conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Mato Grosso

Ouvidoria e CAC da Politec realizaram mais de 7 mil atendimentos em 2018

Publicado

A Ouvidoria Setorial da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizou 7 mil atendimentos via e-mail, pelo canal telefônico ou presencialmente em 2018, por meio da Central de Atendimento ao Cidadão (CAC). Já no Sistema Fale Cidadão, da Ouvidoria Geral do Estado, a Politec efetuou 258 atendimentos, entre solicitações, informações, reclamações, denúncias e elogios.

Dentre os tipos de solicitações, a Ouvidoria verificou que as demandas mais recorrentes são de solicitação de prioridade na expedição de documentos de identidade; informação sobre o prazo de entrega na Carteira de Identidade; solicitação de andamentos de laudos periciais, entre outros.

Todos os dados constatados foram descritos em um relatório produzido pela Ouvidoria Setorial e servirão como ferramenta gerencial para o aprimoramento das rotinas de trabalho na instituição. Segundo a ouvidora da Politec, Ana Elisa Sebba, um dos papeis da ouvidoria é ouvir e dar voz ativa aos clientes-cidadãos na instituição, na adoção de atitudes de prestação de serviços voltada ao judiciário e aos cidadãos, contribuindo para a melhoria da qualidade dos serviços prestados aos usuários. 

A Ouvidoria da Politec possui diferentes canais de comunicação, entre eles o atendimento telefônico, no número (65) 3613-1253, pela Central de Atendimento ao Cidadão (0800 647 8987), via email ([email protected]), e presencialmente na sede da Politec. Também a partir do sistema Fale Cidadão, cujo acesso é feito por meio do ícone da ouvidoria no site www.politec.mt.gov.br. Este espaço é reservado ao cidadão para manifestação de denúncias, reclamações, solicitações de informações, elogios e sugestões.

Pesquisa de satisfação

A pesquisa de Satisfação implantada pela Ouvidoria Setorial da Politec com a cooperação da Superintendência de Tecnologia da Informação da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) recebeu 10.888 respostas de questionários enviados automaticamente via SMS aos celulares cadastrados no Sistema SIC da Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica (DMIT).

O formulário é composto por cinco perguntas que pretendem avaliar o nível de satisfação dos usuários dos serviços da DMIT com o atendimento realizado nos postos de identificação próprios e conveniados. A realização da Pesquisa de Satisfação ocorreu no período de 01/01/2018 a 26/12/18.

No quesito atendimento do servidor no posto de identificação, 67,5% dos usuários consideraram “ótimo”, e 25,1% como “bom”. Sobre o tempo de espera para ser atendido no posto de identificação, 40,4% avaliaram como “ótimo” e 34,4% como “bom”. A respeito do local de atendimento, 50,35% dos usuários consideraram “ótimo”, e 35,2% “bom”. Quanto ao prazo para a conclusão da carteira de identidade, 43,3% classificaram como “ótimo” e 28,9% como “bom”. 

O número de pessoas que responderam à pesquisa corresponde a aproximadamente 10% do total de atendimentos realizados pela Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica em todo o estado de Mato Grosso.

 

Comentários Facebook

Cidades

Com ferro em brasa: Jovem marca nas costas nº 22 do partido de Bolsonaro

Publicado

Um jovem morador de Mirassol D’Oeste (204 km de Tangará da Serra) marcou com ferro em brasa o número 22 nas costas para “homenagear” o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

A atitude do jovem dividiu opiniões nas redes sociais e gerou várias críticas e piadas. Internautas de posicionamento político contra a gestão do atual presidente não economizaram em usar a palavra “gado” e outros sinônimos para reagir na foto do jovem.

Uma delas soltou “o gado já tá marcado”; outro usou “esse não some no meio da boiada”. Na lista de compartilhamentos da imagem há pessoas que moram no mesmo assentamento do jovem, o Roseli Nunes. A maioria delas vão contra a atitude do morador.

Segundo a imprensa local, o adolescente se marcou após um desafio entre amigos. Ele estaria em um leilão, ajudando na marcação dos gados, quando foi desafiado.

Mídia News

Continue lendo

Cidades

Mato Grosso tem a 4ª gasolina mais barata do país

Publicado

Mato Grosso tem o 4° preço mais barato do litro da gasolina no país, com R$ 6,99. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta terça-feira, 21.

O estado ficou em 16° lugar no ranking comparativo de maiores valores registrados do preço do combustível.

O valor em Mato Grosso está abaixo do preço médio do litro da gasolina no país, que ficou em R$ 7,232 na última semana. Os dados são referentes aos dias 12 a 18 de junho.

O preço médio mais alto foi verificado na Bahia (R$ 8,037). O maior valor cobrado foi encontrado foi no Rio de Janeiro (R$ 8,990). Já o menor foi registrado em um posto de São Paulo (R$ 6,170).

Em Mato Grosso, o preço mínimo registrado foi R$ 6,30 o litro. Como foi feita entre os dias 12 e 18 de junho, a pesquisa da ANP ainda não reflete totalmente o último reajuste anunciado pela Petrobras nas suas refinarias.

G1/MT

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana