conecte-se conosco


Saúde

Moradores de Tangará poderão doar medula óssea a partir de janeiro de 2020

Publicado

Os tangaraenses interessados em fazer doação de medula óssea terão o direito oferecido a partir de janeiro do ano que vem pela Secretaria Municipal de Saúde.

O município de Tangará da Serra buscou habilitação junto à direção geral do Hemocentro de Mato Grosso e haverá uma campanha para cadastro de novos candidatos a doação do dia 21 a 29 de janeiro de 2020. Neste período, paralelo a campanha, funcionários da Unidade de Coleta de Tangará da Serra (Unitan) passarão por um treinamento. Com a capacitação, o cadastro de novos doadores junto ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) poderá ser feito diretamente daqui.

O vereador Sebastian Ramos (PSB), autor de requerimento encaminhado ao Executivo Municipal em novembro deste ano para obtenção de informações com relação aos serviços na cidade comemorou a notícia via rede social.

“Recordamos que há alguns anos o município por meio da Unitan, realizou campanha para um jovem que necessitava com urgência de um transplante, naquela ocasião centenas de pessoas se sensibilizaram e formaram um fila imensa na bela iniciativa de ajudar o próximo. Sendo assim, o nosso Gabinete requereu ao município para que realizasse campanha de doação, bem como o credenciamento e habilitação do município para incentivar o aumento de doadores”, declarou.

Segundo dados divulgados em julho deste ano pelo Redome, o Brasil possui o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo, com número de doadores superior a 4,9 milhões. Em Mato Grosso, há quase 65 mil doadores. A doação de medula é de extrema importância e pode salvar vidas de pacientes que possuem alguns tipos de câncer e ocorre quando for constatada compatibilidade genética.


Fonte:DiáriodaSerra / Paulo Desidério

Leia mais:  São Paulo abre Virada da Saúde com evento no Parque Ibirapue

Comentários Facebook

Saúde

Novo caso suspeito de coronavírus surge em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul

Publicado

por

Na manhã dessa terça-feira (28), a Prefeitura de São Leopoldo confirmou um caso suspeito do coronavírus . Trata-se de um paciente de 40 anos atendido na Unidade de Pronto Atendimento Scharlau apresentando febre. Ele relatou ter chego há 4 dias da China. 

Leia mais: Japão diz que homem que não esteve em Wuhan contraiu coronavírus

Novo caso suspeito de coronavírus é identificado em São Leopoldo (RS) arrow-options
shutterstock

Novo caso suspeito de coronavírus é identificado em São Leopoldo (RS)

A equipe da UPA procedeu de acordo com o protocolo indicado pelo Ministério da Saúde , isolando o paciente e realizando exames prévios. O material coletado no exame já foi encaminhado para o Laboratório Central do Estado (Lacen), responsável pela análise. 

A Secretaria Municipal de Saúde de São Leopoldo tem monitorado o caso desde o seu início, através da Vigilância Epidemiológica, em conjunto com o Centro de Vigilância Estadual (CEVS). A Secretaria ainda informou que uma nota técnica sobre o caso será emitida. 

Leia mais: Jovem é internada com suspeita de coronavírus em Minas Gerais

O paciente é morador da cidade de Kunming , que fica localizada a mais de 1500 km de Wuhan , epicentro da doença e cidade onde surgiram os primeiros casos. Ele segue internado e em isolamento para observação.

Prefeitura de São Leopoldo reforçou a orientação para que a população se informe através de meios de comunicação oficiais, não se deixando levar por notícias falsas e/ou alarmistas. Declarou ainda, que irá tratar o caso com total transparência.

Leia mais:  OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019

Leia mais: E se chegar no Brasil? O que fazer de fato para se proteger do coronavírus

Sobre o novo coronavírus , o Ministério da Saúde publicou um protocolo a ser seguido por todos, disponível  no link . Confira abaixo o comunicado emitido pela Secretaria Estadual de Saúde.


“A Secretaria da Saúde do Estado já colocou em prática um plano de ação que segue à risca os protocolos preconizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde (MS). Em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os técnicos da Vigilância em Saúde do Estado estão acompanhando a chegada de pessoas oriundas da China.

Ao mesmo tempo, a Secretaria da Saúde orientou os agentes municipais de saúde para que todos os casos de pessoas vindas do território chinês que apresentem febre e sintomas respiratórios (semelhantes aos de uma gripe, como tosse, dificuldade de respirar, coriza) sejam imediatamente relatados à Vigilância em Saúde Estadual. Os pacientes devem ser imediatamente isolados e tratados de acordo com a gravidade do quadro clínico.

Um paciente de São Leopoldo procurou a UPA da cidade e, mediante orientação da Vigilância em Saúde do Estado, recebeu o atendimento e acompanhamento preconizado pelo Ministério da Saúde. Não esteve na região da China que até a segunda-feira (27) era considerada de risco. O paciente não apresenta quadro grave de doença respiratória e, por precaução, ficará em isolamento domiciliar. Foi coletado material para análise.”

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Japão diz que homem que não esteve em Wuhan contraiu coronavírus

Publicado

por

TÓQUIO — Uma pessoa no Japão que não visitou a cidade chinesa de Wuhan contraiu o novo coronavírus , informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde do Japão .

coronavírus arrow-options
shutterstock

A doença respiratória causada pelo coronavírus já atinge quatro continentes

O homem infectado é um motorista de ônibus turístico na casa dos 60 anos, da cidade de Nara, que teve contato com visitantes de Wuhan entre 8 e 16 de janeiro, informou o ministério em seu site.

Leia mais: Jovem é internada com suspeita de coronavírus em Minas Gerais


Ele começou a apresentar sintomas em 14 de janeiro e foi hospitalizado em 25 de janeiro antes de ser diagnosticado , segundo o comunicado.

Outro homem de 40 anos que vive em Wuhan também foi confirmado por ter contraído o vírus, disse o ministério japonês.

As novas infecções elevam o número total de casos japoneses confirmados para seis

Fonte: IG Saúde
Comentários Facebook
Leia mais:  Governo de Minas Gerais monitora suspeita de coronavírus em Belo Horizonte
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana