conecte-se conosco


Mato Grosso

Novo Comandante-Geral adjunto da PM assumiu o cargo nesta sexta-feira

Publicado

No final da manhã desta sexta-feira (11) o coronel Wesney de Castro Sodré, 45 anos, assumiu o Comando-Geral Adjunto da Polícia Militar em substituição ao também coronel Alexander Torres Maia.

Sodré, que até então ocupava o cargo de secretário-chefe da Casa Militar, tem quase 25 anos de carreira como oficial da PMMT. Entre dezenas de funções que exerceu ao longo dessa trajetória estão a de comandante da Companhia de Polícia Milita de Barra do Bugres, quando era major, e do 7º Comando Regional de Tangará da Serra, em 2016.

Agora, como “Zero 2”, ou seja, o segundo no escalão de comando da PMMT, Sodré estará à frente das principais ações e decisões da instituição militar, ao lado do novo comandante-geral, coronel Jonildo José de Assis.

Ao dar posse ao adjunto, Assis disse que sabe que a tarefa não fácil e que terão dias com situações que vão refletir diretamente nas ações policiais. Todavia, acredita em bons resultados trabalhando no fortalecimento da repressão primária, na integração com outras forças policiais e com a sociedade, no fortalecimento das atividades de inteligência e na valorização dos bons policiais.

Assis não poupou elogios ao coronel Alexander Torres Maia. “Receba nossos agradecimentos, sabemos o quanto trabalhou comprometido com o bom funcionamento e a eficácia dos serviços da PM, tanto no campo administrativo quanto no operacional”, destacou.

Maia deixou a função de comandante-geral adjunto manifestando sentimento de gratidão pela carreira que escolheu e trilha há quase 30 anos, e pela confiança nele depositada pelo ex-comandante Marcos Vieira da Cunha na função de adjunto.

   

Comentários Facebook

Mato Grosso

Governo comunica falecimento do presidente da Fapemat

Publicado

por


.

O Governo do Estado comunica o falecimento do presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva, nesta quarta-feira (03.06). Ele apresentou sintomas de coronavírus no último domingo, 31 de maio, e estava internado em um hospital particular de Cáceres desde segunda-feira (01.06).

Adriano estava internado em um leito de UTI na unidade. Nesta quarta-feira, teve uma parada cardíaca, ainda em Cáceres, quando foi estababilizado. A pedido da família foi transferido para uma unidade hospitalar da rede particular em Cuiabá, no final da tarde desta quarta-feira. Durante a transferência, em UTI aérea, sofreu duas paradas cardíacas. Ele não resistiu e morreu no início desta noite. O presidente fez o exame de Covid-19, cujo resultado ainda não saiu.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes lamentam profundamente o falecimento do amigo e gestor e prestam condolências aos familiares.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Atualização do quadro do presidente da Fapemat

Publicado

por


.

Atualização às 19h54 – O presidente da Fapemat foi transferido em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Aérea para a Clínica Femina, em Cuiabá, no início da noite desta quarta-feira.

O quadro dele é considerado estável pelos médicos e permanecerá internado em uma UTI aguardando o resultado dos exames.

 

O presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva, apresentou sintomas de coronavírus no último domingo (31.05) e passou por exames, na segunda-feira (01.06).

Por indicação médica foi internado no Hospital São Luiz, em Cáceres. O quadro de saúde inspira cuidados. Ele segue internado e aguarda resultados dos exames.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana