conecte-se conosco


Mato Grosso

PM de folga atira em jovem que atacou cliente com facão em sorveteria

Publicado

Foto: Divulgação PM

Um jovem foi baleado na perna por uma policial militar ao tentar matar o cliente de uma sorveteria nesse domingo (3) em Colniza.  Segundo a Polícia Militar, a policial estava de folga e estava na sorveteria para comprar água, acompanhada do namorado. Ela presenciou a tentativa de homicídio e atirou no agressor.

A tentativa de homicídio e a reação da policial foram registradas pelas câmeras de segurança do local.

A situação ocorreu na tarde de domingo no Distrito de Guariba. O suspeito, Cremildo da Silva Ribeiro, de 21 anos, acabou preso. A vítima atingida pelos facões, Nelson José de Arruda, de 33 anos, foi internada.

A soldado informou à PM que estava com o namorado na sorveteria quando ouviu o tumulto na frente do estabelecimento. As câmeras registraram o momento em que o suspeito chegou em uma motocicleta e atacou a vítima.

Ela foi verificar o que ocorria e presenciou Cremildo armado com um facão atacando Nelson.

A policial sacou a arma, se identificou como militar e mandou que o suspeito parasse e jogasse o facão. Cremildo não parou e acabou baleado na perna pela policial.

A própria policial ligou para a polícia e pediu socorro. Tanto o homem atacado com facão quanto o jovem baleado pela policial foram encaminhados para uma unidade de saúde em Guariba.

Nelson está internado e corre risco de morte. O caso será investigado pela Polícia Civil. (Fonte G1/MT)

Leia mais:  Bate-papo com 600 alunos de Várzea Grande aborda violência escolar

Comentários Facebook

Água

Com retorno das chuvas, SAMAE confirma fim do racionamento

Publicado

Após cerca de 70 dias de racionamento e o fim da estiagem severa que assolou a região, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) confirmou na manhã desta quinta-feira (21) a volta da normalidade no abastecimento em Tangará da Serra.

Foto: Sérgio Roberto

Por outro lado, Wesley Lopes Torres destacou que a crise no abastecimento foi amenizado pelo sistema de reservação da Estação de Captação, Tratamento e Distribuição de Água, que além das lagoas na área da ETA Queima Pé, incluem duas represas à montante, em propriedades particulares, porém com operacionalização do SAMAE.

Ainda segundo o diretor da autarquia, o município licitará ainda este ano as obras de captação e adução de água do rio Sepotuba, com investimento inicial viabilizado com recursos próprios já no início de 2020.


 

 

 

 

Fonte:EnfoqueBusiness

Comentários Facebook
Leia mais:  Projetos de escolas valorizam diferenças culturais regionais do país
Continue lendo

Mato Grosso

Seduc lança projeto “Escola Gestora de Paz” na sexta-feira (22)

Publicado

por

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realiza nesta sexta-feira (22.11) o lançamento do projeto Escola Gestora de Paz. A cerimônia de abertura do evento será realizada às 8 horas, no auditório da Seduc, e contará com a presença de representantes de vários órgãos e entidades parceiras.

O projeto é uma ação educativa que tem por objetivo oportunizar aos professores da rede estadual de ensino, conhecimento e informações acerca de temas contemporâneos transversais, com o olhar especial para a aplicação das Leis 10.639/03, 11.645/08, (História e Cultura Afro), 10.903/19 (Política Estadual de Educação Ambiental) e 10.792/18 (Maria da Penha vai à Escola).

A meta principal do projeto é capacitar os profissionais para trabalharem com os alunos a construção de uma cultura de paz, o qual se desenvolverá como um “guarda-chuva” que abriga os campos de valores humanos, educação para direitos humanos, mediações de conflitos e práticas restaurativas, respeito às diversidades, questões ligadas ao meio ambiente, inclusão social, vivências e convivências escolares.

Durante o evento, que segue até às 17 horas, as escolas estaduais participantes farão exposição dos trabalhos voltados à cultura de Paz e às práticas pedagógicas exitosas, por meio dos temas contemporâneos transversais, oportunizando diálogo e intercâmbio de informações entre unidades escolares.


O projeto Escola Gestora de Paz é realizado pela Seduc em parceria com o Ministério Público do Estado; Defensoria Pública; Conselho Tutelar; com as Secretarias de Estado de Segurança Pública, de Assistência Social e Cidadania, Saúde; Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso; União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime); Ordem dos Advogados do Brasil; Assembleia Legislativa; Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente; Universidade Federal de Mato Grosso; Universidade do Estado de Mato Grosso; universidades privadas.

Leia mais:  A Educação como instrumento de transformação de vidas

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana