conecte-se conosco


Nacional

Mulher é ferida na cabeça durante tiroteio em Angra dos Reis

Publicado

source
Frade, Angra arrow-options
Reprodução/Facebook

O tiroteio aconteceu no Frade, em Angra dos Reis, Rio de Janeiro


Leia também: Quatros pessoas morrem soterradas em deslizamentos em Campos do Jordão

Moradores do Frade, em Angra dos Reis, acordaram assustados, na manhã deste sábado (14), com o intenso tiroteio entre facções rivais na região. Nas redes sociais, moradores contam o terror pelo qual estão passando. Uma mulher ficou ferida após ser atingida na cabeça por estilhaços de um bala perdida.

“Ninguém consegue ir trabalhar. Um inferno e a polícia na beira da pista e ninguem faz nada… Nós não merecemos passar mais por isso”, afirma. Outro morador conta que o tiroteio começou às 6h. “Troca ontensa de tiro, parte do comércio fechado, ninguém consegue descer o morro. É polícia atirando no bandido, bandido atirando no bandido, bandido atirando na policia. Desde 6h. É assustador o que está se passando na Vila do Frade. Algo fora do comum”.


A vítima da troca de tiros, de acordo com moradores, foi levada para o Hospital de Praia Brava. Ela estava dentro de casa quando foi atingida. Segundo o setor de emergência da unidade hospital, a vítima, que não teve a identidade divulgada, foi atingida por estilhaços de bala perdida na cabeça. Atendida e com curativo, ela foi liberada para casa.

Leia também: Médico e enfermeira são sequestrados para socorrer baleado em Paraisópolis

Leia mais:  Grávida escapou por pouco que de ser atingida por passarela que desabou no Pará

Segundo a PM, o 33º BPM (Angra dos Reis) foi acionado por conta de disparos de arma de fogo no bairro do Frade. Os policiais se dirigiram ao local e passaram a reforçam o patrulhamento na área, inclusive no trecho da BR-101 que corta o bairro. Não houve prisões ou apreensões até o momento.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook

Nacional

Serviço Geológico lança mapa online sobre áreas de risco no país

Publicado

por

source

Agência Brasil

Deslizamento de terra arrow-options
Reprodução/TV Globo

Deslizamentos de terra são comuns quando há chuvas intensas

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) lançou uma plataforma interativa que reúne informações sobre áreas com alto risco e muito alto risco de deslizamentos de terra, inundações, enxurradas e quedas de rocha, em mais de 1.600 municípios brasileiros. O serviço é um mapa online e contém uma base de dados que pode ser usada por gestores nacionais, estaduais e municipais, como as defesas civis de cada região, além da comunidade acadêmica, empresas privadas e a sociedade.

Leia também: Número de mortos por causa das chuvas em MG sobe para 37; 17 mil estão sem casa

Segundo a chefe da Divisão de Geologia Aplicada da CPRM, Sandra Fernandes, que coordena o trabalho de mapeamento de áreas de risco no país, o serviço é um visualizador que funciona como se fosse um mapa online .

“O mapa contém todas as informações que foram levantadas pelo Serviço Geológico do Brasil de 2012 até agora, referentes às condições de risco geológico, suscetibilidade a movimentos gravitacionais de massa e inundação e mapeamento de perigo de movimentos gravitacionais de massa”, disse Sandra.

O mapa online mostra as áreas que apresentam condições de risco alto e muito alto nas regiões urbanas e delimita em campo, com base no número de moradias e de pessoas ali residente, quais são os processos que podem ocorrer em cada área. O mapa tem atualização constante e indica a quem o consulta se na área em pesquisada é considerada “de risco alto ou muito alto e se é propensa ou não para ocorrências que podem gerar risco”, explicou Sandra.

Leia mais:  Flávio Bolsonaro empregou esposa e mãe de policial preso por integrar milícia

Os mais de 1.600 municípios que constam do mapa localizam-se em 25 estados – estão de fora apenas Mato Grosso, onde o mapeamento ainda não foi feito, e o Rio e Janeiro, onde o trabalho é feito pelo Serviço Geológico do Estado do estado.


“É um número crescente”, afirmou a chefe da Divisão de Geologia Aplicada da CPRM. Ela informou que, anualmente, é feita uma programação com o governo federal com foco em uma setorização em novos municípios ou na revisitação àqueles em que o levantamento começou, entre os anos de 2012 e 2014. “Isso porque a condição de risco é dinâmica e vai se modificando à em que aumenta a densificação urbana, ou quando o próprio município faz alguma modificação, seja estrutural, com obras de contenção,ou até mesmo não estrutural, para saber lidar com a condição de risco do município”, explicou.

Leia também: No Espírito Santo, chuvas já causaram a morte de oito pessoas

O acesso ao programa é feito pelo site do Serviço Geológico do Brasil. Pelo sistema de busca, o usuário pode localizar o município de seu interesse e, nos menus que se encontram no final do mapa, filtrar e cruzar dados sobre os produtos cartográficos elaborados pela CPRM.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Instituto diz que água em estação de tratamento está ‘de acordo com os padrões’

Publicado

por

source
Reservatório de água de Guandu arrow-options
Divulgação/Cedae

Cedae está com dificuldades em normalizar a situação da água no Rio de Janeiro

O Instituto Estadual de Ambiente (Inea) informou, em nota divulgada neste sábado, que, apesar do cheiro, cor e sabor estranhos, a água que é coletada na estação de tratamento do Guandu, gerenciada pela Cedae , está “de acordo com padrões estabelecidos”. Segundo o Inea, o laudo foi realizado a pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

Leia também: Minas Gerais decreta situação de emergência em 47 cidades por causa das chuvas


“Os resultados mostram que a qualidade da água para tratamento convencional, visando o abastecimento público está de acordo com os padrões estabelecidos pela Resolução Conama 357/2005″, diz a nota.

Leia também: No Espírito Santo, chuvas já causaram a morte de oito pessoas

O MP-RJ informou que será criado um Grupo de Trabalho da Secretaria Estadual de Saúde (SES) com as vigilâncias municipais, num prazo de até sete dias, para dar continuidade à análise da potabilidade da água tratada pela companhia. Também serão realizadas reuniões com órgãos ambientais e de vigilância para tratar dos problemas relacionados à água distribuída na Região Metropolitana da cidade.

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
Leia mais:  Argentina vai às urnas domingo em eleições primárias
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana