conecte-se conosco


Tecnologia

Milhões de modems em todo o mundo podem ser hackeados; entenda

Publicado

Olhar Digital

Modems de todo o mundo estão vulneráveis a ataques de hackers arrow-options
Arquivo iG

Modems de todo o mundo estão vulneráveis a ataques de hackers


Um grupo de pesquisadores dinamarqueses, chamado Lyrebirds , descobriu que centenas de milhões de modems em todo o mundo podem estar vulneráveis a uma falha de software chamada “Cable Haunt”.

A falha está nos sistemas da empresa Broadcom , mais especificamente em um chip usado em muitos modems que protege contra picos de energia no sinal do cabo. O ataque a essa vulnerabilidade é bastante difícil de realizar. Como alternativa, invasores estão inserindo códigos de ataques em páginas da internet ou e-mails, que, quando acessados, fazem com que o dispositivo da vítima seja infectado.

Se o ataque for bem-sucedido, os cibercriminosos  podem assumir o controle do modem e enviar os usuários de redes comprometidas para sites maliciosos , realizar transações online ou alternar o firmware do modem, disseram os pesquisadores.

Leia também: Vale a pena monitorar o celular dos filhos? Entenda os apps de controle parental 

Infelizmente, ainda não há uma solução definitiva para a falha “Cable Haunt”. Quatro provedores de serviços da internet na Escandinávia realizaram correções provisórias aos modems dos clientes, mas as empresas do resto do mundo parecem ainda não ter percebido o problema em seus aparelhos. 

Precauções para evitar ser infectado

No momento, é possível usar um sistema de antivírus para filtrar sites e e-mails maliciosos para que os dispositivos não sejam infectados. Isso vale para qualquer tipo de computador, pois o código de ataque não se importa com a plataforma utilizada.

Usar o Mozilla Firefox também pode ajudar. De acordo com os pesquisadores, a versão do protocolo de comunicação entre servidor e cliente do código malicioso parece não ser compatível com o usado no Firefox, por esse motivo, usar o navegador da Mozilla pode ser uma solução temporária.

Leia também: Mais de 6 petabytes: conteúdo do Pirate Bay demoraria 19 anos para ser baixado

A equipe Lyrebirds acredita que quase 200 milhões de modems podem ser vulneráveis ao “Cable Hunt” apenas na Europa. A equipe ainda não mensurou esse número no mundo todo.

Até o momento, não há casos de dispositivos infectados no Brasil, mas como essa é uma ameaça de nível global, nenhum país pode estar totalmente protegido. Caso as empresas de telecomunicação do país encontrem alguma vulnerabilidade por aqui, uma atualização de firmware deve ser liberada remotamente para corrigir o problema.

Via: Tom’s Guide

Comentários Facebook

Tecnologia

Anonymous acusa TikTok de espionagem: “Delete o aplicativo agora”

Publicado

por


source
TikTok Anonymous
Tarik Haiga/Unsplash

Anonymous acusam TikTok de espionagem


Um perfil no Twitter da  rede de hackers Anonymous acusou o TikTok de fazer espionagem para o governo chinês, e pediu que os usuários excluam o aplicativo


“Exclua o TikTok agora”, diz a publicação. “Se você conhece alguém que o está usando, explica a ele que se trata essencialmente de um malware operado pelo governo chinês executando uma operação de espionagem maciça”.


A publicação foi feita compartilhando o tweet de um desenvolvedor que revelou dados que o TikTok coleta de seus usuários. 

Ao jornal espanhol 20 minutos, o TikTok afirmou que leva muito a sério as alegações feitas, e que está conduzindo uma revisão completa do aplicativo. “Nossa equipe de segurança da informação conduz um processo contínuo para verificar e corrigir vulnerabilidades de segurança. Incluímos empresas de segurança de classe mundial nessas avaliações”, diz a empresa. 

Fase não está boa

A acusação da Anonymous não veio de forma isolada. Na última semana, usuários do iOS 14 encontraram indícios de que o  TikTok estava espionando o que era copiado na área de transferência dos celulares. 

Além disso, o  aplicativo foi banido da Índia  junto com diversos outros apps chineses, em um movimento anti-China observado no país. 

Nesta segunda-feira (06), Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA, disse à Fox que o país está certamente avaliando banir o TikTok e outros aplicativos chineses.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Primeira rede de Wi-Fi gratuita é instalada em Heliópolis

Publicado

por


source
Wi-Fi
Divulgação

Wi-Fi gratuito é distribuído em Heliópolis


A primeira rede de Wi-Fi gratuita foi lançada em Heliópolis, na capital paulista. Chamada de NoFluxxo, a rede está espalhada em pontos estratégicos da comunidade, alcançando quase 30 mil moradores com internet de qualidade. 


A iniciativa foi criada pela Outdoor Social, empresa de publicidade que pretende expandir o projeto para mais 14 comunidades brasileiras. O Wi-Fi de Heliópolis é um projeto piloto, que funciona em parceria com a Associação de Moradores.

Para usar o Wi-Fi , é só procurar pela rede NoFluxxo e fazer um cadastro. Diversos pontos estratégicos da comunidade possuem antena para a rede, que tem alcance de 70 metros. 

Para viabilizar o projeto, a solução foi publicidade . “Nós encontramos uma forma de democratizar o acesso à internet de qualidade nas comunidades, por meio do patrocínio de marcas”, conta Emilia Rabello, fundadora do Outdoor Social. 

Em troca da rede gratuita, os moradores da comunidade fornecem dados no cadastro, que são utilizados pela empresa para vender publicidade. “As classes C, D e E representam 76% da população brasileira, mas são constantemente negligenciadas em planejamentos de comunicação, muito focados atualmente em mídias exclusivamente digitais, que simplesmente não chegam a esse público”, diz Emilia.

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana