conecte-se conosco



Policia Federal

PF traz para o Brasil pesquisador preso na Rússia com Ayahuasca

Publicado

Recife/PE – A Polícia Federal escoltou, de volta ao Brasil,  nesta quinta-feira (6/12), o professor e pesquisador paraibano, de 68 anos, que se encontrava preso na Rússia, desde agosto de 2016, por tráfico de drogas. A transferência dele ao Brasil aconteceu em função de um acordo bilateral entre os dois países.

No dia 31 de agosto de 2016, ele foi detido no Aeroporto de Moscou por carregar em sua bagagem quatro garrafas da Ayahuasca (Santo Daime). Sua condenação, por tráfico de drogas, a princípio, era de seis anos e meio de prisão. Depois, a sentença foi reduzida para três anos. Chegou a cumprir dois anos da pena, na Rússia.

Em setembro deste ano, as autoridades russas autorizaram a transferência do paraibano para cumprir o restante da pena no Brasil. Chegando ao Recife, ele ficará sob custódia, na Superintendência da Polícia Federal até a audiência na Justiça Federal, nesta sexta-feira (7/12), quando será determinado o restante do cumprimento da pena. O pedido para cumprir o resto da pena no Brasil foi feito pelo próprio professor, por seus familiares e pelo Ministério de Relações Exteriores.

De forma tradicional, a bebida conhecida como Santo Daime é utilizada em rituais indígenas. Ainda que tenha uso autorizado no Brasil, em cerimônias religiosas, o Ayahuasca é proibido na Rússia, isso por ter substâncias alucinógenas como a dimetiltriptamina (DMT), considerada ilegal pelas leis Russas. O pesquisador utilizava a bebida em cursos de uma terapia chamada “Frequência de Luz”, ministrados por ele. No tribunal, o professor alegou não saber da proibição do chá, na Rússia.

 

Leia mais:  PF apreende mais de uma tonelada de maconha no DF

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Contato: (81) 2137-4000

Comentários Facebook
publicidade

Policia Federal

Nova etapa da Operação Velho Oeste cumpre 57 ordens judiciais

Publicado

por

São Borja/RS – A Polícia Federal, com apoio da Polícia Civil e da Brigada Militar, deflagra nova etapa da Operação Velho Oeste. A ação visa desarticular organização criminosa dedicada ao tráfico de drogas, armas e munições, na fronteira do Brasil com a Argentina, e reduzir a criminalidade na região.

Cerca de 80 policiais cumprem, na manhã da terça-feira (11/12), 18 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão, nos municípios de São Borja, Ijuí e Santa Maria. O cumprimento de 9 mandados de busca e de 16 de prisão foi antecipado e efetivado na segunda-feira (10/12), nos municípios de Itaqui e São Borja. Policiais apreenderam armas, munições, dinheiro e celulares.

A primeira etapa da Operação Velho Oeste ocorreu em dezembro de 2017, quando a Polícia Federal identificou a atuação de grupo criminoso, estabelecido na fronteira, associado à facção criminosa da região de Porto Alegre.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Borja

Fone: (55) 3430-9000

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

[email protected] | www.pf.gov.br

(51) 3235-9005/99717-3040

Comentários Facebook
Leia mais:  PF combate grupo criminoso que assaltava caminhões dos Correios no RN
Continue lendo

Policia Federal

PF deflagra Operação Santinhos para combater crimes eleitorais no Acre

Publicado

por

Rio Branco/AC: A Polícia Federal deflagrou hoje (11/12) a Operação Santinhos, com a finalidade de combater desvios de recursos públicos do fundo partidário e do fundo especial de financiamentos de campanha, além de outros crimes eleitorais e lavagem de capitais.

Mais de 130 policiais federais de vários estados auxiliaram no cumprimento de 17 mandados de busca e oito mandados de prisão expedidos pela Justiça Eleitoral do Acre. As buscas foram realizadas em residências e gabinetes de investigados, em órgãos públicos, na Câmara de Vereadores e na Assembleia Legislativa do estado do Acre (ALEAC). Durante a operação, dois deputados eleitos no último pleito foram presos.

Entre o material apreendido estão smartphones, computadores, hd´s, documentos, “santinhos”, além de armas e munições de uso restrito, que serão submetidos a exame pericial.

 

Comunicação Social – SR/PF/AC

Telefone: (68) 3212-1296 / 1200

Comentários Facebook
Leia mais:  Nova etapa da Operação Velho Oeste cumpre 57 ordens judiciais
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana