conecte-se conosco


Entretenimento

Musical “Billy Elliot” estreia em São Paulo e promete emocionar público

Publicado

Em um cenário machista, um menino se destaca por querer dançar ballet. O musical Billy Elliot tem uma história simples, mas de muita grandiosidade. O espetáculo, que venceu 10 Tony Awards e conta com músicas de Elton John, ganha montagem inédita no Brasil e estreia em São Paulo, no Teatro Alfa, nesta sexta-feira (15) e terá uma curta temporada.

Leia também: Musicais em alta! Confira estreias e o que esperar desse gênero teatral em 2019



Divulgação/João Caldas
“Billy Elliot” chega ao palco do Teatro Alfa e conta a história de um menino que sonha em ser bailarino


A produtora que conseguiu o disputado direito de montar o espetáculo com liberdade criativa é o Atelier de Cultura. “Temos um Billy Elliot
especial para entregar ao público, é o mesmo espetáculo só que com uma pitada de brasilidade”, fala Carlos Cavalcanti, um dos produtores associados. O cenário, o figurino e o design de luz foram feitos no Brasil, mas sem perder a essência do espetáculo original.

Leia também: “Annie, o musical” é um espetáculo que enche os olhos e desperta o otimismo

O musical
gira em torno de Billy, um garoto que deixa as aulas de boxe após descobrir uma paixão pela dança. O problema é que o sonho de ser um bailarino é ameaçado quando seu pai, interpretado pelo ator Carmo Dalla Vecchia, descobre que o filho frequenta as aulas de dança. Em paralelo, o espetáculo aborda a greve dos mineiros britânicos que aconteceu entre 1984 e 1985.

Leia mais:  “BBB 19”: 1ª leva de participantes tem morador da Rocinha e acusado de machismo

Elenco infantil é destaque em Billy Elliot 


Tiago Sousa é um dos atores mirins que dão vida ao Billy Elliot e a foto é de uma das cenas mais aguardadas do musical
Divulgação/João Caldas
Tiago Sousa é um dos atores mirins que dão vida ao Billy Elliot e a foto é de uma das cenas mais aguardadas do musical


Pedro Sousa, de 10 anos, Richard Marques, de 14 anos, e Tiago Sousa, de 12 anos, são os atores mirins que dão vida ao personagem título. O diretor do espetáculo é o canadense John Stefaniuk, que é responsável por dirigir montagens de clássicos como “O Rei Leão” pelo mundo. Ele faz questão de evidenciar o talento dos meninos protagonistas que precisam dançar ballet, cantar, atuar, sapatear e até voar em cena.

John diz que percebeu que o Brasil é um país muito caloroso, muito família e isso o ajudou a conduzir os atores durante os ensaios. Quem também sentiu esse calor do povo brasileiro foi a coreógrafa associada Barnaby Meredith, que acredita que o Brasil colocou Billy em um novo lugar e brinca que nunca recebeu tantos abraços antes.

Leia também: Montagem de “Peter Pan” traz voo, magia e encantamento para os palcos

A dança é o coração desse espetáculo e, por isso, não houve alterações na coreografia original criada por Peter Darling. O iG
Gente
acompanhou um ensaio geral do espetáculo e adianta que o público pode esperar uma superprodução que emociona, diverte e não deixa nada a desejar. A temporada de Billy Elliot
vai até o dia 30 de junho, com apresentações de sexta-feira a domingo e os ingressos custam de R$ 75 a R$ 310.

Leia mais:  Última temporada de “Game of Thrones” estreia em abril de 2019

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Tchau Elana! Leitores do iG apontam sister como nona eliminada do “BBB 19”

Publicado

por

O iG Gente
perguntou e o público respondeu. Segundo os leitores do Portal, Elana Valenária foi eleita para deixar a casa do “BBB 19”. Detentora de 63% dos votos válidos, a engenheira agrônoma do Piauí é líder de rejeição deste Paredão, que também contempla Carol Peixinho, com 23%, e Paula Sperling, com 14% dos votos.

Leia também: Nono paredão delineia favoritas à final em semana que Gabi se fragiliza no jogo


Elana Valenária é a próxima eliminada do
Reprodução / TV Globo
Elana Valenária é a próxima eliminada do “BBB 19”? Enquete do iG Gente aponta que sim

Se deixar a casa em seu segundo Paredão, pelo menos Elana teve uma boa jornada. Para se ter noção, a sister bateu recorde do “ BBB 19
” ao monopolizar a liderança por três semanas consecutivas, duas dessas lideranças compartilhadas com Danrley – eliminado da semana passada. Já quando o assunto é penitência, ela esquivou-se bem, tendo apenas uma experiência com o Castigo do Monstro.

Leia também: Paula e Hariany brigam ao vivo no “BBB 19” e internet reage

Jogando pelas beiradas, Elana não ganhou destaque logo de cara. A participante do reality show
demorou a ganhar visibilidade na casa mais vigiada do Brasil. Sempre alegando que tinha dificuldades para firmar amizades, o começo foi difícil para a nordestina.

Ao longo do programa da Rede Globo
ela conseguiu estabelecer um local no Baile da Gaiola, mas mesmo assim não rendia bons destaques. Com menos de 10 pessoas dentro do reality show, finalmente, começou a ser possível conferir a participação da sister e criar afeição por sua amizade com Rodrigo e Danrley.

Leia mais:  Astro de “Riverdale” simpatiza com brasileira e fãs especulam romance

Todavia, sem saber, Elana agrupou-se no lado mais fraco da corda, o Baile da Gaiola, que sofre com a fraca presença na internet. Fraqueza esta que é um ponto forte do Villa Mix, o que é uma vantagem para Paula neste Paredão.

Nesta berlinda esses fatores se intensificam pela presençam de Carol Peixinho que por ser uma das favoritas do público, dificulta mais ainda a chance de Elana permanecer no jogo.

Se Elana deixar o “Big Brother” nesta terça-feira (26), além de um jogo mal elaborado, o fato de estar em um Paredão polarizado também pode ser atribuído à sua eliminação.

Leia também: Resistência do elenco às brigas desafia tolerância da audiência ao “BBB 19”

O “ BBB 19
” vai ao ar de segunda a domingo, às 22h20, na
Rede Globo

. Sempre sob o comando de Tiago Leifert, a atração caminha para sua reta final. Após a eliminação desta semana restarão apenas sete participantes na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Final de “Game of Thrones” vai “dividir opiniões”, observa Kit Harington

Publicado

por

Com o final de “Game of Thrones” cada vez mais próximo, o elenco da série tem trazido cada vez mais declarações a respeito do que o público deve esperar do desfecho da série da HBO
. Nas palavras do intérprete de Jon Snow, Kit Harington, o final da série será responsável por uma divisão de opiniões entre os fãs.


Kit Harington, intérprete de Jon Snow em Game of Thrones, diz que o final da série vai dividir opiniões
Reprodução/HBO
Kit Harington, intérprete de Jon Snow em Game of Thrones, diz que o final da série vai dividir opiniões

Leia também: Presidente da HBO viu o “espetacular” fim de “Game of Thrones: “são seis filmes”

Questionado sobre o final da série durante uma entrevista à Emmys Magazine
, o intérprete de Jon Snow declarou: “Eu nunca vi uma série com tantos fãs quanto ‘ Game of Thrones
‘ que tenha deixado todos satisfeitos com o final. Acho que não será diferente, acho que vai dividir opiniões”.

A oitava e última temporada da série vai ser lançada em 14 de abril na
HBO

. Sobre o desfecho da produção, Kit Harington
apontou: “Acho que o fim vai ser forte. Você não quer errar na sua despedida”.

Durante a entrevista, o ator ainda dissertou a respeito de uma das principais tramas de seu personagem na série, envolvendo a sua morte e a sua ressurreição: “Foi provavelmente um dos períodos mais sombrios da minha vida. Eu acho que tinha a ver com ser um gancho ambulante. Não gostei daquilo”.

Leia mais:  Astro de “Riverdale” simpatiza com brasileira e fãs especulam romance

Kit ainda completou: “Você quer ser o protagonista, e então se vê sob os holofotes da maior série do mundo por alguns meses. É muito desorientador, estranho e desagradável de várias maneiras. Foi aí que pensei ‘preciso me separar um pouco da série’”.

Leia também: Ator de “Game of Thrones” já leu os últimos episódios: “É o fim de uma era.”

Declarações sobre o fim de “Game of Thrones”


Equipe fala sobre o fim de
Divulgação
Equipe fala sobre o fim de “Game of Thrones”

Harington não foi o único a dissertar a respeito do final da série. Peter Dinklage, o Tyrion Lannister, chegou a declarar em entrevista ao Mashable: “Foi doloroso, é o fim de uma era”. 

Leia também: Executiva da HBO afirma que final de “Game Of Thrones” terá muitas mortes

Já o próprio presidente da emissora, Richard Plepler, falou à Variety sobre o fim de
Game of Thrones
“: “É um espetáculo. Os caras fizeram seis filmes. Minha reação foi: ‘Estou assistindo a um filme’. Eles sabiam que o sarrafo já estava alta, mas foram lá e o aumentaram ainda mais. Assisti sem qualquer efeito visual e fiquei impressionado”.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana