conecte-se conosco


Policia Federal

PF combate fraudes de empréstimo consignado no Amapá

Publicado

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (9/10) a Operação Bonecos, para desarticular associação criminosa responsável pela prática de fraude na obtenção de empréstimos consignados indevidos junto a instituições financeiras, no Amapá.

Cerca de 60 policiais federais dão cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão em Macapá/AP e Santana/AP.

A investigação teve início em 2016 após recebimento de denúncias de servidores públicos lesados e de notícias-crime reportando a ocorrência de empréstimos consignados fraudulentos obtidos junto à Caixa Econômica Federal (CEF).

Com decorrer das investigações, foram identificados outros servidores públicos lesados, como também outras instituições financeiras, perfazendo-se um dano de aproximadamente de R$ 1,6 milhões.

A dinâmica da fraude ocorreu com a participação de servidores públicos lotados na Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda no Estado do Amapá (SAMF AP).

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de associação criminosa, estelionato majorado, uso de documento falso, falsificação de documento público, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informação. Se condenados, poderão cumprir pena de até 32 anos de reclusão.

A operação foi batizada de Bonecos, pois é o nome dado pelo grupo criminoso às pessoas que eram recrutadas e se passam por servidores públicos na assinatura dos contratos de empréstimos consignados nas instituições financeiras.

 

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook

Policia Federal

Nota à Imprensa

Publicado

por

Brasília/DF – A Polícia Federal informa que, na data de hoje, 19/02, realizou oitiva do ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Esclarecemos que, em momento algum, o Senhor Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública solicitou, orientou ou determinou sobre eventual enquadramento do ex-Presidente pela prática de crime tipificado na Lei de Segurança Nacional.

A solicitação, recebida pela PF, se restringia ao pedido de apuração de declarações que poderiam caracterizar, em tese, crime contra a honra do atual Senhor Presidente da República.

Salientamos, ainda, que no relatório já encaminhado ao Poder Judiciário, resta demonstrado a inexistência de qualquer conduta praticada, por parte do investigado, que configure crime previsto na Lei de Segurança Nacional.

 

Comunicação Social da PF

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

Força integrada combate o tráfico interestadual de drogas

Publicado

por

Belo Horizonte/MG – Nesta quarta-feira (19/2), a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO/MG), que é composta pelas polícias Federal, Civil de Minas Gerais, Militar de Minas Gerais, Rodoviária Federal e Penal, em conjunto com o 18° Batalhão de Polícia Militar de Contagem, prendeu três pessoas que transportavam maconha em uma carreta nas proximidades de Divinópolis/MG.

Dois dos suspeitos, naturais do Mato Grosso do Sul, trafegavam em um veículo que servia como batedor do carregamento de droga, que estava acondicionada ao longo de compartimentos contidos na carreta para transporte de produtos petroquímicos.

Os presos responderão por tráfico interestadual de drogas, podendo cumprir até 15 anos de reclusão, se condenados. Eles serão encaminhados para a penitenciária Nelson Hungria, onde permanecerão à disposição da Justiça. A ocorrência será finalizada na Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

[email protected] | www.pf.gov.br
Contato: (31) 3330-5270

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana