conecte-se conosco


Policia Federal

PF combate internalização ilegal de dólares no país

Publicado

Santana do Livramento/RS – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (10/9) a Operação Benjamin, que investiga cinco grupos criminosos especializados em câmbio ilegal.

Cerca de 26 policiais federais cumprem 6 mandados de busca e apreensão nos municípios gaúchos de Santana do Livramento (1), Uruguaiana (2) e Passo Fundo (1) e ainda na cidade de São Paulo (2). Um grupo atuante em Porto Alegre também é investigado.

A apuração, iniciada em maio de 2018, indica que o esquema teria introduzido ilegalmente no país mais de 30 milhões de dólares americanos entre os anos de 2017 e 2019. Os grupos investigados realizavam de forma sistemática a aquisição de moeda americana no Uruguai para posteriormente transportá-la, em espécie, até a cidade de São Paulo, onde era trocada por reais, abastecendo doleiros locais. O dinheiro era movimentado em compartimentos ocultos em veículos de passeio e em ônibus de turismo, ou junto ao corpo dos criminosos.

No decorrer das investigações, foram realizadas nove apreensões de moeda em espécie, totalizando mais de 1,1 milhão de dólares americanos e R$ 620 mil. A Polícia Rodoviária Federal prestou apoio em diligências e abordagens no decorrer do inquérito policial.

Até o momento, treze pessoas já foram indiciadas por crime de fazer operar instituição financeira de câmbio, sendo seis delas, também, por crime de organização criminosa.


 

Leia mais:  PF e PMPE desarticulam grupo criminoso especializado no tráfico de drogas

Comunicação Social
Superintendência da Polícia Federal no Rio Grande do Sul
[email protected] | www.pf.gov.br
Telefone (51) 3235.9005/99717.3040

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook

Policia Federal

Jampa Verde 2 combate extração ilegal de minérios em município paraibano

Publicado

por

João Pessoa/PB – A Polícia Federal deflagrou hoje (17/1), em conjunto com a SUDEMA e o Ministério do Trabalho, a Operação Jampa Verde 2, com objetivo de combater extração de recursos minerais, sem a competente autorização da ANM e da SUDEMA, bem como condições degradantes de trabalho.

A Operação conjunta contou com a participação 20 servidores, entre policiais federais e funcionários públicos dos demais Órgãos.

ENTENDA O CASO

A investigação apura a exploração ilegal de recursos minerais em pedreira situada no bairro Mandacaru, mais precisamente em área sem autorização ambiental. Relembra-se que, na data de 31/7/2019, a Polícia Federal, em parceria com a SUDEMA, o Batalhão Ambiental e a Agência Nacional, deflagrou a Operação JAMPA VERDE 1, a qual teve também teve como escopo a repressão de extração de recursos minerais, sem a competente autorização, nos municípios de Santa Rita/PB e Conde/PB.

CRIMES INVESTIGADOS

Os investigados serão indiciados nos crimes do art. 55 da Lei 9.605/1998, combinado com o art. 2 da Lei 8.176/1991, cujas penas somadas poderão ultrapassar 5 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba


Telefone: (83) 3269-9422

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Leia mais:  PF apreende aproximadamente 30 kg de maconha em fiscalização
Continue lendo

Policia Federal

PF cumpre mandados de busca e apreensão em SP e prende uma pessoa por contrabando de cigarros

Publicado

por

Jales/SP – A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta sexta-feira (17/1), mandados de busca e apreensão para apurar o crime de contrabando de cigarros provenientes do Paraguai, Jales/SP.A PF recebeu informações que relatavam que um morador da cidade de Santa Fé do Sul/SP vendia em seu estabelecimento comercial grande quantidade de cigarros de procedência paraguaia.

Foi aberta uma investigação para apurar a veracidade destas informações e, depois de diversas diligências, a autoridade policial representou pela expedição de três mandados de busca e apreensão, um para o estabelecimento comercial e dois para endereços residenciais vinculados ao investigado, os quais foram expedidos pela Justiça Federal em Jales/SP.

 Ao darem cumprimento ao mandado no estabelecimento comercial, os policiais federais localizaram 56 maços do cigarro de procedência paraguaia, além de material para apostas do jogo do bicho.  Diligenciando na residência do investigado foram localizados mais 47) caixas de cigarro, 26 pacotes de cigarro de outra marca, também de procedência paraguaia, e mais material para a comercialização de apostas de jogo do bicho. Diante disso, o proprietário foi preso em flagrante pelo crime de contrabando.

Todo o material foi apreendido e posteriormente os cigarros serão encaminhados para a Receita Federal. O preso foi indicado pelo crime de contrabando, cuja pena pode chegar a cinco anos de reclusão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Jales/SP


Contato: (17) 3122 – 6090

Leia mais:  PF combate contrabando de miras de rifle e réplicas de armas de fogo

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana