conecte-se conosco


Polícia

Pastor evangélico é preso suspeito de participação em quadrilha que tentou assaltar agência bancária em Tangará da Serra

Publicado

Oito pessoas foram presas, na madrugada desta segunda-feira (11), por tentativa de roubo ao banco Bradesco, localizado na rua Antônio Hortolani, no centro em Tangará da Serra.

Segundo a Polícia Militar, o bando arrombou a agência na sexta-feira (09), estourando a parede, embora, só tenham conseguido chegar até cofre, nesta madrugada. Por ser blindado os criminosos tiveram dificuldades e não concluíram a violação do cofre. A movimentação dentro da agência chamou atenção da equipe de monitoramento que acionou a PM.

Deste esquema, oito pessoas pessoas foram presas em flagrante, incluindo um menor, garotas de programa e um pastor evangélico; Érica Gonçalves Delgado, 22 anos; Jeferson Domingos de Alencar, 25 anos; Paulo Santana de Oliveira, 28 anos; José Domingos de Alencar Filho, 56 anos; Isael Pereira da Silva, 25 anos; Jaqueline Torzeschi Nascimento, 21 anos; Caroline Aparecida Oliveira do Nascimento, 18 anos e o menor F.S.S.M 17 anos são suspeitos de participação no crime. Conforme as investigações, o pastor evangélico, é suspeito de comandar a ação em uma casa no bairro Jardim dos Ipês, monitorando o trabalho da PM via rádio, ‘olheiros’ também circulavam pela Praça da Bíblia, para orientar os comparsas sobre a movimentação do lado de fora da agência.


De acordo com a polícia, a organização dos criminosos chama a atenção. Suspeitos de Cuiabá, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra, estão envolvidos neste assalto. Com eles, a equipe apreendeu diversas ferramentas usadas para arrombar a agência bancária e um carro. Outras pessoas que participaram da tentativa roubo,  são consideradas foragidas pela polícia. A qualquer momento, novas informações sobre a ocorrência que segue em desdobramento.

Leia mais:  Autor de assassinato de jovem com 18 facadas é preso em Barra do Garças

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil incinera 40 quilos de maconha apreendidos em Nova Canaã do Norte

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte) realizou na manhã desta quarta-feira (21.08) a incineração de mais de 40 quilos de maconha, apreendidos em ações das Forças de Segurança do município.

A grande quantidade de entorpecente, avaliada em aproximadamente R$ 80 mil, é resultado de ações de combate ao tráfico de drogas na região, realizadas pelas Polícias Civil e Militar, no primeiro semestre de 2019.

A incineração de entorpecentes é um procedimento legal, previsto na Lei 11.343/2006, de Combate ao Tráfico de Drogas. A droga destruída estava devidamente periciada, lacrada, e em envelopes de segurança

Segundo o delegado de Nova Canaã do Norte, Ruy Guilherme Peral da Silva, a apreensão e incineração da quantidade expressiva de entorpecentes representa um duro golpe no tráfico de drogas em toda região, em razão do alto valor que deixou de ser comercializado.

“O tráfico de drogas é um crime que deve ser fortemente combatido pelas Forças de Segurança, uma vez que fomenta outros crimes como roubos, furtos, homicídios, latrocínios e outros mais que assolam a sociedade”, disse o delegado


Participaram do evento, representantes do Ministério Público, Vigilância Sanitária, imprensa local bem como foi comunicada a incineração da droga ao Poder Judiciário e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Leia mais:  Traficante foragido de Mato Grosso do Sul tem mandado de prisão cumprido em Cáceres
Continue lendo

Barra do Bugres

Família de Barra do Bugres procura jovem que desapareceu em Cuiabá

Publicado

O jovem Talisson de 18 anos, está desaparecido a cerca de dois meses depois de sair de casa no Bairro Jardim Ala, em Várzea Grande.

Foto: Reprodução / TVCA

Segundo informações da família, o rapaz teria se mudado de Barra do Bugres para Cuiabá, motivado por oportunidade de trabalho. Talisson é pintor. Durante entrevista ao MTTV desta quarta-feira (21) a mãe do jovem, disse que o filho teria comunicado a namorada sobre sair com um grupo de amigos, e não voltou mais. “Fui a delegacia, fui a hospital e nada. Eu estou desesperada, quero meu filho, quero saber do meu filho vivo ou morto”, declara a mãe.


Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil investiga o caso. Quem tiver informações sobre o paradeiro de Talisson, deve entrar em contato pelo telefone 197, da PJC.

Comentários Facebook
Leia mais:  Policiais civis marcam presença em desfile comemorativo em Água Boa
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana