conecte-se conosco


Polícia

Ótica é furtada no Centro e tem prejuízo de R$ 5 mil em Tangará da Serra

Publicado

Uma ótica localizada na Avenida Brasil, área central, foi furtada na madrugada desta segunda-feira (19), por volta das 05h00, em Tangará da Serra.

Segundo informações, para invadir o comércio o suspeito quebrou a vidraça da loja com uma barra de ferro, o que possibilitou ter acesso aos produtos expostos na vitrine. Os criminosos levaram relógios e uma amostra de alianças em latão sem valor atribuído. Durante a ação criminosa, vizinhos do estabelecimento escutaram o barulho e acionaram a Polícia Militar, mas quando a equipe chegou ao comércio, os criminosos já haviam fugido em uma moto.


A loja possui sistema de videomonitoramento. As câmeras do estabelecimento vizinho, flagraram dois indivíduos tentando invadir o local, enquanto um arrombava a vitrine o outro, dava cobertura. O prejuízo, segundo o dono, foi de aproximadamente R$ 5 mil. Ninguém foi preso e as imagens deverão ajudar nas investigações.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Funcionária de frigorífico morre após ficar presa em mesa de abate de bovinos em MT

Publicado

Uma mulher de 41 anos morreu após acidente de trabalho na noite de sexta-feira (14) em um frigorífico em Pontes e Lacerda.

De acordo com a Polícia Civil a vítima ficou presa na mesa de abate de bovinos, o Corpo de Bombeiros socorreu a trabalhadora que estava presa ao equipamento. A mulher foi encaminhada ao Hospital Vale do Guaporé, no município, para atendimento. A vítima sofreu afundamento de crânio e teve morte confirmada em decorrência de traumatismo craniano.

O caso será apurado pela delegacia de Polícia Civil de Pontes e Lacerda.

Comentários Facebook
Continue lendo

Barra do Bugres

PM apreende 897 quilos de pescado em área de reserva indígena em Barra do Bugres e Porto Estrela

Publicado

Policiais do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental prenderam uma pessoa e apreenderam 897 quilos de pescado ilegal. Foram duas ações distintas na noite de sexta-feira (14), nas MTs 246 e 343, nos municípios de Barra do Bugres e Porto Estrela.

Dezenas de peixes de espécies nobres, principalmente o pintado, estavam sem as cabeças, uma das características da pesca predatória. Além da apreensão do pescado e de dois veículos usados no transporte, os policiais também aplicaram R$ 18 mil em multas por pesca e transporte ilegal.

Uma das apreensões, de 685 quilos, feita em Porto Estrela, na MT-343, ocorreu no trevo de acesso à aldeia indígena Humutina, que é cortada pelo Rio Bugres, um dos mais piscosos do Estado. O motorista de um dos veículos que transportava peixe conseguiu fugir por uma área de mata fechada no momento em que os policiais faziam a revista e checagem do carro.

Essa é a segunda grande apreensão de pescado irregular na região esta semana. Na quinta-feira (13), em Barra do Bugres, policiais do Batalhão Ambiental prenderam um homem que transportava 155 quilos de peixe da espécie cachara.


Em ambos os casos os peixes apreendidos foram doados para instituições filantrópicas como as associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Barra do Bugres e Porto Estrela, ‘SOS’ Criança de Barra do Bugres e Faculdade Indígena da Unemat.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana