conecte-se conosco

  • banner_Lorenzetti_1250x250

Polícia

Meta Avança DHPP conclui 148 inquéritos de homicídios em 120 dias

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) de Cuiabá finalizou a quarta fase da meta de conclusão de inquéritos de homicídios. Em 120 dias, a meta “Avança DHPP” encaminhou à Justiça 148 inquéritos, referentes às investigações de crimes dolosos cometidos contra a vida. A 4ª fase da meta começou no dia 13 de agosto e finalizou em 10 de dezembro.

No período dos 120 dias, foram instaurados 70 inquéritos de crimes de homicídios de ocorrências atendidas em Cuiabá e Várzea Grande. Dos 148 inquéritos concluídos, 62% tiveram a autoria esclarecida e outros 38% foram relatados aos juízes sem autoria nos casos.

Nos meses estabelecidos pela meta, 41 suspeitos de homicídios tiveram mandados de prisão cumpridos e seis autores foram autuado em flagrante. As operações policiais desenvolvidas com apoio do Núcleo de Inteligência (NI), também foram intensificadas e realizadas 33 na Grande Cuiabá, bem como dado cumprimento de 60 cotas do Ministério Público de casos de assassinatos.

O delegado titular da DHPP, André Renato Gonçalves, explicou que os 148 inquéritos são de crimes de homicídios ocorridos neste ano e também em anos anteriores. “Essa segunda meta do ano e a quarta do biênio buscou solucionar mais inquéritos diminuindo o acervo e aumentar o número de prisões, trazendo maior sensação de segurança à sociedade e o sentimento de justiça aos familiares das vítimas.

Conforme o delegado, o resultado da 4ª  fase da ação “Meta Avança DHPP” é reflexo do esforço incondicional dos investigadores, escrivães e delegados, para alcançar o objetivo nesses 120 dias e contribuir com a diminuição dos números de homicídio na região metropolitana da Capital.

Desaparecidos

O índice de produtividade no Setor de Pessoas Desaparecidas apresentou excelentes resultados. Foram 89,32% na resolução dasocorrências. Dos 281 boletins de ocorrência de desaparecimentos registrados, 251 obtiveram êxito na localização.

Comentários Facebook

Cidades

Quatro morrem carbonizados e um fica ferido em acidente na BR-364

Publicado

Quatro pessoas morreram carbonizadas nesta segunda-feira, 04, após uma grave colisão entre uma Toyota Hilux e uma carreta, na BR-364, entre Comodoro e Campos de Júlio (389 e 313 km de Tangará da Serra, respectivamente). Além dos mortos, uma pessoa ficou gravemente ferida.

Veja abaixo o vídeo do acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos bateram de frente. O trecho na região está interditado para o atendimento da ocorrência.

Vídeo do local do acidente mostra o estrago. A caminhonete partiu ao meio com a batida. A carroceria ficou “para trás” e a cabine foi arrastada alguns metros. Veja vídeo no fim da matéria.

Nas imagens é possível ver bastante fumaça no local e alguns focos de incêndio às margens da pista.

O vídeo também mostra o corpo de um homem carbonizado no meio da pista e outros dois dentro da Hilux. “Gente queimando vivo aqui, gente, que acidente horrível. Você está doido”, narra.

O homem que gravou as imagens ainda conta que o motorista da carreta estava vivo dentro do veículo.

ATENÇÃO: IMAGENS SÃO FORTES

Com Repórter MT

Continue lendo

Barra do Bugres

Pai e filhos são presos na Barra por matar homem com tiro e golpes de facão em Alagoas

Publicado

O Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Tangará da Serra, coordenado pelo Delegado Adil Pinheiro de Paula, com apoio da Delegacia de Barra do Bugres e atendendo a uma solicitação do Núcleo de Inteligência da SSP de Alagoas, cumpriu nesta manhã de quinta-feira, 30, três mandados de prisão pelo crime de homícidio.

Os três indivíduos presos são pai e filhos. O crime aconteceu no Assentamento São Luiz, Povoado de Ouricuri, zona rural da cidade de Atalaia no Estado de Alagoas.

Segundo o Delegado Adil Pinheiro, os suspeitos em dezembro de 2012 assassinaram a vítima Jakson Batista da Silva com disparo de arma de fogo e golpes de facão. Os criminosos estavam escondidos em Barra do Bugres.

De acordo com a PJC, os presos passaram por exame de corpo delito e foram encaminhados para a Cadeia Pública de Barra do Bugres, onde ficam a disposição da justiça.

Continue lendo

Polícia

Mato Grosso

Política MT

Mais Lidas da Semana