conecte-se conosco


Mato Grosso

Museu Residência dos Governadores abre nesta segunda-feira (26) para contar história dos ilustres moradores

Publicado

Primeira edificação de status oficial, a Residência dos Governadores foi inaugurada na década de 1940. Além de servir como morada a 14 governadores, serviu de hospedagem para o ex-presidente Getúlio Vargas, em 1941, quando ele fez sua primeira visita a Mato Grosso. 
 
A Residência dos Governadores será reaberta nesta segunda-feira (26), com cerimônia às 20h . Resultado do esforço da equipe da Superintendência da Secretaria de Estado de Cultura, a casa reabre com funcionalidade museológica, tornando-se mais um equipamento cultural. Mas que desta vez, vai expor de forma permanente e didática, itens do antigo mobiliário, como objetos, pratarias e louças. 
 
O Museu Residência dos Governadores ficará aberto à visitação de terça-feira a sexta-feira, das 13h30 às 18h. 
 
De acordo com o superintendente de Patrimônio Histórico e Cultural  , Fernando José Santos, ao visitar o museu, o público fará uma viagem pela história da política mato-grossense. “A antiga Residência dos Governadores é considerada um espaço importante para a sociedade mato-grossense e pelo seu valor histórico e arquitetônico deve ser preservada. Por isso, depois de 32 anos a Secretaria de Estado de Cultura retoma e devolve seu encanto original e valor cultural”.  
 
Segundo ele, posteriormente os dois veículos históricos – uma Limusine Willys Itamaraty Executivo e um Ford Landau -, que serviram o governo de Mato Grosso entre 1967 e 1983 e foram tombados como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual em 2014, também serão transferidos para o Museu Residência dos Governadores. Hoje, encontram-se em exposição no Palácio Paiaguás. 
 
A equipe da secretaria tem trabalhado na coleta de acervos pessoais dos 14 ilustres moradores, além dos demais chefes do poder executivo estadual que passaram por lá.
 
“A novidade do Museu Residência dos Governadores é que, no piso superior, haverá um gabinete com mobiliários remanescentes do antigo Palácio Alencastro, demolido em 1959, que poderá ser eventualmente, utilizado para solenidades oficiais e quaisquer outros atos administrativos que sejam de interesse do Estado, preservando as funções d sede de Governo e do museu, enquanto unidade museológica permanente”, diz Fernando.
 
HISTÓRIA 
 
A Residência Oficial dos Governadores de Mato Grosso foi construída entre os anos de 1939 e 1940, no Governo do Interventor Júlio Muller. O projeto da edificação, elaborado pelo arquiteto Humberto Kaulino, obedeceu ao estilo usado no Rio de Janeiro na década de 30, neocolonial de matriz norte-americana, chamado de estilo “mission”, baseado nas antigas missões espanholas da Califórnia e outros estados conquistados ao México pelos Estados Unidos, muito difundido em filmes de faroeste. 
 
A escassez de mão de obra especializada fez com que fosse necessária sua importação de outros países, como por exemplo, dos austríacos Reuman e Gunther. Poucos materiais chegavam à região com grandes lacunas temporais entre as entregas, havendo somente areia e pedras, extraídas do Rio Cuiabá, da cal proveniente de Nobres e de tijolos fabricados pela Polícia Militar. Com isso as telhas coloniais, a serralheria, as 18 esquadrias de madeira, o piso parquet, a cerâmica e todo material de acabamento, bem como o vitral, projetado pelo próprio arquiteto, vieram de São Paulo, sendo a primeira casa na cidade a possuir piscina e fogão a gás. Os mobiliários, pratarias, cristais e peças decorativas que compõem a residência foram adquiridos ainda na década de 1940 por Maria Ponce de Arruda Muller, esposa do primeiro interventor de Mato Grosso, Júlio Strübing Muller. 
 
Em 1959, no governo de João Ponce de Arruda, inicia-se a demolição do antigo Palácio Alencastro e a construção de um imponente e moderno edifício que abrigasse a sede do governo estadual, momento em que muitos mobiliários e objetos de decoração passam a compor Residência Oficial dos Governadores. Hoje o Palácio Alencastro é ocupado pela Prefeitura Municipal de Cuiabá e ainda preserva a passarela que permitia acesso seguro ao chefe do executivo entre a Residência dos Governadores e Palácio Alencastro.
 
São 569,25m2 de área construída, tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual em 1983 por meio da Portaria nº 53/1983 e publicada no DOE/MT no dia 09 de janeiro de 1984. Durante 45 anos a residência abrigou 14 governadores de Mato Grosso e seus familiares, sendo desativada como residência oficial em janeiro de 1986. 
 
Em 12 de maio de 1986 foi criado e inaugurado o “Museu da Residência dos Governadores”, desativado em julho do mesmo ano. Segundo registros, o acervo de aproximadamente três mil peças composto por mobiliários, utensílios, cristais e pratarias foram divididos em três lotes e depositados no Museu Histórico de Mato Groso, Fundação Cultural de Mato Grosso e Casa Cuiabana, muitos dos quais infelizmente se perderam.
 
Por um curto período, em 1987, a Residência abrigou a Secretaria de Estado de Cultura, em seguida, até 2003, a sede do Conselho Estadual de Cultura de Mato Grosso, transformando-se em um confortável espaço cultural para a sociedade, contando com ateliê, salas de exposições e praça de eventos. 
 
Em dezembro de 2004, a Lei nº 8.235 transferiu a edificação para a Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso – MT Fomento. Em 2 de abril de 2014, a Secretaria de Estado de Cultura, instalou na Residência dos Governadores o Museu de Arte de Mato Grosso, criado pelo Decreto nº 1.327 de 13 de maio de 2008 onde permaneceu até 2017.
 
SERVIÇO
 
Abertura do Museu Residência dos Governadores
26 de novembro, segunda-feira, às 20h
Rua Barão de Melgaço, 3565, Centro de Cuiabá 

Comentários Facebook

Mato Grosso

Segunda-feira (03): Mato Grosso registra 55.156 casos e 1.927 óbitos por Covid-19

Publicado

por


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (03.08), 55.156 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 1.927 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado e 25 mortes nas últimas 24 horas. 

Foram registradas 1.716 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 55.156 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 18.709 estão em monitoramento e 34.520 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 291 internações em UTIs públicas e 309 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 78,57% para UTIs adulto e em 34,95% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (12.096), Várzea Grande (4.320), Rondonópolis (3.370), Lucas do Rio Verde (2.953), Tangará da Serra (2.341), Sorriso (2.286), Sinop (2.131), Primavera do Leste (1.847), Nova Mutum (1.493) e Pontes e Lacerda (957). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. 

O documento ainda aponta que um total de 53.156 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 4.618 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira (03), o Governo Federal confirmou 2.750.318  casos da Covid-19 no Brasil e 94.665  óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 94.104 óbitos e 2.733.677 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Secel abre segunda turma do curso online para jogos e brincadeiras

Publicado

por


.

Para atender a alta procura pelos cursos do projeto de aperfeiçoamento profissional continuado, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) abriu uma nova turma da capacitação ‘Jogo, Brinquedo e Brincadeira – elemento do brinquedista para o tempo e recreação e lazer’. As inscrições para esse segundo grupo estarão abertas a partir do dia 05 de agosto e os encontros online ocorrerão nos dias 19 e 20 do mesmo mês.

O curso, que irá tratar sobre os cuidados com a construção, organização/catalogação dos brinquedos e com o tempo de dedicação à recreação e lazer, será conduzido pelo professor mestre João Batista. Após a inscrição confirmada, o interessado receberá o endereço de internet para acesso às aulas e às atividades avaliativas que compõem a carga horária de 10 horas. 

Em sua primeira edição, que será oferecida nos dias 12 e 13 de agosto, as inscrições se esgotaram assim que a qualificação foi divulgada. Para acolher os demais interessados, a nova turma contará com 40 vagas e também dará direito à certificação.

As capacitações fazem parte do projeto da Escola de Formação em Esporte e Lazer, que já ofereceu, desde que foi lançado no  mês de junho, cursos online e gratuitos sobre políticas públicas, pedagogias esportivas e esportes de aventura. 

Buscando contribuir no processo de aprendizagem e desenvolvimento contínuo em Mato Grosso,  o projeto tem como público alvo gestores municipais, profissionais e estudantes da área de educação física. No momento da inscrição, os participantes podem ainda sugerir outros cursos de interesse da área de educação física, ajudando também a mapear demais demandas formativas. 

Serviço

Segunda turma ‘Jogo, Brinquedo e Brincadeira’

Encontros online: 19 e 20 de agosto

Inscrições: de 05 a 11 de agosto

Plataforma de inscrição: formulários.cultura.mt.gov.br

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana