conecte-se conosco


Polícia

Pai é preso por estupro de vulnerável de filha de 4 anos em Itiquira

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um pai acusado de abusar sexualmente da filha de 4 anos, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (15.03), no município de Itiquira (357 km ao Sul).

O suspeito, A.C.C.N., 24, foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável. Ele também estava com uma ordem judicial de prisão decretada pela Justiça, a qual foi devidamente cumprida. 

As diligências iniciaram depois do Conselho Tutelar acionar a Polícia Civil, sobre uma criança de 4 anos, que havia dado entrada no Hospital Municipal de Itiquira com dores, sangramento e marcas de lesão na região genital.

Imediatamente os policiais civis foram até a unidade hospitalar. Na ocasião, a mãe da criança ao ver a chegada da equipe, se adiantou dizendo que o pai da menor não havia feito nada, situação que acabou levantando suspeita por parte dos policiais.

Em conversa com a vítima, a criança revelou que dorme no quarto com o irmão ainda bebê, tendo o seu pai entrado no cômodo, deitado com ela na cama e passado a mão pelo seu corpo, enquanto a mãe dormia.

Diante dos relatos da menina, os policiais civis passar a realizar busca para localizar o suspeito, encontrado no bairro ONG 4. Durante as diligências a mãe da criança passou a ofender a equipe de investigadores, em defesa do marido, bem como contradizendo os fatos narrados anteriormente.

Após ser localizado, o suspeito foi levado à Delegacia de Itiquira, onde durante checagem via sistema foi descoberto um mandado de prisão contra ele. Além do mandado cumprido, o preso foi interrogado e assumiu ter tocado na filha.

A.C.C.N. foi autuado em flagrante delito pelo crime de estupro de vulnerável e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

As investigações continuam para apurar o envolvimento da mãe da criança no crime e possível responsabilização.

 

Comentários Facebook

Polícia

PM prende suspeitos e fecha casa de apostas de jogo do bicho

Publicado

por


.

Na manhã deste sábado (06.06), a Polícia Militar prendeu um casal (57 e 54 anos) por prática ilegal do jogo do bicho, em Rondonópolis. Bobinas de papel, R$ 2.300 e comprovantes e máquinas de apostas foram apreendidos na ação da PM.

Por volta das 11h30, policiais militares receberam uma denúncia de que em uma residência havia um grande número pessoas reunidas e que no local funcionava uma casa de apostas ilegais, no bairro Jardim Iguaçu.

Uma equipe da PM foi até a casa denunciada e se deparou com quatro pessoas que saíam do local e relataram que estavam fazendo apostas. As testemunhas mostraram aos policiais os comprovantes eletrônicos das apostas. Diante da situação, a polícia entrou na casa e localizou o casal que promovia os jogos.

Durante a diligência, a polícia apreendeu três máquina de apostas online, 11 tabelas de apostas, 24 cadernos com anotações de jogos, 11 bobinas de papel, centenas de comprovantes em sacolas plásticas e R$ 2.300,00 em dinheiro trocado. Todo o material foi apreendido e o local fechado

O casal foi preso em flagrante e entregue à delegacia.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

PM traça plano estratégico para segurança de manifestantes e preservação do patrimônio

Publicado

por


.

A Polícia Militar traçou um plano estratégico de monitoramento e acompanhamento de possíveis mobilizações em espaços públicos, que devem ocorrer no domingo (07.06), em Cuiabá. O efetivo atuará na segurança dos manifestantes e também na preservação do patrimônio público.

De acordo com o planejamento elaborado, o 1º Comando Regional de Cuiabá estará à frente das ações de segurança com o apoio das unidades do Comando Especializado da PMMT.

Além da 20ª Companhia de Força Tática, unidade do próprio 1º CR, caso haja necessidade, está previsto o emprego de equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e dos Batalhões de Trânsito, Rotam e Cavalaria.

As possíveis manifestações estão sendo divulgadas em redes sociais, informes e notícias veiculadas na imprensa similares as que ocorreram em outros Estados.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana