conecte-se conosco


Mulher

Mulher de quase 60 anos diz que namorar homens mais novos a faz sentir com 30

Publicado

Aos quase 60 anos, Gaynor Evans sente como se tivesse 30. Quando questionada sobre qual o segredo para ter essa juventude toda, a inglesa responde, sem cerimônia, que está em seus relacionamentos amorosos, já que ela só se envolve com homens mais novos, com mais da metade de sua idade.


undefined
Reprodução/Facebook @gingerbirdevans

Gaynor Evans conta que após se divorciar, passou a se relacionar com homens mais novos e chegou a ficar com um rapaz de 23 anos


Leia também: Pedido de casamento é feito em livro com ilustrações de momentos do casal

Gaynor é escritora e empresária, mora em Enfield, no norte de Londres, tem 57 anos, quatro filhos e um neto. A “papa anjo”, como ela mesma se define, já se relacionou com centenas de homens mais novos , todos com menos de 30 anos.

Em entrevista ao tabloide britânico Daily Mail , ela conta que começou a sair com rapazes mais jovens desde que teve um caso com um garoto de 23 anos, assim que se divorciou de seu segundo marido, em 2010, e, até agora, já foram mais de 200 encontros.

Ela também afirma que agora não tem mais nenhum relacionamento sério, e que não tem intenção de que sua vida amorosa diminua o ritmo. Sem medo de ser julgada, Gaynor disse que não se importa com o “olhar torto” de outras mulheres e garante que tem o apoio de sua família, apesar de alguns de seus crushes serem mais novos do que seus próprios filhos.

‘Eu sou uma mulher mais velha que saiu do convencional. Eu sou uma das mulheres que se relaciona com rapazes mais novos mais produtivas que existe. Não estou me gabando, mas sei que não é para todos e não me arrependo do que faço”, afirma.

Ela diz que não se sente mal por ficar com jovens. “Eu não peço desculpas por isso, porque é uma escolha de estilo de vida e uma escolha com a qual estou muito feliz. Embora eu tenha quase 60 anos, me sinto com 30.”

Leia mais:  Queimadura, irritação e mais: os perigos do slime caseiro

Apesar da idade avançada, Gaynor conta que seu desejo sexual nunca diminuiu e que atualmente está mantendo um relacionamento com três homens ao mesmo tempo. “Eu não vou perder tempo me preocupando se as pessoas me julgam por fazer um ótimo sexo com um garoto de 25 anos”, fala.

Leia também: “Não vejo nada de errado”, diz mulher que sempre faz sexo no primeiro encontro

‘Homens mais novos são melhores na cama’


undefined
Reprodução/Facebook @gingerbirdevans

Para a escritora, os homens mais novos são mais carinhosos e não esperam cuidados maternais nas relações

Gaynor explica que ela prefere homens mais jovens porque são melhores na cama. “Os homens mais velhos precisam de cuidados, mas os homens mais novos apenas aproveitam a vida e não têm aquela bagagem. Os homens mais velhos também tendem a se relacionar com mulheres mais jovens”, analisa.

Para ela, os mais jovens não querem cuidados maternais, “apesar do que as pessoas pensam”. “Eles fazem você se sentir em contato com o mundo”, garante.

A escritora conta que vivia muito ocupada com o trabalho e acabou se afastando do antigo marido. Foi então que, depois de ter sido casada por duas vezes, se viu solteira ao final dos 40 anos.

“Eu estava desiludida! Foi um choque, e eu decidi que tinha que mudar a maneira como eu pensava sobre as coisas. Estava apavorada com o fato de ser uma mulher mais velha e solteira. Então lutei para voltar a me sentir confiante e me reinventei.”

Foi então que a inglesa deu a volta por cima. De uma mulher insegura e solitária, passou a se sentir empoderada. “Notei que comecei a me aproximar de caras mais jovens enquanto estava com minhas filhas. Inicialmente eu pensei que eles estavam apenas sendo educados, mas depois percebi que eles estavam interessados em mim”.


Mulher branca, loira, sorrindo
Reprodução/Facebook @gingerbirdevans

Desde que começou a se relacionar com homens mais novos, Gaynor diz que se sente uma mulher mais livre e confiante

Ela conta que tudo foi uma grande surpresa. “Eu não podia acreditar que eles estavam flertando comigo”, afirma a inglesa, que chegou a se relacionar com um rapaz de 23 anos. “Estar íntimo com ele foi uma experiência muito engrandecedora, ele era muito carinhoso. Isso me estimulou bastante.”

Leia mais:  15 depoimentos inspiradores de mulheres que assumiram os cabelos brancos

Gaynor, que conhece homens usando um aplicativo próprio para mulheres mais velhas que se interessam por garotos mais jovens, insiste que, apesar da diferença de idade de 25 anos com a maioria de seus amantes, estar entre os lençóis é melhor parte para ela.

“Eu nunca tive uma experiência ruim na cama com um homem mais jovem. A química é muito forte porque, como mulher mais velha, me sinto confiante agora. Nunca fui criticada”, diz, se gabando.

Embora pareça superficial, a escritora reforça que não é apenas sobre o sexo o motivo pelo qual ela prefere se relacionar com os novinhos. “É muito além disso. É sobre a conversa e o relacionamento todo. Sentimentos se envolvem.”

Apesar de considerar os sentimentos de seus amantes, ela fala que não tem apenas um namorado e que isso é ótimo. Ela é adepta da “não-exclusividade” entre os parceiros, porque acredita que não pode esperar isso dos homens, então se aproveita para se envolver com mais de uma pessoa também.

“Conheço pessoas 100% fiéis, mas acho que a inclinação natural de um homem é espalhar sua semente”, diz rindo.


Gaynor escreve para um blog sobre suas investidas amorosas e conta que encontra críticos a todo momento, nos comentários de suas publicações, mas insiste que está feliz por viver sua vida de uma forma única.

“As pessoas são muito pequenas, geralmente são as mulheres que são mais hostis, são invejosas. Todo ano eu me questiono e penso: ‘Estou pronta para mudar’. Mas eu prefiro ter essa liberdade e viver minha vida como eu quero.”

Leia também: Virgem aos 32 anos, mulher conta como espera que seja sua primeira vez

Ela ainda diz que se pudesse estar em um relacionamento sério, não sabe se aceitaria por conta da liberdade que sente hoje. “É algo que eu não acho que eu iria abrir mão tão facilmente. O pensamento de ficar mais velha me assusta, ninguém quer envelhecer, é apenas um fato da vida. Mas minha vida é muito mais alegre e excitante do que já foi, antes de eu me relacionar com homens mais novos ”.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Nutrição e bronzeado: quais alimentos ajudam a cuidar da pele no verão?

Publicado

por

source

Women's Health

O verão, marcado por altas temperaturas e sol intenso, é uma estação que exige cuidados com a pele. Para proteger a cútis dos danos causados pelos raios solares, o protetor solar e hidratantes são aliados importantes, mas não são os únicos recursos que podem ser usados. Além dos cosméticos, uma alimentação balanceada proporciona uma pele mais saudável.

mulher na praia arrow-options
shutterstock

Ter uma pele bem cuidada no verão envolve itens como hidratante e protetor solar e também os alimentos certos

Leia também: 15 alimentos que ajudam a prolongar o bronzeado

Para ajudar os interessados a manterem ou turbinarem o “ skin care ” neste verão, a Mônica Symphoroso, nutricionista que atende pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços da América Latina, selecionou os alimentos que ajudam a pele nutrida na estação mais quente do ano. Confira:

Aveia e água

Ter uma saúde intestinal adequada é essencial já que o corpo todo é impactado por esse equilíbrio (ou desiquilibrio), inclusive a cútis. “Se a pessoa não tiver um intestino que funcione diariamente, há uma absorção de toxinas que influenciam na pele e na saúde como um todo”, explica Mônica.

Além disso, a profissional pontua que o bom funcionamento do órgão proporciona uma melhor absorção de nutrientes que farão bem a pele. A solução é adotar o consumo de fibras, presente na aveia, além de beber mais água.

Leia mais:  Gêmeos fazem tatuagem de henna e ficam com queimaduras e bolhas no braço

Gelatina incolor

Além de matar a “vontade de comer doce”, a gelatina incolor é rica em colágeno, substância que ajuda a manter a pele firme. O consumo da gelatina, somada a uma alimentação saudável, diminui os efeitos negativos dos raios solares e previne o aparecimento de rugas precoces.


Leia também: 8 alimentos antirrugas para você incluir agora em seu cardápio

Espinafre

Conhecido pela alta concentração de ferro, o espinafre também é rico em antioxidantes e vitaminas. No caso de acne, a vitamina A presente no vegetal diminui a produção de sebo facial, o que resulta na queda de inflamações. Por conta da vitamina K e de folato, o alimento melhora o aspecto da pele e minimiza manchas como contusões e olheiras. Para a nutricionista, o ideal é que o espinafre seja consumido cru para que os nutrientes não se percam no cozimento.

Cenoura

Para aqueles que não abrem mão de um bronzeado na estação , o consumo de cenoura é recomendado. A concentração de betacaroteno presente na cenoura contribui para a produção de melanina e age como refletor de raios UVA e UVB, protegendo a pele.

Tomate

Ao citar o tomate, Mônica o descreve como “protetor dos radicais livres”, isso por conta do licopeno. A substância antioxidante é a responsável pela coloração avermelhada da fruta e retarda o aparecimento de rugas e manchas, além de agir como protetor solar natural.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

As 15 perguntas que definem se o seu relacionamento vai durar

Publicado

por

source

É possível determinar se alguém é “a pessoa perfeita” para você? Pode até parecer uma pergunta complexa, mas segundo o cientista em relacionamento, professor de psicologia na Universidade de Monmouth, em Nova Jersey, Estados Unidos, e criador do site Science Of Relationships Gary W Lewandowski, existe um teste que pode te dar uma direção sobre o futuro da sua relação. 

Leia também: 4 erros mais comuns nos relacionamentos e como não repeti-los

casal se abraçando arrow-options
shutterstock

Segundo especialista, um teste pode te ajudar a entender mais sobre o seu relacionamento e se o seu parceiro ‘é para casar’

O especialista pensou em 15 perguntas que, de acordo com ele, são essenciais para entender mais sobre o seu relacionamento – e até refletir sobre como você e seu parceiro/parceira agem um com o outro. 

“Como saber se estou na relação certa? Esse é provavelmente um questionamento que muita gente faz, mas que poucos estão equipados para responder”, disse ao The Independent UK .  “Quando tentam determinar isso, nem sempre sabem quais as perguntas certas para fazer e se concentram na coisa errada”. Daí a ideia da lista de perguntas .

Leia também: Quer fazer um “sexo incrível” com seu parceiro? Comece a ter este hábito

Para melhores resultados, é indicado responder sem pensar muito. Segundo Lewandowski, dizer “sim” de forma honesta para essas questões pode significar que vale a pena manter a sua relação. Já se a resposta for “não” para alguns (ou todos) questionamentos, talvez seja hora de repensar o que você quer.

Leia mais:  Queimadura, irritação e mais: os perigos do slime caseiro

Quer saber quais são essas perguntas? Faça o teste abaixo:



Leia também: Sexóloga dá dicas infalíveis para melhorar a vida amorosa em 2020

Independente de qual tenha sido o seu resultado, o especialista afirma que o mais importante é ter cada vez mais informações sobre a sua relação e o seu parceiro/parceira e decidir se essa é a pessoa ideal para você. “Aprender coisas boas sobre relacionamentos não é uma ameaça para bons relacionamentos, mas se você está em um relacionamento ruim, terminar te dá liberdade para entrar em uma relação ótima”, finaliza. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana