conecte-se conosco


Mato Grosso

Peritos realizam simulação de local de crime para estudantes do Ensino Médio

Publicado

Peritos criminais da Politec participaram do encerramento da atividade eletiva de Biologia Forense, da Escola Estadual Honório Rodrigues Amorim, em Várzea Grande, na manhã desta quarta-feira (12.06). Os profissionais apresentaram para 80 estudantes do 1º e 3º ano do Ensino Médio a estrutura organizacional e as atribuições das carreiras que compõem a instituição.

Em seguida, os alunos acompanharam uma simulação de local de crime, onde os peritos explicaram como são feitos os levantamentos dos vestígios e amarrações para a compreensão da dinâmica e análise dos elementos que levarão à autoria de um crime. Na simulação, um boneco, representando um cadáver, foi colocado na cena que se situava dentro de uma residência. Ao longo da atividade, e conforme os vestígios eram levantados e revelados, concluiu-se que se tratava de um suicídio.

Foram realizadas demonstrações sobre revelação de manchas de sangue, trajetória de disparo de armas de fogo, balística forense, revelação de impressões digitais, identificação de entorpecentes, exame grafotécnico e exame perinecroscópico.

Conforme os profissionais, a visita tem por objetivo divulgar a instituição além de conscientizar os estudantes sobre a importância da preservação dos vestígios de cenas de crime.

De acordo com a professora de Biologia, Fernanda Martins Lopes, a simulação foi essencial para a fixação dos conhecimentos apresentados em teorias na sala de aula. “Os peritos vieram apresentar as teorias que já foram lecionadas em sala de aula, atendendo a proposta de interdisciplinaridade trabalhada pela Escola Plena. Ao longo da disciplina optativa os alunos aprenderam como se coleta e como é feito o levantamento dos vestígios”, citou.


A atividade foi realizada pelos peritos oficiais criminais Jaime Trevizan Teixeira, Luis Carlos Shibassaki Figueiredo, e Thiago Francisco Zys e faz parte do projeto ComCiência, desenvolvido pela Politec. O projeto busca oferecer experiências práticas de ciência do cotidiano, para despertar nos alunos do ensino básico o gosto pelo conhecimento científico, ao mesmo tempo em que demonstra os fundamentos do trabalho desenvolvido pela Politec no serviço de Perícia Criminal e Identificação Técnica, criando um espaço para discutir a cidadania por meio de temas transversais.

Leia mais:  Sema realiza workshop sobre produtos perigosos

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Sema realiza encontro com especialistas em Táxon da UFMT

Publicado

por

Servidores da Sema se reuniram com especialistas em Táxon da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) para discutirem sobre o levantamento de fauna em área de impacto de empreendimento e manejos de animais livres. O Táxon é a unidade utilizada na Biologia para ordenação e classificação dos seres vivos.

O encontro ocorreu na última semana e reuniu especialistas de diversas áreas como: Herpetofauna (estudo de répteis e anfíbios), Avifauna (conjunto de aves de uma região), Mastofauna (conjunto de Mamíferos existentes em uma região), Entomofauna (fauna constituída de insetos) e ecologia de comunidades aquáticas. 

A finalidade da reunião, que reuniu 16 especialistas e servidores, foi otimizar os procedimentos adotados pela Sema nas coordenadorias que fazem a autorização do licenciamento do manejo de fauna.


“A reunião é importante pois existem minúcias de cada Táxon que a gente tem que observar para que os relatórios emitidos pelas consultorias de empreendimentos estejam de acordo com os procedimentos da Sema. A Secretaria, enquanto órgão gestão, deve orientar empreendedores e empresas de consultorias a otimizar relatórios e o que observar em cada Táxon. Também é interessante para nos atualizarmos a respeito da metodologia e condutas de campo”, destaca a analista de Meio Ambiente Danny Moraes.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Diretor-Geral é eleito vice-presidente do Conselho Nacional de Dirigentes da Polícia Científica
Continue lendo

Mato Grosso

Três pessoas são conduzidas para delegacia por caça e pesca ilegal

Publicado

por

Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreenderam 10 cacharas, 8,5 quilos de carne de jacaré, 1,9 quilo de carne de ave silvestre da espécie mutum, uma cutia e 2 armas de fogo, em Porto Alegre do Norte MT. A ação foi realizada em parceria com policiais militares da 2° Companhia Ambiental Sul de Rondonópolis.

A operação ocorreu nesta segunda-feira (24.06) no lago do Bosaipo as margens do rio Tapirapé. As cacharas tinham medidas máximas de 57 cm, e segundo a lei de pesca do estado de Mato Grosso os peixes da espécie só podem ser capturados se tiverem entre 83 cm e 112 cm.

Três infratores foram autuados e conduzidos para Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município e devem responder por crime ambiental, pesca e caça depredatória e porte ilegal de arma de fogo.

Os peixes e as carnes apreendidas foram entregues na delegacia de polícia civil, que ficou responsável pela doação. Os infratores receberam multa de R$ 27,3 mil.

Regras da pesca

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009, que estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso. As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

Leia mais:  Setasc doa ração para ong que resgata animas de rua em Cuiabá

Denúncias


O cidadão pode denunciar a pesca depredatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana