauguração: do novo Centro de Recargas, revitalização do pátio e da nova pista de atletismo e a única natural no município de Várzea Grande, que atenderá alunos de diversos projetos sociais parceiros da Academia Costa Verde, coparticipação ressaltada pelo comandante da PMMT.

“Nós temos mais de 9 mil crianças e adolescentes que são atendidas por vários projetos sociais da PM, e essa nova pista com certeza irá beneficiar e agregar ainda mais valor a esse esforço demandado pela instituição”, disse o comandante da Polícia Militar, Jonildo José de Assis.  

O comandante da Academia Costa Verde destacou os trabalhos realizados pela instituição na profissionalização dos agentes públicos, enaltecendo os índices de produtividade alcançados. “A nossa última turma, em 2015, formou 31 oficiais. Ao todo foram mais de 1,9 mil formados, 22 turmas e 90 mil horas aula ministradas em diversos cursos institucionais. Estamos trabalhando ainda mais pelo fortalecimento da nossa base e pelo aperfeiçoamento profissional”.

No ato solene, 39 autoridades, entre civis e militares, foram honradas com as Moedas Honoríficas APMCV, destinadas a homenagear personalidades que prestaram relevantes serviços à Polícia Militar nos processos de ensino da PM. Entre as autoridades militares, além do coronel Jonildo José de Assis, comandante geral da Polícia Militar, coronel Daniel Lipi Alvarenga, comandante geral adjunto, e o coronel Paulo César da Silva, diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa da PMMT, foram agraciados com a Moeda.   

O presidente do Conselho Estadual de Educação, Gelson Menegatti, um dos civis homenageados, assinou o documento do credenciamento da APMCV como Escola de Governo Militar, título que insere a Academia no Sistema Estadual de Ensino. “É a terceira escola credenciada junto ao conselho. Temos a Escola de Magistratura, a Escola de Ministério Público e, a partir de hoje, a Academia Costa Verde, o que permitirá a produção e a certificação, com autonomia, na formação de praças a oficiais maiores sem depender de qualquer outra instituição de ensino”.

Para o comandante da PM, Jonildo José de Assis, essa é uma importante conquista, já que a Academia Costa Verdevem trabalha na formação de líderes há mais de três décadas.”O objetivo também é forjar o caráter dos homens que estão no front, combatendo o crime e defendendo a sociedade”.

Entre as autoridades presentes estavam o deputado estadual Eduardo Botelho, representando a Assembleia Legislativa. A cerimônia contou com apresentação especial do Corpo Musical da PM.

Fonte: PM MT

Continue lendo

Polícia

Mulher que forjou sequestro para vender camionete e receber seguro é presa em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

por


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

 

Uma empresária de 28 anos foi autuada em flagrante pela Polícia Civil nesta quinta-feira (02.12) por estelionato e falsa comunicação de crime, após forjar um falso sequestro na cidade de Várzea Grande, durante a madrugada. Ela foi ouvida nesta tarde na Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), após ser localizada conduzindo seu veículo em uma avenida da Capital.

Na madrugada desta quinta-feira, o marido da empresária procurou o plantão da 1a Delegacia de Várzea Grande e registrou um boletim de ocorrência informando que estavam em uma festa, no bairro Nova Várzea Grande, quando sua companheira foi em uma distribuidora de bebidas conduzindo sua caminhonete Hilux e não retornou. Logo depois, ele recebeu imagens em vídeo que supostamente mostravam a mulher encapuzada, sendo mantida em cárcere privado.

Diante da possibilidade de um suposto sequestro, a GCCO passou a apurar a ocorrência e iniciou diligências para esclarecer o crime. No final da manhã, a investigação apontou que a camionete Hillux estava na região do Coxipó. Equipes da unidade foram ao local indicado e encontraram o veículo, sem a placa traseira, e conduzido pela, até então, vítima. Ela foi interceptada quando dirigia a camionete na Avenida Arquimedes Pereira Lima (Estrada do Moinho).

Em entrevista preliminar com os investigadores, ela entrou em contradição várias vezes. Conduzida à GCCO para prestar depoimento, ela acabou confessando, durante o interrogatório, que forjou o sequestro e o roubo do veículo. “Ela contou ainda que o objetivo era comercializar a camionete no mercado clandestino e depois receber o valor do veículo da seguradora”, explicou o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

O veículo foi apreendido e a mulher autuada em flagrante por falsa comunicação de crime e estelionato. Após o interrogatório, ela foi levada para a sede da Polinter e depois será encaminhada para audiência de custódia no Fórum da Capital.

O marido da suspeita prestou declarações e, de acordo com a apuração da GCCO, foi descartada a participação dele nos crimes.

Conforme o delegado Vitor Hugo, a investigação continua para prender os demais envolvidos nos crimes.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana