conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Educação

Nove municípios autorizam o retorno das aulas mesmo durante à pandemia em MT

Publicado

Pelo menos 9 municípios de Mato Grosso autorizaram a volta às aulas de escolas e universidades, mesmo com o crescimento dos casos do novo coronavírus no estado. Na maioria dos casos, a liberação começa pelas instituições privadas e com a obrigação do uso de máscara e higienização constante dos ambientes.

Em Sinop (500 km ao norte da Capital) as aulas na rede privada foram retomadas em 4 de maio. Porém, cada escola decide se reabrirá as portas e os estudantes que não comparecerem não serão penalizados. Já na rede pública a previsão de retomada é para segunda-feira (18).

A rede privada também está liberada em Feliz Natal (536 km ao norte). O decreto autoriza a retomada das atividades instituições particulares de ensino a partir de segunda-feira (11), desde que mantido o distanciamento mínimo de 2 dois metros e a aferição de temperatura no momento da entrada.

Em Sorriso, a segunda-feira também marcou a volta às aulas nas creches e universidades particulares. O ensino fundamental privado poderá retornar na segunda-feira. No entanto a rede pública está com as atividades suspensas até 5 de junho.

Já em Rondonópolis a partir de 18 de maio estão liberadas as aulas para ensino médio e superior, desde que a instituição apresente um plano de contingenciamento de risco para a Secretaria de Saúde. No ensino básico e fundamental não há previsão de retorno.

O retorno parcial também faz parte das determinações da Prefeitura de Vera , que liberou as aulas em 3 unidades municipais a partir de segunda-feira. O Executivo também irá distribuir duas máscaras de tecido para cada profissional e estudante. As aulas de educação física serão apenas teóricas para evitar o contato físico.

Lucas do Rio Verde  autorizou, de maneira facultativa, as escolas particulares, para turmas a partir do 6º ano e com atendimento de, no máximo, 50% da capacidade por sala.

Em Aripuanã  só podem funcionar as faculdades a partir de 18 de maio e na educação infantil e ensino fundamental continuam as atividades on-line e à distância. As práticas esportivas continuam suspensas.

 

 

 

 

 

Fonte:GD

Comentários Facebook

Cidades

Seduc anuncia aulas 100% presenciais a partir do próximo dia 18

Publicado

As aulas na rede estadual de educação de Mato Grosso terão o retorno 100% presencial no dia 18 de outubro. A nova portaria da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (08).

As aulas 100% presenciais estavam suspensas desde março do ano passado em razão da pandemia da Covid-19.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, disse que a decisão segue o Decreto nº 1.134/2021, publicado na última segunda-feira (04), com base na diminuição nos números de casos da doença nas últimas semanas.

O documento considera a redução das taxas de ocupação de leitos de UTI e de enfermarias, a ampliação da vacinação e aumento da distribuição de doses de imunizantes contra a Covid-19 em todo o Estado.

A nova portaria ainda segue o monitoramento realizado pela Seduc, quanto à frequência dos estudantes no formato híbrido; o baixo índice de casos de Covid-19 nas unidades escolares; as solicitações de várias unidades para o retorno 100% presencial das atividades e a transferência de recursos para adoção das medidas de biossegurança em todas as escolas.

Com Mídia News

Continue lendo

Educação

Governo cita 100% da Educação vacinada e confirma volta às aulas em 3 de agosto

Publicado

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto

O governador Mauro Mendes (DEM) e o secretário de Educação Alan Porto anunciaram, na manhã desta segunda-feira, 26, diversos investimentos para o retorno às aulas de forma híbrida no Estado a partir do próximo dia 3 de agosto. Ao todo foram gastos R$ 3,6 milhões para o retorno.

As aulas presenciais na rede estadual estão suspensas desde o dia 23 de março de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus. “Vamos retomar as aulas no dia 3 agosto. Temos 100% das atividades econômicas funcionando em Mato Grosso e todos estamos trabalhando normalmente. Temos que manter todos os mecanismos de biossegurança e temos todas as condições de estabelecer isso nas nossas escolas”, afirmou o governador.

Segundo Alan Porto, as aulas poderão voltar de forma segura, pois 100% dos professores já foram vacinados com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. “Estamos levando em consideração os índices da pandemia, as medidas de segurança e a vacinação dos profissionais de Educação. Hoje, todos os profissionais já tomaram a primeira dose e a segunda deve ocorrer em agosto e setembro”, afirmou o secretário.

Segundo eles, foram investidos apenas com itens de biossegurança, como máscara facial, álcool em gel e materiais de limpeza e sanitização, o montante de R$ 3,6 milhões. Desde modo, serão distribuídas duas máscaras faciais de tecido para todos os alunos e professores da rede pública.

Ainda como medida de segurança, durante às aulas, as janelas deverão ficar abertas e o distanciamento de 1,5 m por aluno será mantido. O Governo ainda contratará 4,7 mil novos profissionais – técnicos e apoios.

Com Mídia News

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana