conecte-se conosco


Polícia

Operação Lei Seca prende 83 motoristas por embriaguez ao volante

Publicado

Hérica Teixeira | Sesp-MT 

Ainda neste semestre, as ações serão ampliadas para outros municípios – Foto por: Lenine Martins

Em Mato Grosso, 83 motoristas foram presos em flagrante por embriaguez ao volante até o dia 21 de abril deste ano. Foram realizadas 15 edições da Operação Lei Seca e ao todo foram lavrados 662 Autos de Infração de Trânsito (AIT), 184 habilitações foram recolhidas e 1.665 testes de alcoolemia realizados. A operação foi realizada nos municípios de Cuiabá, Campo Novo do Parecis, Rondonópolis e Sorriso.

As operações Lei Seca são realizadas em conjunto com a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), Batalhão de Policiamento de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTRAN), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e, em alguns municípios, das secretarias municipais de trânsito e/ou mobilidade urbana.

O coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), tenente-coronel PM Gibson Almeida Costa Júnior, destacou que a realização da Operação Lei Seca será ampliada ainda neste semestre para todo o estado. O foco é reprimir as infrações ao Código Brasileiro de Trânsito.

“Nosso objetivo é que as operações aconteçam com mais rotina e que, além de Cuiabá, a operação chegue aos demais estados de Mato Grosso. Além da parte repressiva, vamos trabalhar a prevenção, pois muitos condutores ainda insistem em ingerir bebida alcoólica e assumir a direção do veículo”, enfatizou.

De 2015 a 2018 foram 192 operações Lei Seca realizadas em 16 municípios, que resultaram em 696 motoristas presos, a maioria por dirigir sob influência de álcool. Outros 2.880 Autos de Infração de Trânsito (AIT) foram confeccionados por irregularidades do condutor ou veículo.

Além de Cuiabá e Várzea Grande, os municípios de Juína, Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Tangará da Serra, Quatro Marcos, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e Jaciara já realizaram a Operação Lei Seca.

Punição

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70.

No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime. A pena é de detenção que varia entre seis meses a três anos.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

 

Comentários Facebook

Polícia

Homem investigado por abuso sexual contra filhas adolescentes é preso em Lucas do Rio Verde

Publicado

por


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis e militares de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá) cumpriram na tarde desta segunda-feira (18.01) mandado de prisão temporária contra um homem de 46 anos investigado por abuso sexual cometido contra suas duas filhas.

A investigação sobre o crime começou a ser apurada pelo Núcleo de Atendimento à Mulher da Delegacia do município depois que chegou ao conhecimento da Polícia Civil a ocorrência registrada no início deste mês.

As vítimas, de 12 e 15 anos, estavam morando há aproximadamente cinco meses com o suspeito, porém, a relação com o pai teria se tornado conturbada, repleta de ofensas e abusos. Conforme apurações realizadas pela equipe do Núcleo de Atendimento à Mulher, o suspeito ameaçou as duas filhas, inclusive com emprego de arma de fogo e praticou atos libidinosos com as duas menores de idade.
Um familiar foi procurado pelas vítimas que relataram que estavam sendo abusadas sexualmente pelo próprio pai.

Após investigação inicial e produção de informações pela equipe policial, o delegado Eugênio Rudy Junior representou pela prisão do suspeito e também por busca e apreensão domiciliar, ordens deferidas pela Justiça local.

O investigado foi encaminhado à delegacia, depois passou por audiência de custódia com o Poder Judiciário e foi encaminhado ao Centro de Detenção de Lucas do Rio Verde. Ele responderá pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Delegacia Fazendária e de Combate à Corrupção serão desinfectadas preventivamente nesta terça-feira (19)

Publicado

por


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção, da Polícia Civil, comunica que na manhã desta terça-feira (19.01), o prédio onde funciona as duas delegacias passará por desinfecção, em ação preventiva de combate à Covid-19.

O serviço de higienização feito através da Secretaria de Estado de Fazenda, será realizado no período matutino, com retorno dos expedientes a partir das 13 horas.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana