conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Policia Federal

Operação Arroz Verde combate o tráfico internacional de drogas e de armas em Foz do Iguaçu/PR

Publicado


Foz do Iguaçu/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (3/12) a Operação Arroz Verde*, para desarticular grupo criminoso especializado no tráfico internacional de drogas e de armas.

Cerca de 40 policiais federais cumpriram 11 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de prisão preventiva nas cidades de Foz do Iguaçu/PR, Missal/PR e Conceição das Alagoas/MG.

Além da prisão dos líderes do grupo criminoso, foram sequestrados dinheiro, veículos e imóveis dos investigados e de empresas em nome deles e em nome de laranjas, supostamente obtidos em razão das práticas criminosas ou utilizados para tráfico de drogas ou de armas.

A investigação foi iniciada em maio de 2021, a partir de apreensões de cargas de maconha, de cocaína e de armas, oriundas do Paraguai e destinadas a estados da região sudeste e nordeste. Verificou-se que o grupo criminoso estaria relacionado com, ao menos, sete ocorrências de tráfico internacional de drogas e de armas, nas quais foram apreendidas aproximadamente 5 toneladas de maconha, 254 kg de cocaína e 30 armas de fogo, além de vários caminhões utilizados para transporte.

Os investigados possuem frota de cerca de 50 veículos, entre cavalos mecânicos, carretas, caminhonetes e veículos de passeio, a maior parte deles em nome de laranjas. Os veículos do grupo, além de realizarem transporte de cargas lícitas, eventualmente transportavam também drogas ou armas, geralmente em meio a cargas de arroz para não levantarem suspeitas das equipes de fiscalização.

Ao longo das investigações, surgiram indícios de que um dos investigados era foragido da Justiça Brasileira, utilizando identidade falsa desde 2012.

Os investigados supostamente cometeram os crimes de tráfico internacional de drogas, de associação para o tráfico, de tráfico internacional de armas e de lavagem de dinheiro. Se condenados, poderão receber penas de até 61 anos de prisão.

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu

[email protected]

 *O nome da operação faz referência ao modo utilizado pelo grupo criminoso de transporte de grandes quantidades de maconha em meio a cargas de arroz.

Comentários Facebook

Policia Federal

Em ação integrada, BPFRON-PMPR e Polícia Federal apreendem veículo com 50 caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai

Publicado

por


Guaíra/PR – Nesta madrugada (27/1), na zona rural de Guaíra, policiais federais e polícias militares do BPFron apreenderam um veículo carregado com aproximadamente cinquenta caixas de cigarros de origem estrangeira. Dirigia o veículo um menor de idade, que foi apreendido e levado à  Delegacia de Polícia Civil de Guaíra, para as providências cabíveis.

Todo material apreendido foi encaminhado para a polícia federal de Guaíra para procedimentos cabíveis.

Fazem parte do Programa V.I.G.I.A. nessa operação interagências equipes do BPFRON e demais Unidades da PMPR, Polícia Federal, PCPR, RECEITA FEDERAL e EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

As ações integradas dos órgãos de segurança pública federais e estaduais também fazem parte do PPIF – Programa de Proteção Integrada de Fronteiras, coordenado pelo GSI – PR, que busca integrar e articular ações de segurança pública, inteligência, controle aduaneiro e das Forças Armadas com as ações dos estados e municípios situados na faixa de fronteira e divisas, incluídas suas águas interiores e costa marítima.

Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR

Contato: (44) 3642-9131

Continue lendo

Policia Federal

PF prende dois homens e apreende 15 girafas em um resort safari em Mangaratiba/RJ

Publicado

por


Rio de Janeiro/RJ – Na tarde de hoje (26/1), a Polícia Federal prendeu, em flagrante, dois homens por maus-tratos e apreendeu 15 (girafas em um resort safari, em Mangaratiba, litoral sul do Rio de Janeiro.

A ação, desenvolvida no âmbito de inquérito policial instaurado pela PF, foi acompanhada por analistas ambientais do IBAMA, para verificar informações acerca da morte de três espécimes, de um conjunto original de 18 girafas importadas da África do Sul.

No local, os policiais federais e os analistas ambientais constataram situação de maus-tratos dos animais. Diante disso, dois homens, responsáveis pela manutenção dos animais, foram presos, os animais apreendidos e depositados sob cuidados da entidade. O IBAMA ficará responsável pela supervisão e adotará todas as providências necessárias para salvaguardar a integridade das girafas.

Os presos foram conduzidos à Superintendência da Polícia Federal no Rio, onde foi lavrado termo circunstanciado de ocorrência por maus tratos, crime previsto no Art. 32 da lei de crimes ambientais.

Além deste crime, a investigação, que deu origem ao inquérito policial, prosseguirá com o objetivo de apurar as circunstâncias e a legalidade da importação dos animais, bem como as condições de manutenção e cuidado das girafas.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

[email protected] | www.gov.br/pf

(21) 2203-4404 / 4405 / 4406 / 4407

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana