conecte-se conosco


Cidade

Parceria entre Prefeitura e Empaer realiza silagem a pequeno produtor de Barra do Bugres

Publicado

Uma ação conjunta, entre a Prefeitura de Barra do Bugres e Empaer, beneficiou o pequeno produtor de leite Antonio Nery a realização de silagem de cana durante três dias numa propriedade de 8 alqueires, localizada a cerca de 2 km da cidade.

Antônio Nery, 68 anos, conta que há dois era um sofrimento manter cerca de 30 vacas, se alimentando a pasto. No período de seca o gado era tratado apenas com ração, um trabalho que a venda do leite não compensava a atividade. Atualmente sua produção é de 250 litros, aumentou a renda, diminuiu o trabalho e as vacas recebem uma alimentação adequada e o gado mantém o peso. O curral foi modernizado com ordenha mecânica, diminuiu o tempo de trabalho na atividade.

De acordo com Sebastião Lima Soares, técnico extensionista da Empresa Mato-grossense em Barra do Bugres, disse que a cana, a qual foi cultivada por Antônio, é ideal para fazer a silagem na época da seca e manter o gado bem e a produção do leite nesse período ano. “As pessoas se enganam que dando silagem para o gado vai aumentar o leite, mas não; vai manter aquilo que as vacas vinham produzindo”, enfatizou.

Para o secretário de Agricultura, Zé Viana Neto, desde o ano passado, a Prefeitura vem dando apoio ao senhor Antônio na realização da silagem, com apoio técnico da Empaer e uso de equipamento do município. Viana disse ainda que o trabalho de atendimento a agricultura familiar é uma determinação do prefeito Raimundo Nonato, em todas as comunidades de pequenos produtores de Barra do Bugres.


Fonte: AMM

Leia mais:  Com base em quatro eixos, Tangará da Serra inicia discussão do seu Plano de Saneamento Básico

Comentários Facebook
publicidade

Cidade

Tangará Shopping: Perícia poderá levar de uma semana a 30 dias

Publicado

Avaliação preliminar realizada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (POLITEC) no local do desabamento ocorrido do Tangará Shopping, na tarde de ontem, confirma que houve colapso na estrutura física da cobertura do principal centro comercial de Tangará da Serra.

Segundo admitiu a direção do shopping, o motivo do sinistro foi a sobrecarga causada por acúmulo de material para substituição de telhas que, além do telhado, trouxe abaixo uma parede que sustentava a estrutura.

Motivo do sinistro foi a sobrecarga causada por acúmulo de material para substituição de telhas.

Já está em andamento um trabalho mais minucioso da perícia, que segundo a POLITEC poderá levar pelo menos sete dias. A redação, porém, apurou junto a uma fonte especializada que a perícia poderá demandar 30 dias ou mais, caso haja necessidade de exame de engenharia legal, o que exigiria profissionais de fora de Tangará da Serra, possivelmente da capital do estado.

Desabamento

O desabamento da cobertura ocorreu ontem, por volta das 16h30, na área onde está instalada a Lojas Americanas. No momento do acidente, vários clientes e funcionários estavam no local.

Duas pessoas ficaram feridas, sendo uma delas com fratura na clavícula e perda de dentes, além de escoriações. Outra vítima sofreu ferimentos leves.


Segundo informações da direção do Tangará Shopping, uma equipe que trabalhava na restauração do telhado empilhou cerca de 20 a 30 telhas a cada três metros em um único lado da cobertura, o que sobrecarregou um jogo de tesouras da estrutura, causando uma reação em cadeia nas demais sustentações e, assim, o desabamento.

Leia mais:  Presidente da Assembleia pede que governo explique nos municípios o fechamento de delegacias

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidade

SHOPPING: Troca de telhas teria provocado desabamento

Publicado

Uma troca de telhas teria sido a causa do desabamento do telhado da Lojas Americanas ocorrido na tarde desta terça-feira (30) no Tangará Shopping, em Tangará da Serra.

 

Segundo uma fonte da administração do centro de compras, o telhado cedeu em razão de uma sobrecarga. Uma equipe que trabalhava na restauração do telhado empilhou cerca de 20 a 30 telhas a cada três metros em um único lado da cobertura, o que sobrecarregou um jogo de tesouras da estrutura, causando uma reação em cadeia nas demais sustentações e, assim, o desabamento.

Telhado veio abaixo, causando ferimentos em duas pessoas e grande susto em clientes e funcionários.

Duas pessoas ficaram feridas, sendo uma delas com fratura na clavícula e perda de dentes, além de escoriações. Outra vítima sofreu ferimentos leves.


Ainda não há informações precisas sobre as investigações do grave acidente. Segundo apurou o Bem Notícias, autoridades deverão se pronunciar sobre o ocorrido a partir desta quarta-feira.

Comentários Facebook
Leia mais:  Proposta altera marco legal do saneamento básico
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana