conecte-se conosco


Mulher

Mulher quase morre ao sofrer reação alérgica após fazer sexo sem preservativo

Publicado

source

Uma mulher, de 46 anos, da cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, sofreu uma reação alérgica e quase morreu depois de fazer sexo sem preservativo com o marido. Uma hora depois da relação sexual, ela começou a suar profundamente, teve tontura, além de sofrer com quadros de diarreia.

Leia também: Mulher sofre reação alérgica e quase morre após fazer sexo oral no namorado

mulher na cama arrow-options
shutterstock
Uma hora depois de fazer sexo sem proteção com o marido, a mulher passou a apresentar uma reação alérgica grave

Quando os sintomas pioraram, ela foi levada ao hospital. No local, ela revelou ter alergia à penicilina, mas negou ter tomado o antibiótico antes de fazer sexo ou ingerido alimentos incomuns. Após exames, os médicos descobriram que seu marido tinha ingerido nafcilina – uma forma de penicilina – para tratar uma infecção. 

Leia também: Conheça a posição sexual que pode te matar em 30 minutos

De acordo com o Daily Mail , a mulher, no caso, teve um choque anafilático, uma reação do sistema imunológico a uma substância que considera prejudicial. A reação alérgica grave faz com que a pressão arterial caia de forma repentina e as vias aéreas do paciente ficam mais estreitas, bloqueando a respiração. 

Como resultado, os especialistas do Sinai Hospital disseram que a anafilaxia foi causada por conta de uma transferência da nafcilina através do sêmen . O caso, que acredita-se ser o terceiro do gênero já registrado, foi publicado no The American Journal of Medicine

Leia mais:  Noiva desastrada joga buquê na própria cabeça e cai na hora da valsa

Como parte do tratamento, a mulher recebeu uma dose de adrenalina. Os sintomas da reação alérgica melhoraram em 24 horas e ela conseguiu sair do hospital. Os médicos ainda informaram para ela não fazer sexo com o marido por pelo menos uma semana depois que ele terminar o tratamento com antibióticos. 

Leia também: Ataque cardíaco no sexo mata mais homens por conta de uma atitude das mulheres


Médicos disseram que penicilinas, assim como outros antibióticos, são conhecidas por se concentrarem no sêmen humano e podem ser absorvidas pela vagina.  Eles agora pedem que médicos e farmacêuticos estejam cientes dos riscos potenciais de prescrever medicamentos às pessoas se seus parceiros tiverem alergias. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Adesivo de parede é forma fácil e barata de mudar a decoração; veja como usar

Publicado

por

Você sabia que é possível mudar a decoração dos cômodos de forma rápida, fácil e sem gastar muito? Hoje em dia, não é necessário passar por grandes reformas para transformar e dar uma repaginada no visual da casa. Isso porque, além do papel de parede, outro item que pode ser utilizado é o adesivo de parede.

Leia também: 6 ideias baratas de decoração para mudar o visual da sala sem gastar muito

adesivo de parede arrow-options
Reprodução/QCola
Adesivo de parede à esquerda, à venda no QCola, custa R$ 48 (tamanho único); opção à direita custa R$ 99 (tamanho único)

A grande facilidade do adesivo de parede é que pode ser aplicado onde desejar. O primeiro passo para escolher o desenho ideal é identificar o estilo decorativo que lhe agrada ou pensar em algo que já se encaixe no décor. “Assim, poderá escolher entre alguns estilos, com adesivos maiores ou menores, coloridos ou preto e branco”, diz Marcos Lopes, CEO do QCola.

Segundo Dafne Schaalmann Villalta, criadora do ateliê Primeiro Quarto, existem adesivos para todos os gostos. “As opções vão dos mais clássicos aos mais modernos. Veja o estilo dos móveis e as cores do cômodo para escolher melhor”, pontua ela, que recomenda ter em mãos as medidas da parede não comprar o item na dimensão errada. 

Em relação ao local de aplicação, a dica é deixar na parede mais visível do ambiente, que os moradores e os visitantes possam vê-lo por completo. Outra opção é escolher a superfície que você mais gosta, mas que tenha visibilidade. Dessa forma, conseguirá se sentir confortável ao ver o ambiente com a sua personalidade.

Leia mais:  Os cortes de cabelo feminino mais desejados da temporada

Outro ponto é que, ao identificar o estilo do cômodo, é possível escolher um adesivo que se encaixe melhor. “Dá um toque especial e, ao mesmo tempo, mantém a originalidade do ambiente”, diz o profissional do QCola. 

Leia também: 6 tendências de papel de parede para inovar na decoração e mudar os ambientes 

Para uma pessoa mais discreta, vale apostar em adesivos menores e com linhas mais finas, que não tenham tanto destaque. “Existem muitos adesivos pequenos e com cores discretas, com as bolinhas, triângulos que ficam lindos quando espalhados pelas paredes”, destaca Dafne.

Já quem prefere opções mais chamativas, vale investir em desenhos coloridos, com linhas mais grossas, como, por exemplo, um modelo de mandalas. No caso de um quarto de bebê, dá para trazer uma forma em que o pequeno vai interagir. “Os temas de natureza são sempre muito alegres e trazem cores e vida aos quartos”, pontua Dafne. 

Em relação aos preços, o consumidor consegue encontrar modelos de diversos valores, inclusive na faixa de R$ 30. Em alguns casos, há até opções mais baratas. O importante é avaliar se adesivo escolhido é realmente do seu gosto e, a partir disso, verificar se o preço está dentro do orçamento previsto.

O que você deve saber antes de aplicar o adesivo de parede

adesivo de parede arrow-options
Reprodução/QCola
Adesivo de parede (esquerda), à venda no QCola, custa R$ 34 (tamanho pequeno); opção à direita custa R$ 47,72

A parede onde o adesivo vai ser aplicado precisa ser lisa, ou seja, sem nenhum tipo de textura. “É sempre bom passar um pano seco antes de iniciar a aplicação”, orienta Dafne. Para aplicá-lo com facilidade, utilize uma espátula e retire a película com cuidado. se for pintar a parede antes, o ideal é esperar até uma semana para a instalação do desenho. 

Leia mais:  Tem pele oleosa? 3 hábitos que você deve esquecer para não ter espinhas no rosto

Leia também: Decoração de Natal: 6 ideias criativas e baratas para você fazer em casa


No geral, além dos cuidados acima, lembre-se identificar a sua personalidade, antes de tudo, ao escolher o adesivo de parede . “Comece pensando se quer um tema específico ou se prefere algo mais geométrico, por exemplo. Depois pense nas cores que mais agradam e, a partir daí, é só soltar a imaginação”, finaliza Dafne. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Menina cai com escova de dente na boca e perfura garganta

Publicado

por

source

Celeste Gravenmeier sofreu um grave acidente envolvendo a sua escova de dente . A menina de cinco anos estava com o objeto em sua boca quando caiu da cama, perfurando sua garganta. O caso aconteceu em West Valley City, Utah, nos Estados Unidos.

Leia também: Mãe filma filho de seis anos dirigindo carro a 130km/h: “Ninguém pode me julgar”

menina arrow-options
Reprodução/Daily Mail
Celeste Gravenmeier caiu da cama com a escova de dente na boca, perfurando a garganta

Segundo o site “Daily Mail” , Celeste foi imediatamente levada ao hospital pelo seu pai. Lá, a garota passou por uma cirurgia de duas horas para que o buraco em sua garganta fosse fechado. Tudo correu bem, mas os médicos afirmam que ela pode enfrentar problemas de fala no futuro e até precisar de outras cirurgias.

Leia também: Concurso de rádio nos EUA surpreende ao dar “bebê” como prêmio

Agora, Celeste precisará passar por um tratamento que custa cerca de R$ 20 mil. Para conseguir arcar com os custos, sua família criou uma página na internet divulgando o caso e pedindo doações.

Leia também: Mulher viaja mais de 800 km para perder virgindade com casal


Essa também foi uma forma encontrada pelos pais de alertar as famílias sobre o acidente. “Sempre reforce para seus filhos a importância de não correr ou pular ou fazer qualquer outra coisa do tipo quando estiver escovando os dentes”, diz o pai.

Leia mais:  Mulher tem reação surpreendente ao encontrar anel de noivado antes de pedido

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana