conecte-se conosco


Polícia

Mulher denuncia na rede social suposto cliente por tentativa de estupro em Tangará da Serra

Publicado

Uma jovem de 23 anos usou o perfil social na internet nesta segunda-feira (13) para denunciar um suposto cliente por tentativa de estupro em Tangará da Serra.

Jovem denuncia em rede social suposta agressão sofrida por cliente – Imagem: Reprodução/Facebook

Segundo a mulher, o suspeito teria ido até a casa dela para que se relacionassem e agressivo, puxou ela pelos cabelos e ainda, rasgou a roupa dela em uma tentativa de estupro. “Já veio em minha direção me agredindo, me enforcando, apertando com muitas força meus seios. Me puxando pelos cabelo da cozinha até o quarto, rasgou minhas roupas na intenção de me estuprar. Sensação horrível, eu senti que ali, esse desgraçado tiraria a minha vida. Nunca vi o cara, me obrigou a monta na moto dele, mas eu consegui ligar pra minha amiga, que mora próximo. O cara me espancando, não se contentou, e ainda bateu em minha amiga. Vi a morte hoje, e ainda estou gravida”, desabafa.

Uma outra jovem que o acusa, também diz ter sofrido agressões e defendeu a amiga na postagem. “Muito simples, pra quem está defendendo esse tarado só se colocar no lugar da vítima, e se fosse com uma filha, uma sobrinha ou até mesmo a sua esposa? Bando de inútil pra mim quem apoia estuprador é da mesma laia”, diz a amiga.

O caso ganhou grande repercussão em rede social. Revoltada a mulher publicou fotos do suposto suspeito, em defesa, a mãe do rapaz se manifestou na página da jovem. “Ela ta querendo fazer ibope, mas eu vou correr  atrás disso. Gente presta atenção ela ta mentindo, ele não fez isso, eu sou mulher, não é porque eu sou mãe dele, se ele tivesse feito isso, nunca iria defende ele.  Se eu tiver que gasta tudo que tenho, eu vou provar isso, ela que detonar ele por causa de 100 reais. Minha filha é feio, vc já tentou detonar o casamento dele uma vez, agora, de novo? Só que agora você vai ter que prova sua acusação, o que você fez foi muito serio”, ressalta a mãe.

Conforme declaração da mãe na publicação o desentendimento entre o filho e a denunciante, teria acontecido por um desacordo comercial. “Ela marcou um programa com ele, e ela não tinha maquininha de cartão pra pagar. Ele saiu me ligou, só que não deu tempo pra mim levar o dinheiro pro meu filho. Ela atacou ele com uma faca,  por isso ela ta fazendo isso e vou provar que ela tá mentindo”.

A vítima, nega as acusações e afirma que o rapaz foi ferido pela amiga, ao tentar defendê-la das agressões. Conforme a jovem, ela registrou um boletim de ocorrência contra o suspeito e passou por exame de corpo de delito, que é o meio de reunir provas materiais para indicar o crime sofrido. Em boletim de ocorrência, não consta denúncia por tentativa de estupro ou lesão corporal, a vítima relatou os crimes de injúria e ameaça.

 

Comentários Facebook

Polícia

Polícia Civil cumpre prisão de homem que jogou veículo e atirou contra casa de ex-companheira

Publicado

por


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), cumpriu o mandado de prisão de um homem acusado de descumprimento de medida protetiva no âmbito da violência doméstica. 

O suspeito de 58 anos teve o mandado de prisão representado pela DEDM de Rondonópolis em abril de 2019, após descumprir as medidas protetivas impostas pela justiça.

Na ocasião, ele compareceu à casa da vítima e arremessou sua caminhonete contra o portão, além de efetuar disparos de arma de fogo que atingiram o forro da residência. A Polícia Militar foi acionada, porém, o suspeito foragiu do local sendo registrada a ocorrência por dano e ameaça.

O mandado de prisão foi expedido cinco dias após a representação, contudo, o suspeito mudava de endereço com o objetivo de dificultar o trabalho policial. No dia 02 de junho, o suspeito tornou a descumprir as medidas protetivas, mandando mensagens de áudio para a ex-companheira. 

Durante as diligências realizadas nesta quarta-feira (01), os policiais da DEDM tiveram a percepção que o suspeito estava em seu local de trabalho, entrando no estabelecimento, onde o suspeito foi localizado e teve o mandado de prisão cumprido.

Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito não apresentou resistência e foi conduzido a Delegacia da Mulher para as providências de praxe.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Fiscalização integrada vistoria mais uma drogaria e checa preços de medicamentos e produtos

Publicado

por


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Ação fiscalizatória da Polícia Civil, em conjunto com o Procon Estadual, vistoriou nesta quarta-feira (01.07) mais um estabelecimento de venda de medicamentos no varejo para apurar preços dos produtos mais procurados neste período da pandemia do coronavírus. A fiscalização desta quarta-feira foi realizada em uma unidade de uma rede nacional de drogarias, localizada na Avenida Coronel Escolástico, na Capital.

A fiscalização, que tem a coordenação da Equipe Especial de Pronta Resposta da Polícia Civil, Delegacia Especializada do Consumidor e fiscais do Procon, apura se ocorre aumento abusivo nos preços de produtos e medicamentos, como álcool em gel, máscaras de proteção, termômetros, vitaminas e medicamentos como a ivermectina e antibióticos.

Responsável pela Equipe Especial da Polícia Civil, o delegado Rodrigo Azem Buchdid destaca que a ação ampliou o foco de fiscalização dos produtos, passando a checar também os valores de venda de antibióticos e da ivermectina, medicamento utilizado para tratar infecções causadas por parasitas.   

“Desde o início da fiscalização, a equipe focou as ações para apurar se há a prática de preços abusivos em produtos da cesta básica de alimentos e também em itens de higiene e medicamentos. Com a grande procura por medicamentos como a ivermectina, passamos a checar também os preços desse produto, além de termômetros, vitaminas e antibióticos”, explica o delegado.  

Desde o início da fiscalização, no mês de maio, em torno de 15 estabelecimentos do comércio, entre farmácias, distribuidoras de produtos e equipamentos de saúde, supermercados e posto de combustível foram vistoriados pela equipe integrada.

A ação é realizada semanalmente em empresas da região metropolitana de Cuiabá.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana