conecte-se conosco


Policia Federal

Operação Hórus apreende cigarros paraguaios

Publicado

Guaíra/PR – Na quinta-feira (7/10), mais uma apreensão foi realizada por equipes que participam da OPERAÇÃO HÓRUS, integrada pela POLÍCIA FEDERAL, COBRA/BPFRON/PMPR, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Durante patrulhamento de rotina no lago Itaipu, policiais federais avistaram uma embarcação com dois suspeitos que transportavam caixas de cigarros paraguaios. Ao avistarem a lancha da PF, eles efetuaram disparos com arma de fogo, que foi prontamente revidado pelos policiais federais.

Os envolvidos conseguiram chegar à margem e empreenderam fuga pela mata, não sendo localizados.

A embarcação transportava cerca de 30 caixas de cigarros paraguaios.

Os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra, para os procedimentos de praxe.


 

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR
Disque denúncia: (44) 3642-9131

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Leia mais:  PF combate divulgação de pornografia infantil na internet

Policia Federal

Operação Recidiva 4 investiga esquema de fraudes na aplicação de verbas federais

Publicado

por

João Pessoa/PB – A Polícia Federal deflagrou hoje (20/11), em conjunto com a Controladoria-Geral da União – CGU e com o Ministério Público Federal – MPF, a Operação Recidiva 4, com objetivo de combater fraudes na aplicação de verbas federais descentralizadas em convênios celebrados com a Fundação Nacional da Saúde (Funasa) nos municípios paraibanos de Ibiara, Santo André, Catingueira e Triunfo.

A operação contou com a participação de 75 policiais federais, além de auditores da CGU, sendo realizado o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados e empresas, bem como 5 mandados de prisão e 1 mandado de afastamento de função pública. As medidas acontecem nas cidades de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Patos, Ibiara, Triunfo, Catingueira e Santo André, na Paraíba, além de Parnamirim, no Rio Grande do Norte. As ordens foram expedidas pela 14ª Vara Federal em Patos-PB.

ENTENDA O CASO

A investigação que resultou na deflagração da quarta fase da Operação Recidiva foi iniciada a partir de análise do conteúdo apreendido na segunda fase da Operação. A investigação demonstrou que um dos empresários envolvidos (engenheiro) mantinha contato com diversos servidores e empreiteiros paraibanos, com intuito de fraudar licitações em cidades onde tinha acesso facilitado. As licitações fraudadas ultrapassam o valor de 5,5 milhões de reais.

Os crimes envolvidos são: dispensa ilegal de licitação, fraude licitatória, associação criminosa, peculato, corrupção passiva e ativa, além de lavagem de dinheiro, cujas penas somadas ultrapassam 20 anos de reclusão.

Leia mais:  Polícia Federal deflagra 3ª fase da Operação Gremlins no Ceará

Será concedida entrevista coletiva às 10h, em conjunto com a CGU/PB e MPF/PB, na nova sede da Polícia Federal, localizada em João Pessoa/PB (Rua Aviador Mário Vieira de Melo, conjunto João Agripino, às margens da BR 230).

Comunicação da Polícia Federal na Paraíba

Contato: (83) 3269-9422


 

***NOME DA OPERAÇÃO: O nome da operação se dá em razão dos investigados serem pessoas conhecidas pelo vasto histórico de reiteração criminosa, voltando a delinquir mais uma vez.

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Policia Federal

PF desarticula esquema internacional de envio de drogas para a Europa

Publicado

por

Caxias do Sul/RS – A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã (20/10), a Operação Wanderlust, para desarticular organização criminosa especializada no envio de cocaína para a Europa através de aeroportos internacionais do País e no tráfico de haxixe para o Brasil.

Cerca de 200 policiais federais cumprem 40 mandados de prisão e 40 de busca e apreensão nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Amazonas e no Distrito Federal. Também são executadas ordens judiciais para apreensão de 40 veículos, (embarcações, caminhões, automóveis e motocicletas) e o sequestro de bens com valor estimado em mais de 10 milhões de reais.

As investigações iniciaram em março de 2019 e identificaram que a organização criminosa, a partir de Caxias do Sul/RS e de Curitiba/PR, recrutava mulheres em diversos estados do país para atuarem como “mulas” no transporte da droga para a Europa.

No decorrer do inquérito policial foram realizados diversos flagrantes em aeroportos brasileiros e no exterior, com 25 pessoas presas em flagrante, seis delas em Lisboa/Portugal, e quase duas toneladas de drogas apreendidas. Em uma das ações, a Polícia Federal interceptou em João Pessoa/PB uma carga de 1,6 tonelada de haxixe em um veleiro que havia partido do Marrocos, na África, que foi a maior apreensão da droga pela Polícia Federal.

Leia mais:  PF apura crimes relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes

A Operação contou com o apoio da Adidância da Polícia Federal em Portugal e com acordos de Cooperação Policial Internacional com diversos países para levantamento de informações e diligências no exterior.

Será concedida entrevista coletiva às 10h30min. de hoje na Delegacia de Polícia Federal em Caxias do Sul (Av. Júlio de Castilhos nº 150 – 2º andar – Bairro Nossa Senhora de Lourdes).

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul

[email protected] | www.pf.gov.br

Contato: (51) 3235-9005/99717-3040


 

 

 

*** Wanderlust é uma palavra alemã que pode ser traduzida como um desejo intrínseco e profundo de viajar. É formada pela junção das palavras Wander, que corresponde à prática de caminhada ou trilha, e lust, que quer dizer luxúria, ou mais que um desejo, uma vontade profunda.

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana