conecte-se conosco


Policia Federal

Operação Nicotina combate contrabando cigarros em Minas Gerais

Publicado

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (13/8), a Operação Nicotina, para combater esquema de contrabando de cigarros praticado por quadrilha especializada no comércio ilícito de cigarros de origem estrangeira.

Foram cumpridos cinco mandados judiciais de prisão preventiva e cinco mandados judiciais de busca e apreensão, nas cidades mineiras de Belo Horizonte, Conselheiro Lafaiete e Desterro de Entre Rios. Todos os mandados foram expedidos pela 9ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte. Houve a apreensão de quatro veículos, uma motocicleta e uma arma de fogo.

As investigações tiveram início há um ano, com base em informações oriundas da Polícia Civil e da Polícia Militar de Minas Gerais. A PF apurou que a organização tinha sede em Conselheiro Lafaiete e contava com fornecedores naquela região e em Belo Horizonte, atuando nesses dois polos e em diversos outros municípios. Os fornecedores e distribuidores se auxiliavam mutuamente, de forma associada, praticando a atividade delituosa há muitos anos. Muitos deles já foram presos em flagrante por tal crime várias vezes.

A Polícia Federal passou a atuar no caso devido ao crime de contrabando ser de atribuição investigativa da União, delito que atinge múltiplos bens jurídicos tutelados: administração pública; saúde pública; economia; e mercado de consumo.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de contrabando e associação criminosa, podendo cumprir até 8 anos de prisão, caso sejam condenados.

Leia mais:  PF investiga vazamentos e receptação ilícita de dados sigilosos

Haverá coletiva de imprensa, às 10h30, na sede da Polícia Federal em Belo Horizonte (Rua Nascimento Gurgel, 30, Gutierrez).

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais


Contato: (31) 3330-5270

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook

Policia Federal

PF investiga morte de dois índios no Maranhão

Publicado

por

São Luís/MA – A Polícia Federal informa que instaurou inquérito policial no sábado (7/12), para apurar as circunstâncias da morte de dois índios Guajajara e ferimentos em outros dois indígenas, por disparo de arma de fogo, no município de Jenipapo das Vieiras/MA.

No mesmo dia do crime, policiais federais se deslocaram ao local para iniciarem as investigações, que estão sendo desenvolvidas com prioridade para a mais rápida e efetiva identificação e responsabilização criminal dos autores.

Até o momento, não foram encontrados indícios de vínculos entre os crimes e atritos entre indígenas e madeireiros, tampouco com as mortes do índio Paulo Paulino Guajajara e do caçador Márcio Gleyck Moreira Pereira. As investigações desses outros fatos (ocorridos em 1º de novembro último) devem ser finalizadas nos próximos dias.


 

Comunicação Social da Polícia Federal

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Leia mais:  PF combate difusão de arquivos contendo exploração sexual de crianças
Continue lendo

Policia Federal

PF prende 4 pessoas e apreende 10 kg de cocaína no aeroporto internacional de SP

Publicado

por

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de São Paulo, prendeu, entre os dias 6 e 7/dez, 4 passageiros tentando embarcar com cocaína em voos internacionais.

Policiais federais, acionados na tarde da sexta-feira (6) por funcionários que operam o aparelho de raio-x, no porão de bagagens, que identificaram substância orgânica oculta nas estruturas de uma mala despachada para voo com destino a África do Sul, detiveram um passageiro, um homem de 36 anos de idade, nacional da Tanzânia, que havia sido beneficiado pela Lei do Refúgio em março deste ano, e o conduziram à sede policial para acompanhar os exames periciais em seus pertences.

Nas estruturas da mala, os peritos federais encontraram um total de 5 Kg de cocaína. Com esta prisão, já somam 26 os solicitantes de refúgio presos por tráfico de drogas, com eles foram apreendidos 130 Kg de cocaína, 7% do montante de drogas apreendido até o momento.

Com um casal de brasileiros, de 36 e 51 anos de idade, que pretendia embarcar para Madri, na Espanha, foram apreendidos no sábado (7) mais de 3 Kg de cocaína ocultos em fundos falsos de duas malas. Neste mesmo dia, uma brasileira de 61 anos de idade tentou passar pelo controle migratório com 1 Kg de cocaína atado ao corpo por meio de fita adesiva.

Leia mais:  PF e Receita Federal deflagram Operação Valuta em Foz do Iguaçu

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos


Conato: (11) 2445-2212

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana