conecte-se conosco


Turismo

Passeio em São Paulo: PARQUE IBIRAPUERA

Publicado

Por Bárbara Fava

 

Quem vai à São Paulo geralmente vai à procura de novidades. Restaurantes inusitados, lojas com produtos únicos e cursos específicos atraem pessoas de todo país. Porém, se tem uma coisa que o turista não procura por aqui é a natureza. O Brasil é tão rico em biomas e ecossistemas com cachoeiras, praias e diferentes tipos de vegetação, que São Paulo fica jogado para escanteio.

Contudo, se você, Tangaraense, vem para a capital paulista, vale a pena conhecer o coração verde da cidade: o Parque Ibirapuera. São 158 hectares com lagos, árvores e muito espaço para fazer caminhadas, andar de bicicleta e preparar um caprichado picnic. O parque é o mais visitado na América do Sul e, em 2017, recebeu cerca de 14 milhões de visitas.

Criado em 1954, o Ibira, apelido carinhoso que os paulistanos deram ao lugar, tem muita história e cultura. Dentro do parque, o visitante vai encontrar construções projetadas por Oscar Niemeyer como a Oca, o auditório e a marquise tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Há também o pavilhão das Culturas Brasileiras, o Museu Afro Brasil e o famoso prédio da Bienal,  no qual este ano recebe a 33ª Bienal de arte de São Paulo com entrada gratuita e que vai ficar em cartaz até Dezembro.

A marquise funciona como ligação entre equipamentos culturais, mas aos finais de semana reúne diferentes tribos de jovens para andar de skate e patins.

Do lado de fora do parque, os grandes monumentos chamam a atenção e rendem lindas fotos! O monumento às bandeiras, criado por Victor Brecheret, foi inaugurado no mesmo ano que o parque Ibirapuera, em comemoração ao IV Centenário da Cidade de São Paulo. Conhecido como “empurra – empurra”, ele representa os bandeirantes e as expedições para o interior do país. Há na obra a presença de diversas etnias como portugueses, negros, mamelucos e índios.

Monumento às Bandeiras

Outro monumento de grande valor histórico é o Obelisco do Ibirapuera. Ponto de referência para quem anda pelas redondezas, o Obelisco foi construído para homenagear os combatentes da Revolução de 32, que lutaram contra o governo de Getúlio Vargas.

Leia mais:  Cidade vive o Natal com muita luz, cultura e passeio de ônibus

Além de tudo isso, dá para alugar bicicletas e patins por 5 reais a hora. Prefira andar nos dias de semana, porque sábado e domingo o parque é lotado! O planetário é outro passeio muito interessante para conhecer. Ele foi o primeiro planetário a ser construído no Brasil e até hoje funciona com uma programação gratuita. Há também dentro do parque um espaço só para cachorros e é possível fazer caminhadas monitoradas. Outra dica para quando você vier ao Ibira é consultar a agenda do parque que sempre recebe eventos grandes, como por exemplo, shows de jazz ao ar livre aberto ao público.

Se você ficou interessado em conhecer esse lugar prepare-se para andar muito! O parque é bem grande e se perder lá dentro é facinho! São 10 portões de entrada, alguns para pedestres, outros para carro. O horário de funcionamento é das 5h até 0h. O local é abastecido por banheiros, lanchonetes e vendedores autônomos. Um passeio para boas selfies e que vai te levar para uma outra São Paulo, muito mais verde e mais tranquila!

 

Comentários Facebook
publicidade

Tangará da Serra

Motociclista tenta ultrapassar e colide de frente com carro na Vila Goiânia

Publicado

Uma motocicleta e um carro de passeio colidiram de frente na tarde desta sexta-feira (17), na Rua 26, Bairro Vila Goiânia em Tangará da Serra.

Segundo testemunhas a moto ocupada por dois passageiros, trafegava na mão direita da via, quando na subida da Vila Goiânia, ao tentar ultrapassar uma caminhonete, o condutor perdeu o controle da direção e colidiu contra o veículo que vinha no sentido contrário.

Socorridos pelo SAMU, as vítimas estavam conscientes e orientadas, porém, foi constado que um dos pacientes fraturou a perna e o outro, se queixava de dores, teve lesões na face e possível fratura nas pernas. Ambos foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), para a realização de exames e avaliações da equipe médica.

Comentários Facebook
Leia mais:  PASSEIO EM SÃO PAULO: MERCADO MUNICIPAL
Continue lendo

Tangará da Serra

Vereador sugere a instalação de um letreiro turístico em Tangará da Serra

Publicado

Um projeto de indicação do Poder Legislativo, sugere a instalação de um letreiro turístico em Tangará da Serra.

A sugestão foi apresentada outras duas vezes, em fevereiro e setembro do ano passado. Foto: Assessoria Câmara Municipal

O vereador Professor Sebastian (PSB), indicou à Secretaria Municipal de Turismo a construção de um letreiro com os dizeres: “Eu Amo Tangará”. O vereador sustenta que a ideia é escolher o melhor projeto artístico em um ponto ainda a ser definido, embora proponha para a área central. “Em muitos lugares do Brasil existem letreiros que se tornam cartões postais e são tão populares quanto os monumentos construídos em locais públicos. Slogans como “Eu amo Brasília”, “Eu amo Natal”, “Eu amo Aracaju”, entre outros, foram instalados em pontos estratégicos e atraem munícipes e turistas para a realização de registros fotográficos”, explica o vereador.

A indicação foi apresentada outras duas vezes, em fevereiro e setembro do ano passado. Não há um orçamento determinado, embora, obras deste perfil, fiquem na faixa de R$40 mil. Os letreiros costumam ter entre 1,70 a 1,80 de altura e são confeccionados em metal ou concreto.

Em Tangará da Serra, alguns pontos são cogitados para a instalação do monumento, por exemplo, a Praça da Bíblia, Bosque Municipal e Memorial dos Pioneiros. A Secretaria de Turismo, não descarta a possibilidade, porém, alerta que devido a outras demandas, não é possível inserir ao orçamento do Município, a instalação do letreiro neste ano.

Leia mais:  Motociclista tenta ultrapassar e colide de frente com carro na Vila Goiânia

 

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana